25/11/2016

5.031.(25noVEMbro2016.16.55') Rua plena de buracos em Pataias...Munícipes não sabem que têm de chamar a GNR.PSP

***
RESOLVIDO
29noVEMbro2016
Lena Baptista confirmou-me!
***
Pressionei Dário Moleiro e Hermínio Rodrigues
Dário informou que iriam começar as obras e
haveria alargamento da via em 1,5m
***
Perto do Beco do Valinho
*
Lena Baptista teve um acidente:
"Acabo de chegar da oficina a fim de meter pneus, um deles rebentado neste belo caminho, posso saber quem me paga o prejuizo??? Ou temos de mandar vir um eliocópetro se tivermos que passar por esta via pública? Ou isto é pressão política?????peço desculpa, mas em situações destas, sou refilona sim😮bom dia pessoal.."

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1043311012446943&set=a.612297972214918.1073741825.100003041636453&type=3&theater

6.962.(12.12.2016) 40RC2016...pública...9.12...11h00'...aqui ficará a ordem de trabalhos e o meu registo pessoal

***
em construção
***
Vai ser antecipada para sexta
9dez, de manhã
ainda não sei que horas

*

https://www.facebook.com/doceselicoresconventuais/photos/a.1198984100139119.1073741844.149216041782602/1198984123472450/?type=3&theater

24/11/2016

5.537.(24noVEMbro2016...13.31') 39RC2016...28noVEMbro...14h30'...aqui está a ordem de trabalhos e o meu registo pessoal


***

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10207454065537782&set=gm.1160912473987216&type=3&theater
Foto de MANUEL SAMPAIO
***
esqueceram +1x D' AGENDAR a Fundação Clérigo!
***
secretariaram:
CDJurídica Carlos Freire
e a TSJurídica: Helena Barbosa.
*
a Reunião começou às 14h30' e terminou às 16h4' 
***
a ordem de trabalhos está a preto
***
a síntese da documentação e o que os outros disseram está a azul
***
as intervenções do vereador da CDU 
Rogério Raimundo
estão a vermelho
***
Não houve Público
*
PERÍODO ANTES DA ORDEM DO DIA
 PCâmara Paulo Inácio informou:
1. 16 dez é a festa de natal...Quinta da Bobã...Provavelmente iremos de autocarro novo...
2. 
Foi com os jornalistas ver a plantação que foi feita em parceria com a Associação de Produtores Florestais...Vão candidatar a prémio...20 mil espécies autóctones já estão plantadas na propriedade municipal junto à ETAR da Fervença.
ETAR e terreno são na freguesia do Bárrio.
Aplaudo. Deve ser 1 caso único no país...Que árvores foram plantadas? E em Pataias/Paredes da Vitória ainda não vi a planatação prometida de pinheiros mansos...
castanheiros, sobreiros, faias, azinheiras...
Presidente diz que vai ser bom ver daqui a 30 anos uma mata superior à Mata do Vimeiro...
Falou com a Dr. Maria de Jesus do ICN...
3. 
A limpeza do Rio Alcoa já está feita e já dá uma ideia do percurso...
4.
Gold Travel mODEL...Novos modelos mundiais...Venceu um angolano e uma micaense
5.
Gruta do urso
freguesia de Turquel
6.
Vai escrever às Infraestruturas de Portugal e propor construir a rotunda solicitada pela freguesia de Aljubarrota, para Casais de St. teresa e em troca procurava receber os terrenos confinantes à Estação de CF em S. Martinho do Porto...
Vereador do CDS discordou...
A IC2 é a maior avenida de Alcobaça. A Câmara não tem sabido fazer marketing. Quem tem feito é o restaurante das sopas e bifanas, km88.
Acho bem que as rotundas sejam bem trabalhadas  escultoricamente de forma a que se perceba que estamos no concelho e as suas potencialidades...
A dos Casais de St. Teresa seria a entrada a norte...A das Vendas das Raparigas seria a entrada a sul-
7 .
Adopção de cães.
Vereadora Eugénia Rodrigues diz que falta o Regulamento Municipal.
*
Vereador Hermínio Rodrigues (PSD) informou:
1. 
No polo da UCoimbra, 2dez,18h30', haverá 1 debate sobre Património Natural, com profs da UCoimbra e responsáveis do Jardim Botânico de Coimbra
E o telhado não cai em cima das pessoas?
Quando começam as obras do prédio Dr. Manuel Almeida
*
Vereadora Eugénia Rodrigues (PS)
1
Incentivos ao estacionamento não pago para quem compre na Zona Histórica da cidade.
Vereador Carlos Bonifácio discordou
2.
PSP actua sem tolerância e multa com pouco tempo ultrapassado no talão do parquímetro.
*
Vereador José Canha (PS) só chegou a meio da reunião
*
Vereador Carlos Bonifácio (CDS)
1.Legislação que saiu com este governo PS
ainda é mais facilitadora
Há 1 oportunidade de disciplinar com a parceria com a Assimagra.
2.
A empresa do cadoiço que entregou em abril...Ainda não veio a reunião de câmara
3. 
Passeio Pedonal aberto mas com buraco e graffitagem
desleixo
Vereador Hermínio Rodrigues diz que já foi limpo 2 vezes.

Vereadora Inês Silva
Entregou o programa de Natal para crianças de famílias carenciadas
Intervim 
1. Fiz uma Declaração Política especial
quase solene
Com base neste texto que entreguei ao P. Câmara:


Câmara Municipal de Alcobaça - 28.noVEMbro.2016   

.

COLIGAÇÃO DEMOCRÁTICA UNITÁRIA – PCP/ PEV



Declaração Política sobre a decisão da super-maioria PSD.PS.CDS.Presidentes da Junta em se pagar 4,7 milhões de euros por água não consumida e que não podia ser fornecida



A Assembleia Municipal de Alcobaça deliberou, a 24nov2016, com uma votação de uma super-maioria PSD.PS.CDS. Presidentes da Junta, pagar 4,7 milhões de euros, em 60 prestações, nos próximos 5 anos, referentes ao acordado para pagar uma dívida de aproximadamente 10 milhões de euros. Sobre esta decisão queremos acrescentar:



1.       Apelamos ao Sr. Presidente da Câmara para que não assine, ainda, a concretização do que se deliberou.

2.       Solicitamos o agendamento de uma reunião extraordinária de câmara, ao abrigo da legislação, para conferir esta decisão, com a presença dos Técnicos Jurídicos da Câmara, incluindo o Dr. Montalvo e ainda do Director Técnico dos SM, Eng.º Rilhó. Para esta reunião apelamos ao Presidente da Câmara para carrear toda a informação que tem, junto dos seus assessores e técnicos superiores e que podia ser favorável para, ainda,  reverter esta deliberação de pagar os 4,7 milhões de euros

3.       A CDU quer reverter esta decisão para que não aconteça o que aconteceu na deliberação do contrato de compra de água em alta, dos 4 mil milhões de metros cúbicos. Aí, como agora, a CDU alertou, alertou e também, como até hoje, não conseguiu convencer do erro que se ia cometer.

4.       A razão que nos leva a este apelo está no facto de que, ainda hoje, a empresa intermunicipal LVT ainda não poder fornecer os 4 mil milhões de metros cúbicos que está no contrato originador da dívida que a super-maioria aceitou que existisse. É um argumento físico que está aí para se provar em futura renegociação e se necessário na barra do Tribunal.

5.       Em 2016, no seu início foi acordado que o contrato passaria para o fornecimento de 2 mil milhões de metros cúbicos de água. Mas também aqui temos um argumento fortíssimo para a causa de não pagar água que não foi consumida e que não foi fornecida. Nem 2 mil milhões conseguiram fornecer, quanto mais 4 mil milhões!!!

6.       O contrato dos 4 mil milhões foi assinado por causa do medo! Medo que faltasse água nos furos e na nascente do Alcoa. Medo de acontecer em Alcobaça o que aconteceu na cidade de Leiria.

7.       Agora, na deliberação do pagamento dos 4,7 milhões de euros é outro medo. É o medo de se perder em tribunal, o que para nós na CDU, é completamente inaceitável. Temos todos de ter a convicção da nossa razão. O medo de perder em tribunal não pode toldar os 2 argumentos fortíssimos que temos para dirimir em renegociações ou em tribunal. A CDU não aceita ser tratada como irresponsável. Irresponsáveis serão os eleitos que não esgotarem todas as démarches que possam evitar esta dura factura duma dívida, que consideramos inexistente.

8.       A CDU faz este último apelo aqui, hoje, no poder local de Alcobaça, junto dos eleitos que têm de defender os seus munícipes. É fácil imaginar as obras que poderíamos realizar com 1 milhão de euros, nos próximos 5 anos, na água ou no saneamento, ou em acções que favoreçam a resolução das barreiras arquitectónicas, ou em famílias carenciadas ou em apoios aos voluntários das colectividades ou em obras nas freguesias…

O Vereador da CDU

Rogério Manuel Madeira Raimundo
Presidente da Câmara vai assinar a 12.12 a adesão ao novo sistema multimunicipal do saneamento...
Aguarda mais uns dias sem assinar...
Vereador Carlos Bonifácio duvida.

Vereadora Eugénia Rodrigues diz que o pano de fundo é haver um contrato.
2. Saudei as Escolas, alunos, profs educadores
que embelezam a cidade nas quadras de Natal e Páscoa
3. Saudei os Doadores de Sangue de Alcobaça...Festejaram no CCCela o seu aniversário...
Extraordinários voluntários...
4. Sugeri que o próximo CONFLUÊNCIAS tenha informação das actividades da AM
5. Saudei os contra tenores Luís Peças e João Paulo Peças pela tour que promoveram com igrejas e outros espaços completamente cheios, com apoteoses extraordinárias...2 grande embaixadores d' Alcobaça
6. Saudei o 1.º encontro internacional das abadias cistercienses...Alcobaça tem de ser centro do mundo de Cister...Intervenção escrita da Vereadora, em 2 línguas, foi a que consegui melhor acompanhar...
PCâmara diz que a sua intervenção foi lida pelos jornais em estruturas superiores da ADm. Pública que o questionaram se estava descontente...
7. 19 e 22 nov são dias Joaquim Vieira Natividade...A Câmara, através da bióloga Sofia Quaresma, esteve na senda do insigne alcobacense...Percursos Alternativos...Património Natural...
A importância dos Pecursos Pedrestres...Vamos a alguns concelhos e é só o que têm e valorizam...Tb nós temos de multiplicar esta resposta turística e de lazer...
8. Afinal é a JUnta de Freguesia de Alcobaça que está a construir o muro suporte do Castelo...
Vereador Hermínio Rodrigues diz que não, mas não concretiza...
9. ALEBenedita devia ser divulgada com reunião de câmara especial na Benedita...Quando é concretizado?
PCâmara concorda mas não avança com data
10. Novas reuniões descentralizadas...Para divulgar o Plano Estratégico...Urge...Bem sei que não conseguimos informar a generalidade da população...Mas temos de fazer esse caminho...Afinal até o ex-vereador Acácio Barbosa desconhecia que havia 53 projectos estratégicos...
PCâmara concorda mas não avança com data
***
ORDEM DO DIA
 1.
-------ATA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA REALIZADA NO DIA VINTE E UM DE NOVEMBRO DE DOIS MIL E DEZASSEIS – APRECIAÇÃO E VOTAÇÃO_foi enviada por mail...aprovada
(AMBIENTE) 2.
-------VALORSUL - VALORIZAÇÃO E TRATAMENTO DE RESIDUOS SÓLIDOS DAS REGIÕES DE LISBOA E DO OESTE, SOCIEDADE ANÓNIMA – PROGRAMA ECOVALOR – ANO LETIVO DE DOIS MIL E QUINZE A DOIS MIL E DEZASSEIS – RESULTASOS - INFORMAÇÃO (MGD-E Nº. 17927/16) - prémios...SEPARA E GANHA (plástico e metal) Alcobaça foi 4.º...24 toneladas em 29 escolas...2.400€ de prémios...aLCOBAÇA FOI 2.º NA RECOLHA DO PAPEL/CARTÃO...40 toneladas...400€ para a 1.ª escola e 200€ para a 2.ª
11 acções de sensibilização com 252 alunos...2 visitas à valorsul com 75 alunos participantes
(AÇÃO SOCIAL) 3.
------ MARIA DE FÁTIMA DA SILVA CLEMENTE RITA – PEDIDO DE AUXÍLIO PARA PAGAMENTO DO TRANSPORTE ESCOLAR - APRECIAÇÃO E VOTAÇÃO (MGD-E Nº. 19101/16) -Casal Carvalho. Benedita...filho Tiago...TS Neusa Farracho informou...173x capitaxmensal...3 filhos a estudar. Aprovado
(CULTURA, DESPORTO E RECREIO) 4.
------ CONDIÇÕES GERAIS DE INSTALAÇÃO E EXPLORAÇÃO DE ESTABELECIMENTOS PROVISÓRIOS DE BEBIDAS NO RECINTO DO EVENTO ‘CARNAVAL DE ALCOBAÇA – FOLIA & ALGAZARRA’ – ANO DE DOIS MIL E DEZASSETE – ABERTURA DO PROCEDIMENTO - APRECIAÇÃO E VOTAÇÃO (MGD-I Nº. 1687/16) -
23fev..carnaval senior...24.manhã: infantil...24.tarde: CEERIA...1/3 é o enterro...
Condições semelhantes aos anos anteriores...
Vereador José Canha pergunta se há problemas com a tenda...
PCâmara diz que sim.
Qual é o tema deste ano?
Vereadora Inês Silva diz que é: Carnaval de Veneza.
(CULTURA, DESPORTO E RECREIO) 5.
------ CENTRO CÉNICO E DE BEM-ESTAR SOCIAL DA CELA – PEDIDO DE APOIO - APRECIAÇÃO E VOTAÇÃO (MGD-E Nº. 19648/16) -2 mil euros para Torneio Internacional de Xadrez...2016...Não estive presente na votação...Por ser Presidente da AGeral de sócios
(CULTURA, DESPORTO E RECREIO) 6.
------ CLUBE DE TÉNIS DE ALCOBAÇA – PEDIDO DE APOIO - APRECIAÇÃO E VOTAÇÃO (MGD-E Nº. 20656/16) - 5 mil euros + 1.250€ para obras
(DIÁRIO DA REPÚBLICA) 7. ------ LEI NÚMERO TRINTA E CINCO BARRA DOIS MIL E DEZASSEIS, DE VINTE E UM DE NOVEMBRO – INFORMAÇÃO ------------------------------------------- ------ Sexta alteração ao Decreto-Lei n.º 251/98, de 11 de agosto, que regulamenta o acesso à atividade e ao mercado dos transportes em táxi, reforçando as medidas dissuasoras da atividade ilegal neste setor. ----------------------------------------------------------------------------- (DIÁRIO DA REPÚBLICA) 8. ------ DECRETO-LEI NÚMERO SETENTA E SEIS BARRA DOIS MIL E DEZASSEIS, DE NOVE DE NOVEMBRO – INFORMAÇÃO------------------------------ ------ Aprova o Plano Nacional da Água, nos termos do n.º 4 do artigo 28.º da Lei da Água, aprovada pela Lei n.º 58/2008, de 31 de maio, e cria a Comissão Interministerial de Coordenação da Água.----------------------------------------------------------------------------------- (DIÁRIO DA REPÚBLICA) 9. ------ RESOLUÇÃO DO CONSELHO DE MINISTROS NÚMERO SETENTA E DOIS BARRA DOIS MIL E DEZASSEIS, DE VINTE E QUATRO DE NOVEMBRO – INFORMAÇÃO -------------------------------------------------------------------------------------- ------ Aprova o Programa Nacional para a Coesão Territorial.------------------------------------ (DIÁRIO DA REPÚBLICA) 10. ------ AVISO NÚMERO CATORZE MIL TREZENTOS E CINQUENTA E DOIS BARRA DOIS MIL E DEZASSEIS, DE DEZASSETE DE NOVEMBRO – INFORMAÇÃO ---------------------------------------------------------------------------------------- ------ Projeto de Regulamento Municipal de Ação Social, o qual é submetido a consulta pública nos termos do disposto no artigo 101.º do Código do Procedimento Administrativo.
(EDUCAÇÃO) 11.
 ------ DGESTE – DIREÇÃO-GERAL DOS ESTABELECIMENTOS ESCOLARES – PROGRAMA DE GENERALIZAÇÃO DO FORNECIMENTO DE REFEIÇÕES ESCOLARES AOS ALUNOS DO PRIMEIRO CICLO DO ENSINO BÁSICO – ANO LETIVO DE DOIS MIL E QUINZE A DOIS MIL E DEZASSEIS – ADENDA A CONTRATO-PROGRAMA – APRECIAÇÃO E VOTAÇÃO (MGD-E Nº. 21350/16) --2015/16...1.º CEB...0,32€ x aluno...1729 alunos...99.590,40€...Quanto foi de aumento na adenda?
PCâmara não sabe mas tem a informar que o governo decidiu que os juros vencidos no IMI passam para as câmaras, o que dá em Alcobaça, perto de meio milhão de euros de receita
A Câmara tem de agradecer +1x ao governo PS apoiado por td a esquerda por estar a ser bem melhor para Alcobaça e para td o PODER LOCAL...De qualquer modos os munícipes sofrem com os juros!!!
(EDUCAÇÃO) 12.
------ ANA MARIA ALEIXO NOBRE – PEDIDO DE COMPARTICIPAÇÃO NO PAGAMENTO DO CUSTO DE TRANSPORTE ESCOLAR - APRECIAÇÃO E VOTAÇÃO (MGD-E Nº. 20168/16)-
Covões.Aljubarrota para o Inst. Juncal...filho Miguel...17anos...12.º ano...existe na ESDICA...Não tem a disciplina de opção Materiais. Indeferido
(EDUCAÇÃO) 13.
------ ANA PAULA MONTEIRO LUCAS – PEDIDO DE COMPARTICIPAÇÃO NO PAGAMENTO DO CUSTO DE TRANSPORTE ESCOLAR - APRECIAÇÃO E VOTAÇÃO (MGD-E Nº. 17519/16)-
filho João...11.º...Música...Espinho...
(EDUCAÇÃO) 14.
------ PAULA CRISTINA MADEIRA CAIRRÃO – PEDIDO DE COMPARTICIPAÇÃO NO PAGAMENTO DO CUSTO DE TRANSPORTE ESCOLAR - APRECIAÇÃO E VOTAÇÃO (MGD-E Nº. 19909/16)-afinal  havia 2.º ano no concelho, mas no ECBenedita para onde não havia trasnportes públicos de S.Martinho...!

(OBRAS PARTICULARES) 15.
-------DESPACHOS DO SENHOR PRESIDENTE DA CÂMARA EM MATÉRIA DE GESTÃO URBANÍSTICA – INFORMAÇÃO - Quando consultei os documentos não li nada...
Deram-me a documentação...200 despachos!!!
(SERVIÇOS MUNICIPALIZADOS) 16.
------ ADELAIDE DE JESUS CAMACHO – SERVIÇOS DE DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA E DE DRENAGEM DE ÁGUA RESIDUAIS – PEDIDO DE CONCESSÃO DO TARIFÁRIO SOCIAL E FAMILIAR – APRECIAÇÃO E VOTAÇÃO (MGD-E Nº. 15751/16) -Algarão...Benedita... atestado da Junta...TS Neusa Farracho fundamentou...230,91€ de capitação mensal...Aprovado
(SERVIÇOS MUNICIPALIZADOS) 17.
------ PEDRO NUNO BERNARDES DA CRUZ – SERVIÇOS DE DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA E DE DRENAGEM DE ÁGUA RESIDUAIS – PEDIDO DE CONCESSÃO DO TARIFÁRIO SOCIAL E FAMILIAR – APRECIAÇÃO E VOTAÇÃO (MGD-E Nº. 9038/16)-Casal de Abegão....Évora...4 filhos atestado da Junta...TS Neusa Farracho fundamentou...154,87€ de capitação mensal...Aprovado
(TESOURARIA) 18.
------ RESUMO DIÁRIO DA TESOURARIA - INFORMAÇÃO-
Vereador José Canha 
sugeriu que era uma boa estratégia (foi o que ouviu quando chegou) que as colectividades e juntas que têm pedidos pendentes deviam ter resposta até ao final de 2016...
Subscrevi...É uma boa prenda de Natal!... 

23/11/2016

6.527.(23noVEMbro2016.8.22') Fibonacci

23noVEMbro
***
https://www.calendarr.com/portugal/dia-de-fibonacci/
Esta data na sua ordem americana (11/23: mês de novembro, dia 23) corresponde aos primeiros números da famosa sequência de Fibonacci.

Sequência de Fibonacci

A sequência de Fibonocci é uma sucessão de números inteiros infinita que na qual cada termo subsequente corresponde à soma dos dois anteriores. Os números de Fibonacci são assim: 0,1, 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21, 34, 55, 89, 144, 233, 377, 610, 987, 1597, 2584, 4181…
Ao se dividir qualquer número desta sequência pelo anterior, extrai-se a razão que é uma constante transcendental chamada de número de ouro. Esta proporção é muito usada na arte, arquitetura e design, por ser agradável ao olho.
Ao transformar estes números em quadrados e ao dispô-los de forma geométrica, consegue-se traçar uma espiral perfeita, que também é visível em variados organismos vivos.
***
Sequência de Fibonacci e Número de Ouro
https://www.youtube.com/watch?v=QaWepnGWRs8
***
Assinatura de Deus (Sequência de Fibonacci)
Já na antiguidade Fibonacci, com a sequência de números Fibonacci (a mesma que define a proporção áurea), mostrou que a matemática pode definir formas (fractais) aplicáveis em todo o nosso universo; no entanto, o conhecimento específico neste campo da geometria somente pôde ser desenvolvido após a descoberta e uso do computador.

É realmente de admirar qualquer obra de arte, e um artista sempre procura se identificar quando termina ela, assim, também deveria acontecer em toda Criação a nossa volta, e acontece minuciosamente! Certo intelectual disse: "Não sei se a natureza sabe contar, mas que ela possui padrões geométricos específicos, isso é um fato!" E é nesses padrões que você encontra essa impressionante ordem numérica chamada de Sequência de Fibonacci. É surpreendente como simples números são coincidentemente encontrados em tudo!

É tão magnifico que assemelha-se a assinatura de seu projetista, Jeová Deus.

Para entender melhor sobre a Sequência de Fibonacci assista o documentário de 5 minutos do seguinte link:

http://www.youtube.com/watch?v=IdL6di...

https://www.youtube.com/watch?v=QpdlHOGjSaQ
***
Fibonacci_Spiral_GeoGebra
http://mundoestranho.abril.com.br/ciencia/o-que-e-a-sequencia-de-fibonacci/
É uma sucessão de números que, misteriosamente, aparece em muitos fenômenos da natureza. Descrita no final do século 12 pelo italiano Leonardo Fibonacci, ela é infinita e começa com 0 e 1. Os números seguintes são sempre a soma dos dois números anteriores. Portanto, depois de 0 e 1, vêm 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21, 34…
Ao transformar esses números em quadrados e dispô-los de maneira geométrica, é possível traçar uma espiral perfeita, que também aparece em diversos organismos vivos. Outra curiosidade é que os termos da sequência também estabelecem a chamada “proporção áurea”, muito usada na arte, na arquitetura e no design por ser considerada agradável aos olhos. Seu valor é de 1,618 e, quanto mais você avança na sequência de Fibonacci, mais a divisão entre um termo e seu antecessor se aproxima desse número.
CONCHA DO CARAMUJO
Cada novo pedacinho tem a dimensão da somados dois antecessores
CAMALEÃO
Contraído, seu rabo é uma das representações mais perfeitas da espiral de Fibonacci
ELEFANTE
Se suas presas de marfim crescessem sem parar, ao final do processo, adivinhe qual seria o formato?
GIRASSOL
Suas sementes preenchem o miolo dispostas em dois conjuntos de espirais: geralmente, 21 no sentido horário e 34 no anti-horário
PINHA
As sementes crescem e se organizam em duas espirais que lembram a de Fibonacci: oito irradiando no sentido horário e 13 no anti-horário
POEMA CONTADINHO
Acharam o “número de ouro” até na razão entre as estrofes maiores e menores da Ilíada, épico de Homero sobre os últimos dias da Guerra de Troia
A BELEZA DESCRITA EM NÚMEROS
A “Proporção de ouro” aparece tanto em seres vivos quanto em criações humanas. Na matemática, a razão dourada é representada pela letra grega phi: φ
PARTENON
Os gregos já conheciam a proporção, embora não a fórmula para defini-la. A largura e a altura da fachada deste templo do século V a.C. estão na proporção de 1 para 1,618
ARTES
Esse recurso matemático também foi uma das principais marcas do Renascimento. A Mona Lisa, de Leonardo da Vinci, usa a razão na relação entre tronco e cabeça e entre elementos do rosto
AS GRANDES PIRÂMIDES
Mais um mistério: cada bloco é 1,618 vezes maior que o bloco do nível imediatamente acima. Em algumas, as câmaras internas têm comprimento 1,618 vezes maior que sua largura
OBJETOS DO COTIDIANO
Vários formatos de cartão de crédito já foram testados. O que se sagrou favorito do público têm laterais na razão de ouro. Fotos e jornais também costumam adotá-la
ROSTO
Dizem que, nas faces consideradas mais harmoniosas, a divisão da distância entre o centro da boca e o “terceiro olho” pela distância entre esse ponto e uma das pupilas bate no 1,618
CORPO
Se um humano “mediano” dividir sua altura pela distância entre o umbigo e a cabeça, o resultado será algo em torno de 1,618
MÃOS
Com exceção do dedão, em todos os outros dedos as articulações se relacionam na razão áurea
***
https://www.facebook.com/BibliotecaMunicipaldeAlcobaca/photos/a.444379262309624.1073741825.150448905035996/1164279993652877/?type=3&theater

6.449.(23noVEMbro2016.8.8') Arando

23noVEMbro
***
https://www.calendarr.com/portugal/dia-do-arando/
Este dia chama a atenção para a importância nutricional do arando vermelho. Este é considerado um “super fruto” pelas suas capacidades antioxidantes e pelo seu alto nível nutritivo.

Propriedades do arando vermelho

O arando é utilizado para travar cistites, infeções urinárias e dos rins, colesterol e complicações cardiovasculares. Ele possui capacidades anti-inflamatórias, antibióticas e antissépticas. Esta baga contém uma substância chamada proantocianidina tipo A, que é um antioxidante natural, presente noutros alimentos como as uvas e o chocolate.
Para os índios norte-americanos o arando vermelho era o alimento milagroso, que curava todas as feridas.
Os arandos são mais facilmente encontrados frescos no mercado entre novembro e fevereiro.
***

http://www.bancodasaude.com/info-saude/arando-vermelho/
O arando vermelho, da mesma família do mirtilo, é uma espécie de baga que nasce de um pequeno arbusto com meio metro de altura. 

Estes frutos, que crescem de modo silvestre à beira da estrada, têm propriedades antioxidantes únicas e protegem contra as infecções urinárias, entre outros benefícios para a saúde.

Os arandos vermelhos são mais facilmente encontrados frescos nos supermercados entre Novembro e Fevereiro.
A maioria dos que encontra à venda em Portugal são provenientes dos Estados Unidos da América ou do Chile. Durante o resto do ano, pode encontrá-los sob a forma de passas mas, neste caso, ainda que os benefícios sejam iguais, são muito mais calóricos porque têm uma maior quantidade de açúcares.
Para os índios norte-americanos, o arando vermelho (e o mirtilo) era um alimento-medicamento que curava tudo, já que, por exemplo, o seu néctar era aproveitado para sarar feridas.

Porque são tão saudáveis?

Estas pequenas bagas são ricas numa substância específica, a proantocianidina tipo A, um antioxidante natural também presente no chocolate e nas uvas. Esta substância evita que as bactérias se fixem nas membranas mucosas, formando uma espécie de barreira entre os tecidos e os agentes patogénicos, constituindo um verdadeiro escudo contra as doenças.

Estão especialmente indicadas para a prevenção e tratamento de infecções urinárias (cistite), porque a substância que causa 90% destas doenças, a bactéria E.Coli, acaba por fluir através da urina, evitando inflamações na bexiga e nos rins. Para além disso, o arando vermelho é rico em pigmentos com propriedades antioxidantes, como as antocianinas e antocianidinas, e polifenóis, como o resveratrol e os flavonóides, que têm um papel anti-inflamatório muito relevante, uma vez que combatem o envelhecimento, evitam o aumento do colesterol e outros problemas cardiovasculares.
***
https://www.facebook.com/BibliotecaMunicipaldeAlcobaca/photos/a.444379262309624.1073741825.150448905035996/1164279993652877/?type=3&theater

6.325.(23noVEMbro2016.7.7') Pelo Fim da Impunidade

23noVEMbro
***
23novembro2009 
 massacre de Ampatuan (massacre Maguindanao) nas Filipinas, 
onde entre 57 pessoas se mataram 32 jornalistas 
(é o maior massacre conhecido contra esta classe profissional).
https://www.youtube.com/watch?v=MNWKq9gPSrM
*
2011
Patriarca do clã Ampatuan responsabilizou-se pelo ataque a um grupo de Mangudadatu em Novembro de 2009, onde estavam 32 jornalistas que também foram assassinados
http://www.tvi24.iol.pt/internacional/mangudadatu/filipinas-assumiu-em-tribunal-massacre-de-57-pessoas
***
https://www.calendarr.com/portugal/dia-pelo-fim-da-impunidade/
O objetivo do Dia Pelo Fim da Impunidade é chamar a atenção para as situações de injustiça verificadas no mundo relativamente a jornalistas, escritores, ativistas, artistas e músicos, que são proibidos de se expressar livremente ou mortos por se exprimirem. Liberdade de expressão é o lema deste dia.
A data de 23 novembro recorda o massacre de Ampatuan (massacre Maguindanao) nas Filipinas, onde entre 57 pessoas se mataram 32 jornalistas (é o maior massacre conhecido contra esta classe profissional).
Desde 2006 que se assassinaram mais de 800 jornalistas e profissionais da comunicação social. Nove em dez casos não sofrem o devido castigo, saindo os criminosos impunes.
A efeméride foi criada em 2011, ano em que se escreveram 1,643 cartas de protesto a 11 governos e se obteve cobertura mediática em 31 países do mundo. Desde o dia 1 de novembro que se incentiva a divulgação de situações de injustiça online, a publicação de cartas de protesto e a assinatura de petições no site oficial Day to End Impunity.
***

http://www.internacionaldaamazonia.com/single-post/2015/11/02/Dia-internacional-pelo-fim-da-impunidade-dos-crimes-contra-jornalistas
“Nossa liberdade depende da liberdade de imprensa, e ela não pode ser limitada sem ser perdida”. (Thomas Jefferson)

Garantir a liberdade de expressão dos indivíduos é fundamental para firmar a autêntica democracia do Estado. Ademais, é um direito essencial que está firmado no artigo 19º da Declaração Universal dos Direitos Humanos. O dia internacional pelo fim da impunidade dos crimes contra jornalistas foi criado pela Organização das Nações Unidas para Educação Ciência e Cultura (UNESCO) no dia 2 de novembro de 2014, em conjunto com alguns parceiros da Organização das Nações Unidas (ONU) para alertar o mundo sobre a vulnerabilidade de profissionais da área.

Em muitos países, mesmo os que se denominam “democráticos” jornalistas são perseguidos e mortos, prática esta que tenta silenciar aqueles que têm como compromisso dar voz a toda sociedade mediante as denuncias de crimes e práticas de corrupção. Segundo a UNESCO, 700 jornalistas foram mortos na última década e quase 90% dos casos não foram investigados, por falta de vontade política e recursos necessários para concluir os casos.

Em celebração pelo dia 2 de novembro de 2014, a UNESCO mobilizou os representantes de diversos países por meio de debates acerca do assunto para reforçar a segurança de jornalistas ao redor do mundo. De outro lado, temos as linhas editoriais impostas, ou seja, quando a violência contra os jornalistas praticada pela própria empresa empregadora. Isto ocorre devido aos interesses particulares que resultam na censura aos jornalistas. Isto se deve ao fato de que, no meio jornalístico, é necessário utilizar-se de bom senso, pois é através dos meios de comunicação que a sociedade ficará a par dos acontecimentos.

No Brasil, durante a ditadura militar, os jornalistas só tinham duas opções de notícias ou escreviam a favor do governo, ou eram caçados, torturados, presos e mortos. O jornalista Vladimir Herzog tornou-se símbolo de luta para a conquista da liberdade de expressão. Na época, o país vivia em uma guerra para eliminar o comunismo do território brasileiro e, por isso, militares queriam saber qual era o envolvimento de Herzog, diretor de jornalismo da TV cultura, com o comunismo.

A notícia a respeito da morte brutal do jornalista, cometida por militares, que na tentativa de forjar o homicídio acabou sendo descoberta, levou o povo a protestar. Este movimento inspirou uma série de mudanças mesmo durante a ditadura, garantindo a restauração da democracia no Brasil.

Para a sociedade interamericana de imprensa, nos últimos anos houve reduções de livre veiculação de informações na América Latina. Para a ONG Derechos, a impunidade está entre as piores mazelas no continente Latino Americano.

Portanto, pode-se identificar que a falha na defesa dos jornalistas está justamente na falta de recursos ou de legitimação política dos países. Esta situação acaba limitando o profissionalismo dos jornalistas, os quais tem o papel principal de informar a sociedade, sem esquecer que são grandes mediadores da realidade.

REFERÊNCIAS:
UNESCO. Disponível em: . Acesso em: 27 de outubro, 2015.
UNESCO. Disponível em: . Acesso em: 27 de outubro, 2015.
Liberdade de imprensa e liberdade de opinião. Carta Capital. Disponível em: http://www.cartacapital.com.br/sociedade/liberdade-de-imprensa-e-liberdade-de-opiniao-5146.html. Acesso em: 27 de outubro, 2015.
FENAJ. Disponível em: http://www.fenaj.org.br/federacao/comhumanos/relatorio_fenaj_2014.pdf. Acesso em: 27 de outubro, 2015.
***
https://www.facebook.com/BibliotecaMunicipaldeAlcobaca/photos/a.444379262309624.1073741825.150448905035996/1164279993652877/?type=3&theater

22/11/2016

3.365.(22noVEMbro2016.7.7') John Kennedy

John Fitzgerald Kennedy
nasceu a 29maio1917
***
22noVEMbro1963...John Kennedy é assassinado em Dallas
tal como agora, as sociedades secretas agem e matam...
https://www.youtube.com/watch?v=9dJ8sca1Xbw
***
Via Citador:
"A humanidade tem de acabar com a guerra antes que a guerra acabe com a humanidade."
"São precisos dois para fazer a paz."
"Coragem é manter a classe sob pressão."
"O fracasso não tem amigos."
"A vitória tem mil pais, mas a derrota é orfã."
"A conformidade é o carcereiro da liberdade e o inimigo do crescimento."
"Todos aqueles que tornam as revoluções pacíficas impossíveis tornarão inevitáveis as revoluções violentas.

Discurso (1962)"
"Quando o poder dirige o homem à arrogância, a poesia lembra-o das suas limitações. Quando o poder limita a área das preocupações do homem, a poesia lembra-o da riqueza e da diversidade da existência. Quando o poder corrompe, a poesia limpa.

Discurso (1963)"

Todos nós temos talentos diferentes, mas todos nós gostaríamos de ter iguais oportunidades para desenvolver os nossos talentos. - John Fitzgerald Kennedy - Frases
 http://www.citador.pt/frases/todos-nos-temos-talentos-diferentes-mas-todos-no-john-fitzgerald-kennedy-7429
*
O laço essencial que nos une é que todos habitamos este pequeno planeta. Todos respiramos o mesmo ar. Todos nos preocupamos com o futuro dos nossos filhos. E todos somos mortais. - John Fitzgerald Kennedy - Frases
http://www.citador.pt/frases/o-laco-essencial-que-nos-une-e-que-todos-habitamo-john-fitzgerald-kennedy-6815
Existem sempre desigualdades na vida. Alguns homens são mortos numa guerra, outros são feridos, e outros nem chegam a sair do país... a vida é injusta. - John Fitzgerald Kennedy - Frases
http://www.citador.pt/frases/existem-sempre-desigualdades-na-vida-alguns-home-john-fitzgerald-kennedy-21457
***
frases via: https://pensador.uol.com.br/autor/john_f_kennedy/
"A mudança é a lei da vida. Aqueles que olham apenas para o passado ou para o presente serão esquecidos no futuro."
"O maior inimigo da verdade é frequentemente não a mentira - deliberada, planejada, desonesta -, mas sim o mito - persistente, entranhado e irreal."
"Quanto mais aumenta nosso conhecimento, mais evidente fica nossa ignorância."
"Se formos mudar as coisas de modo como devem ser mudadas, teremos de fazer coisas que não gostaríamos de fazer."
"Não pergunte o que seu país pode fazer por você. Pergunte o que você pode fazer por seu país."
"Não vamos tentar consertar a culpa do passado vamos aceitar nossa responsabilidade pelo futuro."
"O grande inimigo da verdade não é muito frequentemente a mentira (deliberada, controvertida e desonesta), mas o mito - persistente, persuasivo, e não realista."
"A hora certa de consertar o telhado é quando faz sol."
"Assim, meus caros Americanos: Não exijam o que o vosso país pode fazer por vós - exijam o que vocês podem fazer pelo vosso país.

Meus caros cidadãos do mundo: não exijam o que a América irá fazer por vós, mas sim o que, juntos, poderemos fazer pela liberdade do homem."

"A coragem da vida é uma magnifica mistura de triunfo e tragédia. O homem faz o que deve fazer apesar das consequências pessoais - apesar dos obstáculos, dos perigos e das pressões - esse é o fundamento de toda a moralidade."
"Os direitos de todos os homens são diminuídos quando os direitos de um só homem são ameaçados."
"Esforço e coragem não são suficientes sem propósito e direção."
"Se não formos capazes de acabar com as nossas diferenças, podemos pelo menos ajudar a tornar o mundo mais seguro para o êxito da diversidade."
"Lutar pelos direitos dos deficientes é uma forma de superar as nossas próprias deficiências."
"Lutar pelos direitos dos deficientes é uma forma de superar as nossas próprias deficiências."
***
avante
20ab2011
http://www.avante.pt/pt/1951/temas/114124/?tpl=612
Baía dos Porcos foi há 50 anos

Em 16 e Abril de 1961, os Estados Unidos desencadearam uma operação militar contra Cuba revolucionária que ficou na história como a invasão da Baía dos Porcos (ou Praia Giron).
Forças mercenárias contra-revolucionárias, organizadas e treinadas pela CIA e apoiadas pelas forças navais e aéreas norte-americanas, desembarcaram na ilha para tentar estabelecer uma testa-de-ponte, controlar um território «libertado», para aí criar um governo provisório que seria imediatamente reconhecido por Washington, desejoso de pôr fim à jovem revolução.
O plano imperialista começou a ser urdido logo em 1959, por iniciativa do então vice-presidente, Richard Nixon, que incumbiu a sua concepção aos irmãos Dules, Foster e Allen, respectivamente secretário de Estado e director da CIA.
Mas foi já com o «democrata» John F. Kennedy na Casa Branca que o «Project Cuba» avançou, resultando num enorme fracasso. O corpo intervencionista foi derrotado em três dias de combates. As forças cubanas fizeram mais de uma centena de baixas no inimigo e no final capturaram cerca de 1200 mercenários.
Nesses dias, o povo cubano defendeu a sua revolução e isto foi a maior derrota para o imperialismo que contava com uma quinta coluna inexistente. Meio século depois, no dia em que o Partido Comunista de Cuba iniciou os trabalhos do seu VI Congresso, o povo cubano voltou a sair à rua para comemorar a sua histórica vitória, reafirmando que, apesar do odioso bloqueio económico imposto como vingança, a revolução continua viva e a dar passos em frente.
*
ag2008
Cuba na mira dos EUA
O bloqueio de que muitos falam
sem saberem o que dizem
Políticos, jornalistas, comentadores, analistas, assessores, consultores e mais recentemente os chamados think tanks (em inglês é mais intelectual, é mais in), falam e escrevem sobre o bloqueio a Cuba. Mas saberão, no concreto, sobre o que se pronunciam? E o que escondem deliberadamente nas suas elucubrações?
Através de um documento desclassificado em 1991, ficou a conhecer-se que a 6 de Abril de 1960, o então subsecretário de Estado adjunto para os Assuntos Inter-Americanos, Lester Dewitt Mallory, escreveu num memorando discutido numa reunião dirigida pelo presidente dos Estados Unidos John Kennedy: «Não existe uma oposição política efectiva em Cuba; portanto, o único meio previsível que temos hoje para alienar o apoio interno à Revolução é através do desencantamento e do desânimo, baseados na insatisfação e nas dificuldades económicas. Deve utilizar-se prontamente qualquer meio concebível para debilitar a vida económica de Cuba. Negar dinheiro e abastecimentos a Cuba, para diminuir os salários reais e monetários, a fim de causar fome, desespero e a derrocada do governo». (negritos meus). Isto, sublinhe-se, um ano antes da invasão da Baía dos Porcos organizada pelos EUA contra Cuba.
O presidente dos Estados Unidos, J. F. Kennedy, cumprindo o mandato que lhe tinha sido atribuído pelo Congresso, decretou o bloqueio total contra Cuba a partir das 12:01 AM do dia 7 de Fevereiro de 1962.
Esta é a data formal. Mas desde 1959 que se multiplicavam os actos de bloqueio efectivo. O objectivo fundamental era debilitar pontos vitais da defesa e da economia cubanos. Actos como a supressão da quota açucareira, principal e quase único suporte da economia e das finanças da Ilha. Ou o não abastecimento e refinação de petróleo por parte das empresas petrolíferas norte-americanas que monopolizavam a actividade energética. Ou ainda um sufocante boicote a qualquer compra de peças de substituição para a indústria cubana, toda ela de concepção e fabrico norte-americanos.
A partir de Fevereiro de 1962 os americanos decretam então o embargo total ao comércio com Cuba, excluindo certo tipo de medicamentos e alimentos. Esta decisão é simultaneamente apoiada e aprovada por todos os países da Organização de Estados Americanos (OEA), com excepção do México. A 22 de Dezembro, Kennedy anuncia sanções aos países que comerceiem com a ilha. No dia 8 de Julho de 1963, os EUA confiscam todos os bens cubanos instalados no seu território, avaliados então em 424 milhões de dólares. A 14 de Maio de 1964, os Estados Unidos anulam todos os fornecimentos de alimentos e medicamentos a Cuba.
O presidente dos EUA goza de amplas prerrogativas em matéria de política externa. A que acresce uma vasta faculdade discricionária permitida ao executivo pela «Lei do Comércio com o Inimigo». Assim as sucessivas administrações (onze!!!) modificaram e aprovaram novos regulamentos que refinaram o bloqueio.
Nos anos seguintes os EUA proíbem aos seus cidadãos que viajem para a ilha o uso de cartões de crédito de bancos americanos. Interditam às companhias subsidiárias norte-americanas no exterior a possibilidade de comercializarem com Cuba. Impõem aos seus cidadãos um limite de 100 dólares diários nos seus gastos de hotel, alimentação, diversões e compra de artigos cubanos.
Com o desmembramento da União Soviética os EUA redobram as medidas do bloqueio a Cuba e advertem a Rússia (e os restantes países ex-socialistas) de que será prejudicada na «ajuda americana» se, de alguma forma, continuar a apoiar a ilha.

Democracia à americana

Em 1992 foi aprovado pelo Congresso norte-americano a «Lei para a Democracia Cubana», ou Lei Torricelli. Esta lei consiste, essencialmente, na intromissão directa dos EUA nos assuntos internos não só do povo cubano, mas também nos de outros povos. Proíbe, por um período de 180 dias (contados à data da sua saída de Cuba), a entrada nos portos americanos a navios que toquem portos cubanos. Sanciona as instituições norte-americanas sediadas no exterior que negoceiem com a ilha (mesmo contrariando a lei dos respectivos países onde se radiquem). Viola assim claramente o Direito Internacional e as leis estabelecidas pela Organização Mundial do Comércio.
Quatro anos mais tarde, em 1996, foi promulgada a «Lei para a Liberdade e a Solidariedade Democrática Cubana» (o leitor já reparou bem nos nomes destas leis?...), conhecida como Lei Helms-Burton (não apoiada, até hoje, por nenhum país do mundo). Com a desintegração dos países ex-socialistas, Cuba perde, literalmente de um dia para o outro, os mercados onde comerciava, a preços favoráveis, 85% das suas exportações. Vê-se por isso forçada a reduzir drasticamente as suas importações em 75%. O país conhece, de imediato, a falta de alimentos, medicamentos, petróleo, transportes e tudo o que é de mais essencial à economia de um Estado e à vida de um povo. Impedida, por força do bloqueio americano, de recorrer a financiamentos e créditos externos, os EUA acreditaram que estava na hora de Cuba se render pela fome.
A Lei Helms-Burton tinha esse objectivo. É evidente a intenção de impedir os investimentos estrangeiros na ilha e, desta forma, impossibilitar o seu desenvolvimento económico. Nos termos desta lei fica proibido que subsidiárias norte-americanas sediadas em terceiros países realizem qualquer tipo de transacção com empresas em Cuba. Que empresas de terceiros países exportem para os Estados Unidos produtos de origem cubana ou produtos que na sua elaboração contenham algum componente dessa origem. Que empresas de terceiros países vendam bens ou serviços a Cuba, cuja tecnologia contenha mais do que 10% de componentes com origem nos EUA, ainda que os seus proprietários sejam nacionais desses países. Que entrem nos portos dos Estados Unidos navios que transportem produtos desde ou para Cuba, independentemente do país de matrícula. Que bancos de terceiros países abram contas em dólares norte-americanos a pessoas jurídicas ou naturais cubanas ou realizem transacções financeiras nessa moeda com entidades ou pessoas cubanas.
Esta legislação proíbe ainda os cidadãos americanos ou cubano-americanos de viajarem para Cuba. Impõe restrições às relações entre cubanos residentes em Cuba e nos EUA. Retém ajuda a qualquer país, entidade ou empresa que forneça assistência técnica ou financeira para completar a Central Nuclear de Juragua, na cidade de Cienfuegos. Estabelece a negação de vistos para entrar nos EUA a pessoas, de qualquer nacionalidade (e seus familiares), ou representantes de empresas, que comprem, arrendem ou obtenham benefício de propriedades expropriadas em Cuba depois de 1959. Etc., etc., etc..
Sobre esta lei disse Fidel Castro: «Ao bloqueio económico, comercial e financeiro, os EUA acrescentam agora a lei Helms Burton. No seu desesperado anseio de destruir a revolução cubana, pretendem punir todo o mundo e tentam fechar o cerco que nos rodeia. Podemos garantir que o nosso país jamais se renderá. Não permitiremos que nos roubem a dignidade do homem plenamente conquistada pela revolução». Doze anos depois a realidade aí está a comprovar a justeza destas palavras.
Mais recentemente a administração de George W. Bush continuou pelo mesmo caminho. Mas como é apanágio de toda a sua actuação, foi mais longe e aprovou um novo pacote de medidas denominado «Plano Bush». A administração norte-americana propõe-se, pela milionésima vez, aniquilar a Revolução cubana e proclama-o com a sua conhecida arrogância. Estamos perante novas e brutais acções contra o povo de Cuba e contra os cubanos residentes nos Estados Unidos. Medidas definidas pelos seus autores como parte de um plano para provocar «o rápido fim» do Governo revolucionário.
Intensificaram a perseguição a empresas e às transacções financeiras internacionais de Cuba, mesmo aquelas para pagamentos aos organismos das Nações Unidas. Roubaram marcas comerciais, como as reconhecidas Havana Club e Cohiba. Adoptaram maiores represálias contra os que fazem comércio com a Ilha, ou com ela realizam intercâmbios de natureza cultural ou turística. Pressionaram ainda mais os seus aliados para forçá-los a subordinar as relações com Cuba aos objectivos de «mudança de regime» que norteiam a política dos Estados Unidos. Impuseram uma escalada sem precedentes no apoio financeiro e material às acções que visam o derrube da ordem constitucional cubana.

Consequências políticas, económicas, sócias e culturais

Um Avante! inteiro não chegava para enumerar todas as acções e respectivas consequências para o povo de Cuba. Desde logo o facto, muito esquecido, de que cerca de 7 milhões, dos mais de 11 milhões que constituem a população cubana, nasceram sob o estigma do bloqueio. Que, saliente-se, dura há 46 anos e tem afectado sem distinção de sexo, idade, credo religioso ou posição social todo povo da Ilha.
O prejuízo económico directo causado ao povo cubano pela aplicação do bloqueio, em cálculos estimados, ultrapassou os 89 mil milhões de dólares. Este número não inclui os danos directos causados a objectivos económicos e sociais do país pelas sabotagens e actos terroristas fomentados, organizados e financiados pelos Estados Unidos. Também não inclui o valor dos produtos deixados de produzir ou os prejuízos derivados das onerosas condições de crédito impostas a Cuba. O ministro dos Negócios Estrangeiros de Cuba elevou o total de perdas estimadas da economia cubana durante 45 anos (1962/2007) de bloqueio a 222 mil milhões de dólares. Quase duas vezes o PIB de um país como Portugal.
Vejamos mais em pormenor alguns dos numerosos exemplos desta realidade quotidiana:
Estima-se que só em 2006 o comércio internacionalcubano foi afectado pelo bloqueio em valores que ultrapassaram os 1 305 mil milhões de dólares. Os maiores impactos registaram-se pela impossibilidade de aceder ao mercado dos EUA. As importações que Cuba realiza não subiram apenas como resultado de preços mais altos, da utilização de intermediários e da necessidade de triangulação para determinados produtos. Encareceram também pelo transporte desde mercados mais longínquos, com o consequente aumento dos fretes e seguros.
No final de 2001, pressionado pelo sector agro-exportador norte-americano, o Congresso dos EUA aprovou legislação autorizando que Cuba comprasse alimentos aos produtores do país. No entanto, essas importações são acompanhadas por severas restrições. Cuba tem de pagar adiantado, sem a possibilidade de obter créditos financeiros, mesmo privados. Em 2004, essas importações atingiram a casa dos 474,1 milhões de dólares. A venda e o transporte de mercadorias requerem a obtenção de licenças especiais para cada operação. Cuba não pode utilizar sua própria frota mercante para realizar esse transporte, devendo recorrer a navios de outros países, especialmente dos próprios EUA. E os pagamentos são feitos através de bancos de outros países, uma vez que as relações bancárias directas com Cuba estão proibidas.
Carência quase absoluta de meios de transporte de passageiros e de mercadorias. O sector ferroviário é paradigmático. Há anos que o governo tem planos para renovar seu parque de locomotivas. Mas a manutenção e reparação das máquinas requer diversos componentes norte-americanos. Cuba também não tem conseguido alugar navios, devido à pressão realizada pelo governo norte-americano sobre as locadoras. Assim, o governo cubano vê-se obrigado a pagar fretes elevadíssimos.
Falta de medicamentos, equipamentos e material consumível no sector da saúde. Em sete anos, 1998/2005, os custos do bloqueio ascenderam a 2 269 milhões de dólares. Apenas 50 milhões teriam sido suficientes para remodelar todas as clínicas e hospitais. Sem quantificar, por não terem preço, a dor e o sofrimento provocados por esta política criminosa. O que não impedia que, em Junho de 2006, mais de 30 mil funcionários cubanos da área de saúde estivessem espalhados pelo mundo, trabalhando em missões humanitárias, cuidando especialmente de vítimas de catástrofes e fenómenos naturais. Há décadas que Cuba é vanguarda nesse tipo de acção.
A importação de matérias-primas, materiais e equipamentos de uso escolar para assegurar o processo docente educativo, como meios audiovisuais, computadores, equipamento de laboratório, reagentes, etc., é seriamente afectada. A cada dia que passa diminuem os intermediários que se atrevem a correr o risco de realizar transacções com Cuba. O que se traduz num aumento de 20% (e mesmo de 100% nalguns casos), dos preços dos produtos adquiridos.
Nem a Internet escapa. Em Cuba, o acesso à rede é lento, caro e limitado. A ilha está impossibilitada de se conectar aos cabos de fibra óptica que passam muito perto de suas costas. Como alternativa utiliza desde 1996 uma ligação via satélite que torna as conexões muito mais lentas e caras. Qualquer modificação do canal exige licença do Departamento do Tesouro dos EUA. O governo aponta essa situação, assim como sua estratégia de prioridades sociais no uso da rede, para explicar as restrições que aplica ao acesso à Internet. Limitações que poderão ser reduzidas em poucos anos por meio de um cabo submarino alternativo de 1 550 km que ligará Cuba à rede da Venezuela. Refira-se ainda que, as instituições e cidadãos dos Estados Unidos estão proibidos de utilizar a Web para transacções electrónicas com instituições cubanas. O bloqueio de downloads de software e informações (inclusive gratuitas) é outra realidade.
É sistematicamente negado aos artistas cubanos o direito a participar nas cerimónias dos prémios Grammy e Grammy Latino. Razão evocada: os regulamentos sobre a imigração, que proíbem a entrada nos Estados Unidos a qualquer indivíduo que possa ser prejudicial aos interesses desse país. O mesmo se aplica a cineastas, ao Ballet Nacional de Cuba, a conferencistas universitários, etc., etc., etc..
Mas a política de bloqueio prejudica também aos cidadãos norte-americanos e de terceiros países, como o indicam muitos e variados estudos. A eliminação do bloqueio poderia, por exemplo, criar 100 mil postos de trabalho e rendimentos adicionais de 6 mil milhões de dólares à economia dos EUA. Em 2006 as perdas totais das empresas dos estados Unidos por cada milhão de turistas norte-americanos que não puderam visitar Cuba, atingiram os 565 milhões de dólares.
Não é pois de estranhar que a 26 de Abril de 2005, tenha sido anunciado oficialmente a formação da Associação Comercial Cuba-EUA. É composta por mais de 30 companhias, agências estaduais e organizações de 19 estados norte-americanos, com o fim de trabalhar pela eliminação das restrições ao comércio com Cuba. Entre os seus membros encontram-se as grandes empresas ADM, Caterpillar e Cargill. Entre os fundadores contavam-se personalidades como o ex-secretário de Comércio, Bill Reinsch, Kirby Jones, o ex-secretário adjunto de Estado, William D. Rogers, David Rockefeller, a ex-representante comercial Carla Hills, o ex-secretário de Defesa Frank Carlucci e o ex-secretário de Defesa e ex-director da CIA, James Schlesinger.
É esta realidade que é ignorada, e/ou escondida, e/ou escamoteada, e/ou deturpada pelos defensores do pensamento único dominante. Uma política, profundamente isolada e rejeitada todos os anos pela Assembleia Geral das Nações Unidas (Ver quadro anexo). Tem, como vimos, uma forte oposição interna nos próprios EUA. O que mais reforça o nosso lema: «O que é preciso é informar a malta».
***
Marylin Monroe dizem que foi amante de John Kennedy
https://www.youtube.com/watch?v=EqolSvoWNck
"Já posso me retirar da política, depois de ter ouvido este feliz aniversário cantado para mim de modo tão doce e encantador." 
***
Resultado de imagem para John Kennedy frases
*
Resultado de imagem para John Kennedy frases