13/03/2015

9.725.(13mar2015.9.9') Neste dia...14março...vou rELEVAR: 363.avÔ, Karl Marx, Albert Einstein e a poesia de Joaquim Pessoa:

***
2017
363.avÔ
amAR-TE dá-me força para faZER aconTECER
*
Acordar para mais um dia
Sorrir na horizontal
Constatar que estou bem vivo
Mergulhar nos últimos sonhos
Voar bem cedo com a passarada
Olhar pelas janelas abertas
Cheirar os odores da terra
Saudar o sol e o céu 
Pensar logo em ti: meu amor
Recordar os nossos últimos instantes
Sentir ainda o pulsar do simultâneo
Saber que logo haverá, com certeza, novo espantoso vibrar
Relançar uma nova viagem cósmica
Estrelar pela constelAÇÂO
Ver o mar a 9,9 km
Partir para a luta quotidiana
Respirar fundo
Sentir com intensidade
Apostar no "Feeling good"
Amar e ser na manhã
Viver o AMAnheSER!
(11-11' *14março2012)
***
2016...face traz-me memórias deste dia:
morreu Nicolau Breyner...
1 vivaaaaaaaaa à sua carreira como actor e...antifascista
"Eu não tenho medo de morrer, tenho medo de deixar de viver"
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2016/03/767214mar20162020-nicolau-breyner.html*
ontem houve 1 milhão nas ruas contra Dilma...eu prefiro ouvir (e ler) Xico Buarque e vamos ver o dia 18mar...
Foto de Noilton Nunes.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10207640774810901&set=a.10201497805880517.1073741827.1637424945&type=3&theater
*
+1 bravíssimoooooooo para Guilherme Pina, do Benedita SCNatação (d? ALCOBAÇA que vos abRRaça).." novo Recorde Nacional Júnior-18 nos 1500m livres e obteve mínimos para os Campeonatos da Europa de Seniores (Londres)! 
outro bravíssimooooooooo para Francisco Santos com várias medalhas...
https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=970117063043102&id=877042469017229
*
foto de José João Pereira:
Foto de Ze João Pereira.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10208262501540976&set=gm.10154099644908969&type=3&theater
*
recomendo que vejam o filme SELMA...HÁ QUEM NÃO EXERÇA O DIREITO DE VOTO...É bom lembrar as lutas para se almejar esse direito que parece tão simples e que tantos desdenham...14mar1911...Promulgação da lei eleitoral: O sufrágio é alargado a todos os portugueses maiores de 21 anos que saibam ler e escrever e que não sabendo sejam chefes de família.
*
..MasterChef Júnior FEZ FILMageNS em Alcobaça que vos abRRaça.
https://www.facebook.com/farmacia.holon.alcobaca/posts/461101177424004
*
s.MARtinho do porto by Fernanda Matias
Foto de Fernanda Matias.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1564271393901238&set=gm.10154101379898969&type=3&theater
*
serra dos candeeiros by Graça Silva
Foto de Graça Silva.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1057497360960406&set=a.211013438942140.52240.100001004569506&type=3&theater
***
2015...face traz-me memórias deste dia:
bravíssimooooooo GUILHERME PINA do Benedita SCNatação (d'ALCOBAÇA que vos abRRaça) seleccionado para OPEN ESPANHA 2015.Málaga. de 28 a 31 mar...
Benedita Sport Club Natação vai nadar os 200, 400, 800 e os 1500 metros Livres.
*
OS AMIGOS DAS LETRAS d'ALCOBAÇA que vos abRRaça, hj, promovem o 19º!!! encontro...desta vez é na Biblioteca Municipal...é, sempre, 1 bELA jornada poesia, conto...e com muitas surpresas,
***
2014...face traz-me memórias deste dia:
PCP interpelou, ontem, o governo...comunicação social escondeu...é outro país, com PESSOAS!!!
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/03/765013mar20141721-pcp-fez-interpelacao.html
*
14D11h41'11" é 1 bELo instante para inTERvalar com VALE FURADO...Pataias.Martingança...d'ALCOBAÇA que vos abRRaça...com bELAS fotogravAÇÕES de Daniel Cruz
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/03/765514mar2014838-praia-de-vale-furadoem.html
*
4h 44' 44" é 1 bELO instantes para partILHArr 2 de Ricardo Reis (heterónimo de...) e várias pitadinhas de Fernando Pessoa
"Estás só.
Ninguém o sabe.
Cala e finge. 
Mas finge sem fingimento.
Nada 'speres que em ti já não exista,
Cada um consigo é triste.
Tens sol se há sol, ramos se ramos buscas,
Sorte se a sorte é dada."
Ricardo Reis, in "Odes"
Sim, sei bem
Que nunca serei alguém.
Sei de sobra
Que nunca terei uma obra.
Sei, enfim,
Que nunca saberei de mim.
Sim, mas agora,
Enquanto dura esta hora,
Este luar, estes ramos,
Esta paz em que estamos,
Deixem-me crer
O que nunca poderei ser.

Ricardo Reis

(imagem: The Flight Of Dreams, by Hengki Lee)
https://www.facebook.com/FabricaEscrita/photos/a.462529847093435.111436.462489187097501/768819549797795/?type=3&theater
*
14D 18h 14' 18" é um bELO instante para partILHArr MIA COUTO
"Só quando danço me liberto do tempo:
esvoaçam as memórias, levantam voo de mim."
No livro "Mar Me Quer"
*
Quase fui médico.
Cedo acreditei
ter inclinação.
Aconteceu, em menino,
frente aos compêndios escolares.
Fascinava-me,
no corpo humano,
o vocabulário em flor:
o suco gástrico,
o bolo alimentar,
o trânsito intestinal,
as papilas gustativas.

Ante o meu prematuro pasmo,
a professora vaticinou: vai ser médico!
Em casa, porém,
meu pai diagnosticou diverso:
não era a anatomia que me atraía.

Eu apenas amava as palavras.

Meu pai adivinhava.
E eu, de poesia, adoecia.


https://www.facebook.com/FabricaEscrita/photos/a.462529847093435.111436.462489187097501/775550562458027/?type=3&theater***
*
hj é dia dos MEU eTEU...em Pataias...
***
2012...face traz-me memórias deste dia:
na luta...façamos 1 GGG a 22 março
Foto de Julio Manuel Cardoso.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=390314914314623&set=a.120047218008062.19250.100000083543226&type=3&theater
*
passar a palavra para 1 boa GGG:
Foto de CGTP.
https://www.facebook.com/cgtp.portugal/photos/a.10150726280102915.457805.275330872914/10150726280607915/?type=3&theater
*
vamos fazer 1a GGG!!!
https://www.youtube.com/watch?v=9cYBCLzF48c
*
hj x AQUI "Feeling good" agora com a bela voz da C.Connor
Feeling Good
Birds flying high you know how I feel
Sun in the sky you know how I feel
Reeds drifting on by you know how I feel
Its a new dawn it's a new day its a new life for me
And I'm feeling good


Fish in the sea you know how I feel
River running free you know how I feel
Blossom in the trees you know how I feel
It's a new dawn its a new day it's a new life for me
And I'm feeling good

Dragonflies all out in the sun
You know what I mean, don't you know
Butterflies are all having fun
You know what I mean
Sleep in peace
When the day is done
And this old world is new world and a bold world for me

Stars when you shine you know how I feel
Scent of the pine you know how I feel
Yeah freedom is my life
And you know how I feel
Its a new dawn its a new day its a new life for me
And I'm feeling good
Ooooh
(Feeling good)
https://www.youtube.com/watch?v=lgeptZBFV6Y
**
poesia da Zinda macedo
Poemas
Atlântico
Mar
Metade da minha alma é feita de maresia.
Mar
De todos os cantos do mundo
Amo com um amor mais forte e mais profundo
Aquela praia extasiada e nua,
Onde me uni ao mar, ao vento e à lua
Foto de Zinda Rosa Mota Macedo.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=2637838239729&set=a.1056730313019.8559.1668702709&type=3&theater
*
apeTECE-me ir até à BB bela baía de S.Martinho ...d'alcobaça que vos abRRaça
foto da Zinda Macedo
Foto de Zinda Rosa Mota Macedo.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1056731673053&set=a.1056730313019.8559.1668702709&type=3&theater
*
faz eco dos meus silêncios.
pensa-me na noite que, fria, me deixa orvalhada
das memórias do teu corpo sobre a pele.

sonha-me nas águas cálidas do meu ventre
e deixa-me ficar.
sobrevoa-me na escarpada por onde sigo
as memórias da tua boca
e, no fim, ama-me.

esquece as horas.
do relógio, retém, se puderes, apenas...os minutos gastos
na tessitura dos meus sonhos, onde a única impossibilidade
é tornar-me água, e descer sobre os teus poros lentos.

Susana Duarte
Foto de Susana Duarte.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=3349789071058&set=a.1554816397863.2072458.1458792324&type=3&theater
***
2011...face traz-me memórias deste dia:
Bom dia!
Deixo-lhe aqui esta fotografia da nossa Irina. :):) Beijinhos
Foto de Cláudia Cláudio.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1947712298864&set=p.1947712298864&type=3&theater
***
 a desenvolver:

Dia Internacional de Luta Contra as Barragens e Dia da Incontinência Urinária

***
hj às 15h...momento do n.º irracional...3,1415...
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/03/76531432014818-dia-do-pi.html
***
2003 - Morre a escritora portuguesa Maria Ondina Braga, 71 anos, autora de "A Revolta das Palavras", "A Casa Suspensa" e "Vidas Vencidas".
***
1975....Os bancos passaram ao serviço da REVOLUÇÃO...+tarde PS:PSD:CDS com Medina Carreira (que anda para aí a apregoar...) entregram aos "competentes" privados e lá estamos a pagar o roubo criminoso de tantos agiotas e de quem os serve por ordenados chorudos e benesses de td o tipo
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2015/03/97079mar20152332-11mar19751-ministro.html
***
1883
morreu Karl Marx
1 vivaaaaaaaaaaa à sua obra...
.urge ser livre "A liberdade é a aplicação da inteligência à necessidade".
“O capital tem horror à ausência de lucro. Quando fareja um benefício, o capital torna-se ousado. A 20% fica entusiasmado. A 50% é temerário. A 100% enlouquece à luz de todas as leis humanas. A 300% não recua diante de nenhum crime”.
"A dívida pública tornou-se uma das mais enérgicas alavancas da acumulação original. Como com o toque da varinha mágica, reveste o dinheiro improdutivo de poder procriador e transforma-o assim em capital, sem que, para tal, tivesse precisão de se expor às canseiras e riscos inseparáveis da sua aplicação industrial e mesmo usurária. Na realidade, os credores do Estado não dão nada, pois a soma emprestada é transformada em títulos de dívida públicos facilmente negociáveis que, nas mãos deles, continuam a funcionar totalmente como se fossem dinheiro sonante. Mas também – abstraindo da classe dos que desocupados vivem de rendimentos assim criados e da riqueza improvisada dos financeiros que fazem de mediador entre governo e nação, como também da dos arrendatários de impostos, mercadores, fabricantes privados, aos quais uma boa porção de cada empréstimo do Estado realiza o serviço de um capital caído do céu – a dívida do Estado impulsionou as sociedades por acções, o comércio com títulos negociáveis de toda a espécie, a agiotagem, numa palavra: o jogo da bolsa e a moderna bancocracia."
Extracto de O Capital,

http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/03/765114mar201477-ha-131-anos-morre-karl.html
*
(...) Há muitas mulheres no mundo e algumas delas são belas. Mas onde é que eu podia encontrar um rosto em que cada traço, mesmo cada ruga, é uma lembrança das melhores e mais doces memórias da minha vida? Até as dores infinitas, as perdas irreparáveis… eu leio-as na tua doce fisionomia e a dor desaparece num beijo quando beijo a tua cara doce.
Adeus, minha querida, beijo-te mil vezes da cabeça aos pés,
Sempre teu,
Karl
Manchester, 21 de Junho de 1865
https://obeissancemorte.wordpress.com/2015/02/04/carta-de-amor-por-karl-marx/
***
neste dia... 3,14 DIA DO PI..1879
Albert Einstein: "Gostaria de uma sociedade mais justa, menos corrupta, com menos hipocrisia, mais digna, com mais amor ao próximo, menos preconceito, 
menos rancor e principalmente mais paz na alma."
"Tudo deveria se tornar o mais simples possível, mas não simplificado."
"A paz é a única forma de nos sentirmos realmente humanos."
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/08/17ag2014111-albert-einstein.html
***
 e a poesia de Joaquim Pessoa:
2012
+1 pitadinha de JPessoa:

Joaquim Pessoa
POEMA
QUADRAGÉSIMO
SÉTIMO
O amor é o mesmo
em todos os tempos e em todos
os lugares.
Mas o meu amor
é quando estás.
É onde estás.
Quando
as minhas palavras beijam
os teus olhos.
Onde
o poema penetra lentamente
o teu corpo e
o poeta sente
o orgasmo deslumbrado
das estrelas.
in GUARDAR O FOGO (inédito)
*
2014
hj é dia do 3,14...(Pi) e tb é bom começar com Joaquim Pessoa
POEMA NONAGÉSIMO TERCEIRO (excerto)
Por vezes gostava
de ser tu. Ser frágil e usar anéis
com as pedras raras da esperança,
as insondáveis pedras dos dias
que hão-de vir. Mas vivo
o exílio destes dias repetidos
sobre a efemeridade da pele, vogando
como cisnes moribundos
em busca de uma última revelação,
talvez uma melodia tão pura que
possa transformar em pão
não só as nossas rosas mas também
a própria liberdade. E é por isso
que amo as palavras frágeis,
essas palavras nuas que me ofereces
e que são, assim, de tão frágeis,
a minha imensa força
e o meu fatal deslumbramento.
*
in GUARDAR O FOGO
Editora Edições Esgotadas, 2013
*
“- Entendes-me?
- Sim, entendo-te, entendo-te.
- O que de maravilhoso exulta, não é o que fascina, antes o que fere; não o que obedece, antes o que desafia.
- Estás longe e observo-te. Perto, lembro-te nas coisas que são minhas, na consciência das horas humilhadas, estranha sabedoria que condescende e concilia, prevê, demonstra, e agradece.
- O desespero é silencioso, é um dos caminhos da água.
- Queria falar-te de abandono.
- A tua juventude, a única, perder-se-á na última curva dessa certeza que te empurra à peregrinação onde os teus gestos arderão, todos, como a folha do arroz, em fogueiras de vento.
- O tempo frustra-me os olhos; as palavras, essas, havia-as esquecido. O que delas recuperei, é agora este medo, humano, à morte, este odor implacável de uma vingança que não localizo, mas sei.
- Onde há folhas mortas, existe uma árvore.
- A que me despe e intranquiliza.
- A que te ajusta e transforma.
- Eu sei.
- Tu sabes?”
in FLY
Edições Esgotadas

*
imagem - A Scenery Of Loss
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=608783695843257&set=a.437080193013609.99115.100001348957610&type=3&theater
*
A TUA MÃO (excerto)
*
Volto a casa perseguido pela distância, esfomeado de ti, com uma
queimadura nos ossos, ferida enamorada, inebriada com o cheiro
das estrelas.
É doce a tua mão, irmã gémea do meu peito, a que espera que a
noite chegue, a que pede amor à minha carne e deposita uma flor
azul no meu cansaço.
Debaixo da lua, a força de ter-te devolve a luz ao mundo, as laran-
jas brancas do teu peito oferecem-me o perfume dos roseirais que
crescem junto ao mar.
*
De
O POETA ENAMORADO (Os Poemas de Amor)
Com Prefácio de Guilherme Antunes. A publicar em breve
pela Editora Edições Esgotadas.

**
PORQUE ESCONDES A NOITE?
*
Porque escondes a noite no teu ventre?
Nesse país de sombra onde se calam as palavras.
Aí, no escuro lago onde estremece a flor da amendoeira
e onde vão morrer todos os cisnes.
Eu desvendo a tua dor, o teu mistério
de caminhares assim calada e triste,
quando viajo em ti com as mãos nuas e o coração louco
no mais fundo de ti, onde só tu existes.
Oh, eu percorro as tuas coxas devagar
dobrando-as lentamente contra o peito
e penetro em delírio a tua noite
esporeando éguas no teu sangue.
*
in
O POETA ENAMORADO (Os Poemas de Amor)
Prefácio de Guilherme Antunes. A publicar brevemente.
Editora Edições Esgotadas.
**

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1608320492744808&set=a.1375844269325766.1073741828.100007006172490&type=1&theater
" O AMOR...."
O amor é o início. O amor é o meio. O amor é o fim. O amor faz-te pensar, faz-te sofrer, faz-te agarrar o tempo, faz-te esquecer o tempo. O amor obriga-te a escolher, a separar, a rejeitar. O amor castiga-te. O amor compensa-te. O amor é um prémio e um castigo. O amor fere-te, o amor salva-te, o amor é um farol e um naufrágio. O amor é alegria. O amor é tristeza. É ciúme, orgasmo, êxtase. O nós, o outro, a ciência da vida.
O amor é um pássaro. Uma armadilha. Uma fraqueza e uma força.
O amor é uma inquietação, uma esperança, uma certeza, uma dúvida. O amor dá-te asas, o amor derruba-te, o amor assusta-te, o amor promete-te, o amor vinga-te, o amor faz-te feliz.
O amor é um caos, o amor é uma ordem. O amor é um mágico. E um palhaço. E uma criança. O amor é um prisioneiro. E um guarda.
Uma sentença. O amor é um guerrilheiro. O amor comanda-te. O amor ordena-te. O amor rouba-te. O amor mata-te.
O amor lembra-te. O amor esquece-te. O amor respira-te. O amor sufoca-te. O amor é um sucesso. E um fracasso. Uma obsessão. Uma doença. O rasto de um cometa. Um buraco negro. Uma estrela. Um dia azul. Um dia de paz.
O amor é um pobre. Um pedinte. O amor é um rico. Um hipócrita, um santo. Um herói e um débil. O amor é um nome. É um corpo. Uma luz. Uma cruz. Uma dor. Uma cor. É a pele de um sorriso.