18/01/2017

2.100.(18jan2017.7.7') Dia Internacional do Riso

18janeiro
***
Smile do Chaplin
https://www.youtube.com/watch?v=RwLo8be-Yoc
***
2014 escreVIVI:
uns dizem que é tds os 1.ºs domingos de cada mês...Sempre que pudermos: façamos D.I.RRiso...faz mesmoooo bem à saúde!!!...e ao hu(A)MOR???...
Foto de Maria Elisa Ribeiro.
DIA INTERNACIONAL DO RISO

O Riso é uma Terapia
Na década de 60, um jornalista americano chamado Norman Cousin se curou de uma doença grave através do riso. Ele tinha um grande desejo de viver e decidiu nutrir seu espírito com otimismo, confiança e bom humor. Começou a assistir a filmes cômicos e proibiu qualquer pessoa de ir visitá-lo sem uma piada para contar.
A terapia do humor surtiu efeito, pois um período de dez minutos de riso aliviava sua dor o suficiente para ele conseguir dormir por duas horas. Testes clínicos também comprovaram que sua inflamação diminuía a cada sessão de riso.
Cousin escreveu sua história dez anos após sua cura e tornou-se o símbolo da terapia do riso, dando origem a pesquisas mais aprofundadas. Hoje sabemos que o riso fortifica o sistema imunológico, estimula as funções cardiovasculares e libera endorfinas que combatem a dor.
Rir é o melhor remédio para o corpo e o espírito.
Sorria!!!
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=803897052960199&set=a.104671869549391.10003.100000197344912&type=3&theater
***
O Dia Internacional do Riso celebra-se (com alegria) a 18 de janeiro.
Este dia chama a atenção para a importância de rir. O riso é um comportamento humano que traz bem-estar às pessoas. Neste dia deve rir o mais que puder, quer na companhia dos amigos, trocando-se anedotas e episódios engraçados, quer sozinho, em casa a ver as suas comédias preferidas ou a ler um livro engraçado.
Foto de José Eduardo Oliveira.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10206546530496595&set=a.1029365188983.3914.1670949754&type=3&theater
***
https://www.facebook.com/BibliotecaMunicipaldeAlcobaca/photos/a.444379262309624.1073741825.150448905035996/1218160418264834/?type=3&theater
O Dia Internacional do Riso celebra-se (com alegria) a 18 de janeiro.
Este dia chama a atenção para a importância de rir. O riso é um comportamento humano que traz bem-estar às pessoas. Neste dia deve rir o mais que puder, quer na companhia dos amigos, trocando-se anedotas e episódios engraçados, quer sozinho, em casa a ver as suas comédias preferidas ou a ler um livro engraçado.
Entre os benefícios de rir encontramos:
Redução do stress
Queima de calorias
Melhoria da qualidade de sono
Fortalecimento abdominal
Combate ao surgimento de rugas
Melhor circulação sanguínea
Melhor respiração
Melhoria da digestão
Fortalecimento do sistema imunológico
Estímulo da criatividade
Criação de laços com outras pessoas
Rir aumenta a qualidade de vida.
Por isso, hoje na Biblioteca sugerimos algumas obras, capazes de o fazer rir.
Boas Leituras

6.208.(18jan2017.12h) 2RC2017...30jan...ordinária...14h30'...Aqui ficará a ordem de trabalhos e o registo pessoal

em construção
***
Adiada a reunião prevista para 23
para 30 janeiro!!!
NÓS A RECLAMARMOS MAIS REUNIÕES DESCENTRALIZADAS
NAS FREGUESIAS
E PAULO INÁCIO  a fugir aos debates públicos...
A de Alcobaça.Vestiaria chegou a estar calendarizada...
***

13/01/2017

5.351.(13jan2017.11.11') Vimeiro.2017

está em construção
*
 15jan2017...depósito de água...Gaio.Vimeiro...d' ALCOBAÇA que vos abRRaça)
precisa de requalificação como se pode ver na imagem...Se o PSD.Paulo Inácio tem 4,3 milhões de euros, para pagar (até 2021) água que não se consumiu (e que não podia ser fornecida)...
 
 https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10210592150551417&set=a.1081356805590.12781.1576428905&type=3&theater
FOTO DO HÉLDER DOS SANTOS
*
Mata do Vimeiro.JVNatividade
 https://uniralcobaca.blogspot.pt/2013/08/694920agosto20131001-mata-do-vimeiro.html
*
beira-rio Baça
projecto estratégico ligação Turquel A8
entrada e saída do concelho
***
Postagem Autárquicas 2013
 https://uniralcobaca.blogspot.pt/2013/09/701315set201388-15setvimeiro-mata.html
***

5.315.(13jan2017.10.10') Turquel.2017

está em construção
drenagem pluvial...Casais de Baixo
poluição na Charneca
Centro Escolar só em jan2017 o Tribunal de Contas recebeu para dar visto
EN8-6 qualificação
Ligação à A8 por Turquel.Vimeiro
*
Aldeia do hóquei
 http://uniralcobaca.blogspot.pt/2011/11/522121nov20118h48-aldeia-do.html
*
Serra dos candeeiros
Nascente do Baça
entrada e saída do concelho
IC2 maior avenida do concelho
*
Reunião descentralizada 2016
 https://uniralcobaca.blogspot.pt/2016/08/906211agosto201688-26rc2016descentraliz.html
***
Postagem Autárquicas 2013
 https://uniralcobaca.blogspot.pt/2013/09/703725set20132332-25set-turqueltematica.html
***

4.989.(13jan2017.9.9') São Martinho do Porto.2017

está em construção
a dragagem 2016 não surtiu efeito
pontão em frente ao túnel devia ser demolido há 5 anos
ETAR-suiniculturas...TREVOESTE
arribas frágeis
farol x qualificar
estacionamento
ligação rotunda da marginal à EN242
ciclovia S.Martinho-Alfeizerão-Vale Maceira
zona envolvente à EStação da CP
novo quartel GNR
pinheiros em falta
entrada e saída do concelho
*
1935...a pesca...pescadores de s.MARtinho do porto...d' ALCOBAÇA que vos abRRaça...Em 1960 bem me lembro de se vender peixa fresco, no cais...Lagostas...

https://www.facebook.com/groups/smartinhodoporto/permalink/10155036523968969/?pnref=story
*
 14jan2017...Poucos sabem que há praia do Salgado, de s.MARtinho do porto, d' Alcobaça que vos abRRaça
 Foto de Rogério Manuel Madeira Raimundo.
 https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10210585337741101&set=pcb.10210585342781227&type=3&theater
*
urge ter memória
1906/1910
http://old-postcards.blogspot.pt/2016/12/sao-martinho-do-porto-anos-19061910.html
***
Postagem Autárquicas 2013
***

4.961.(13jan2017.7.7') Maiorga.2017

está em construção
***
Aquisição do prédio em ruínas com história junto ao miradouro
Apoio a obras da Filarmónica
+ segurança na estrada que vem e vai para o Casal da Areia
Parque desportivo e de lazer
ex-fiação

*
Limite Urbano da Cidade
*
rotunda da EN8-5
15jan2017
Promessa com 17 anos...+1 entrada no concelho que merece atenção...Fervença.MAIORga d' Alcobaça que vos AbRRaça
Foto de Rogério Manuel Madeira Raimundo.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10210594531330935&set=a.1081356805590.12781.1576428905&type=3&theater
entrada e saída do concelho
***
Postagem Autárquicas 2013
 https://uniralcobaca.blogspot.pt/2013/09/703023set20132332-23-setmaiorgatematica.html
***

4.690.(13jan2017.6.6') Pataias.Martingança.2017

está em construção
entrada e saída do concelho
Largo da Martingança
Zona Industrial
salvar Água de Madeiros.Sítio Geológico e 1.ª fila de habitações
arriba frágeis no litoral
concessões de praia. Bandeiras azuis
Valorização das propriedades municipais
Av Rainha St. Isabel
Parceria com a SECIL forno de cal e cidade desportiva
Saneamento na Martingança e qualificação de acessos a empresas
Qualificação do largo Pataias Gare.Evocação histórica do comboio de carvão
Museu da Martingança
Passeios e ciclovias
**
clandestinos
*
 o novo clandestino que começou no tempo do Vereador Vinagre
*
Paredes da Vitória
mui bonito o que está...Vamos ver as marés vivas...Foi em fev2014 que houve + estragos...Deixam ficar a ponte.passadiço?...Há 2.ª fase da obra nas Paredes da Vitória? Ou então temos +1 obra INACABADA! Há que proteger definitivamente os 3 bares de madeira.passadiço...
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2015/02/965325fev201588-mar-de-espuma-nas.html*
Pedra do Ouro
Há 2.ª fase da obra de consolidação da arriba da praia da Pedra do Ouro?
Se não há, há mais uma obra INACABADA!!! Alcatroado o acesso à praia...Sem 1 passeio qualificado?...Os arruamentos estão uma vergonha!!!
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2012/08/594027agosto20121725-golfefestival-de.html
*
a extraordinária VALE FURADO
15JAN2017
Foto de Rogério Manuel Madeira Raimundo.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10210600178552112&set=pcb.10210600184192253&type=3&theater
**
Domínio Marítimo ou domínio privado?
15jan2017.Légua
a ONDULAÇÃO com calhaus rolados, quase na Falca
caminhos pedonais especiais de acesso às praias
Foto de Rogério Manuel Madeira Raimundo.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10210600188992373&set=pcb.10210600193152477&type=3&theater
***
Postagem Autárquicas 2013
*
MARTINGANÇA
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2013/09/702419set20132355-19set-martinganca.html
***

4.965.(13jan2017.5.5') Évora.2017

está em construção
***
Limite Urbano da Cidade
* Criar a solução de acesso à EB1 de Évora, com ligação à estrada que liga Évora às Fragosas.Acipreste
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2009/09/obras-pressa-na-eb1-de-evora.html
*
Pav. com plena fruição desportiva e de lazer
*
Qualificação da ligação Évora a Alcobaça, pela Bacharela, com saneamento
*
En8-6 qualificada
*
Quartel da GNR junto ao Pingo Doce
*
Beira-rio e ribeiras
*
Valorização da Água
*
IC2 maior avenida do concelho
***
Postagem Autárquicas 2013
 http://uniralcobaca.blogspot.pt/2013/09/701616set20132331-16-setembro-evora.html
***

4.347.(13jan2017,4.4') Coz.Alpedriz.Montes.2017

está em construção
Roteiro das Igrejas
roteiro pedonal
Mosteiro requalificado e sua envolvente
Valorização da água
Zona Industrial Casal da Areia qualificada com gestão participada (Junta. empresários.trabalhadores)
Saneamento prometido para Ribeira
entrada e saída do concelho
***
Postagem Autárquicas 2013
***

4.262.(13jan2017.3.3') Cela.2017

está em construção
entrada e saída do concelho
*
 14jan2017...Falta pintura...depósito da Vila da Cela d' Alcobaça que vos abRRaça
 Foto de Rogério Manuel Madeira Raimundo.
 https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10210584434358517&set=a.1081356805590.12781.1576428905&type=3&theater&notif_t=like&notif_id=1484408066574369
*
Centro Escolar no centro da Vila
*
estrada Melgaço/Genrinhas
*
candeeiros "decepados" há anos na R. Humberto Delgado
*
valorização da Cela Velha com a solução integrada
Não esquecer a ex-EB1 e o ajardinamento por cima da A8
*
o portal manuelino precisa de ser restaurado
(ver o bom exemplo da Vestiaria)
 Foto de Rogério Manuel Madeira Raimundo.
 https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10210584600042659&set=pcb.10210584608322866&type=3&theater
*
+1 edifício de 1888
Actual sede de Junta...ao lado direito, em 2016, passámos a ter 1 Casa Mortuária
e 1 Farmácia, NAS TRASEIRAS desta imagem
Foto de Rogério Manuel Madeira Raimundo.
 https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10210584600202663&set=pcb.10210584608322866&type=3&theater
***
Postagem Autárquicas 2013
 http://uniralcobaca.blogspot.pt/2013/09/702520set20132332-20-setcelatematicas.html
*
 http://uniralcobaca.blogspot.pt/2013/05/655716maio2013848-freguesia-da-cela.html
***

4.058.(13jan2017.2.22') Benedita.2017

está em construção
entrada e saída do concelho
*
USF da Benedita
https://uniralcobaca.blogspot.pt/2013/09/69863set2013123-ha-4-anos-e.html
*
ALEB
*
ECBenedita
 https://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/10/88689out2014129-50-anos-ecbenedita.html
*
acessibilidades no edifício da Casa da Vila
Pulmão Fonte da Senhora e Fonte Quente
capital do enduro
BTT...roódinhas é 1 potencial
EN8-6 qualificação
Ligação à A8 por Turquel.Vimeiro
IC2 maior avenida do concelho
***
Postagem Autárquicas 2013
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2013/09/703825set20132344-dia-25-set-beneditaa.html
***

4.212.(13jan2017.2.2') Bárrio.2017

está em construção
entrada e saída do concelho

*
Limite Urbano da Cidade
* Casa Amarela 1 promessa com 12 anos

***
Postagem Autárquicas 2013
 http://uniralcobaca.blogspot.pt/2013/09/702620set20132355-20setbarriotematicas.html
***

4.309.(13jan2017.13.55') Alfeizerão.2017

está em construção
miradouro junto à Pousada
rotunda A8/EN242
Candeeiros tortos em várias praças
+ divulgação do extraordinário CEIA...
Quando começa a obra prevista de saneamento de Vale Maceira
*
Foi demolido o prédio em Vale de Maceira, mas não foi qualificada
a ex- esc. primária de vale Maceira tem 1 arquitectura especial
Largo Vale Maceira, d' Alfeizerão, d' Alcobaça que vos AbRRaça...O prédio, finalmente, foi demolido: falta a qualificação prometida há tanto ano...A EB1 de Vale de Maceira tem 1 arquitectura única em td o concelho...
Foto de Rogério Manuel Madeira Raimundo.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10210593662149206&set=a.1081356805590.12781.1576428905&type=3&theater
*
Saneamento em Valado St. Quitéria
entrada e saída do concelho
***
Postagem Autárquicas 2013
 http://uniralcobaca.blogspot.pt/2013/05/655816maio2013858-freguesia-de.html
***

3.464.(13jan2017.13.44') Aljubarrota.2017

está em construção
*
o problema gravíssimo de construção ilegal.Lameira. Deixaram andar Vereadores Bonifácio, Vinagre...
 e agora o Presidente da Câmara
+1 exemplo de Clandestinos em 19 anos de gestão PSD... é o deixar andar...O pior exemplo, onde + gente está a viver em cada metro quadrado...Freguesia d' Aljubarrota...d' Alcobaça que vos abRRaça
Foto de Rogério Manuel Madeira Raimundo.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10210610229843388&set=pcb.10210610251523930&type=3&theater
*
Limite Urbano da Cidade
* praia fluvial na nascente do Alcoa
Vale do Môgo
Grutas do Carvalhal de Aljubarrota
entrada e saída do concelho
IC2 maior avenida do concelho
***
Postagem Autárquicas 2013
 http://uniralcobaca.blogspot.pt/2013/09/702923set20132152-dia-23-set.html
***

2.501.(13jan2017.13.33') Alcobaça.Vestiaria...2017

está em construção

*
Limite Urbano da Cidade
* Castelo. Rua do Castelo. Estacionamento nesta entrada da cidade
*
mosteiro centro do mundo de cister
 http://uniralcobaca.blogspot.pt/2012/05/569211maio201288-alcobaca-que-t.html
*
debater com tds os projectos esboçados para a cidade (com 13 M€ de previsto financiamento 2020)
*
prédio municipal ex.cofta
*
dinamizar o comércio e o turismo na cidade
*
Concurso de Ideias para substituir o saibro e resolver o estacionamento no centro
*
entrada e saída do concelho
*
 15jan2017...feira velharias em dia de bELO SOL......animAÇÃO na cidade d' ALCOBAÇA que vos abRRaça...aos terceiros (e quintos) domingos de cada mês...é 1 pequena receita para a Junta de Freguesia d' ALCOBAÇA.VESTIARIA...Tomou uma excelente medida da deslocar da R. Pedro V para o terreiro/ sala de visitas...
 Foto de Rogério Manuel Madeira Raimundo.
 https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10210591562536717&set=pcb.10210591575377038&type=3&theater
***
Postagem Autárquicas 2013
 http://uniralcobaca.blogspot.pt/2013/09/704127set20131001-freguesia-e-cidade-de.html
*
  http://uniralcobaca.blogspot.pt/2013/09/702823set20132119-junta-de-freguesia-de.html
*
VESTIARIA
 https://uniralcobaca.blogspot.pt/2013/09/702018set2013111-dia-18set-vestiaria.html
***

3.975.(13jan2017.9.9') José Luís Faria Borda

Nasceu a 18dez1954
***
Escultor de madeira
trabalha no CEERIA e tem produzido peças extraordinárias
nomeadamente para o Grupo de teatro do CEERIA
***
Autárquicas de 2009
Fez 1 ovo de colombo
para a festa da Terra das Artes
no cine-teatro de Alcobaça
***
da página de facebook dele
https://www.facebook.com/joseluis.borda.562
Foto de Faria Borda.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1825162691060207&set=picfp.100006994804350.1715696272006850&type=3&theater
***
exposição em Setúbal
Foto de Faria Borda.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1672873816289096&set=rpd.100006994804350&type=3&theater
***
2014
Foto de Faria Borda.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1672873682955776&set=rpd.100006994804350&type=3&theater

4.399.(12jan2017.23.23') Poluição na Confluência dos rios Alcoa e Baça e Jardim do Amor...

***
Pressionei SMunicipalizados:
Falharam os SMunicipalizados???
***
12jan2017-16h
Fotos e denúncia de Armindo Ribeiro
Foto de Armindo Ribeiro.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1241766975859536&set=pcb.1217873731624423&type=3&theater
Foto de Armindo Ribeiro.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1241767045859529&set=pcb.1217873731624423&type=3&theater

4.546. (13jan2017.8.8') Primo Levi

Nasceu a 31jul1919 (Turim)
e morreu a 11ab1987 (Turim)
***
Resultado de imagem para primo levi frases
***
Resultado de imagem para primo levi frases
***
Resultado de imagem para primo levi frases
***
Wikipédia:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Primo_Levi
foi um químico e escritor italiano. Escreveu memórias, contos, poemas, e novelas. É mais ..
***
Se isto é um homem

Excerto

   Na noite de 13 de Dezembro de 1943, Primo Levi, um jovem químico membro da Resistência, é detido pelas forças alemãs. Tendo confessado a sua ascendência judaica, é deportado para Auschwitz em Fevereiro do ano seguinte; aí permanecerá até finais de Janeiro de 1945, quando o campo é finalmente libertado. Da experiência no campo nasce o escritor que neste livro relata, sem nunca ceder à tentação do melodrama e mantendo-se sempre dos limites da mais rigorosa objectividade, a vida no Lager e a luta pela sobrevivência num meio em que o homem já nada conta.
*
em PDF, para ler ou imprimir:
https://joaocamillopenna.files.wordpress.com/2015/03/levi-primo-c3a9-isto-um-homem-1988.pdf
*
http://www.citador.pt/biblio.php?op=21&book_id=364
*
Plano de aula
"De resto, toda a história do curto "Reich Milenar" pode ser relida 
como guerra contra a memória,..."
 “Reflictam e recordem que tudo isto aconteceu”
"Muitos sobreviventes (…) recordam que os membros das SS se divertiam a avisar cínicamente os prisioneiros: "Seja como for que esta guerra acabe, a guerra contra vós fomos nós a vencê-la; nenhum de vós ficará para dar testemunho, mas mesmo se algum escapar, o mundo não acreditará nele. Talvez haja suspeitas, discussões, investigações de historiadores, mas não haverá certezas, porque nós vamos destruir as provas juntamente convosco. E mesmo que alguma prova ficasse, e algum de vós sobrevivesse, as pessoas diriam que os factos que vós contais são demasiado monstruosos para se poder acreditar neles; diriam que são exageros da propaganda aliada, e acreditariam em nós, que iremos negar tudo, e não em vós. A história dos campos de concentração, seremos nós a ditá-la' "
“Não muito tempo depois entramos pelas portas de Auschwitz. Apenas entrei na área do campo já percebi dezenas de pessoas vestidas com roupas listradas, como aquelas que havia visto na rampa [plataforma]. Ainda que usassem chapéus listrados, percebi que tinham as cabeças raspadas, quase carecas. Ingenuamente pensei que este era um hospital para doentes mentais, e que a nós, as moças, nos trouxeram como enfermeiras para cuidar desses loucos. Nem me ocorreu que em pouco tempo estaria como eles.”
"Podia mesmo acontecer, sobretudo para os que não entendiam alemão, que os prisioneiros nem sequer soubessem em que ponto da Europa se situava o capo onde estavam, e a que tinhan chegado após uma viagem massacrante e tortuosa dentro de vagões selados. Desconheciam a existência de outros campos de concentração, eventualmente a pucos quilómetros de distância[…] Em resumo, sentia-se dominado por um enorme edifício de violência e de ameaça, mas não podía construir uma representação deste porque os seus olhos estavam pregados ao chão pela necessidade de todos os minutos."
"Aqui está minha irmã, e algum amigo (qual?) e muitas outras pesoas. Todos me escutam, enquanto conto do apito em três notas, da cama dura, do vizinho que gostaria de empurar para o lado, mas tenho medo de acordá-lo porque é mais forte que eu. Conto também a história da nosse fome, e do controle dos piolhos, e do Kapo que me deu um soco no nariz e logo mandou que me lavasse porque sangrava. É uma felicidade interna, física, inefável, estar en minha casa, entre pesoas amigas, e ter tanta coisa para contar, mas bem me apercebo de que eles não me escutam. Parecem inidiferentes; falam entre si de outras coisas, como se eu não estivesse. Minha irmã olha para mim, levanta, vai embora em silêncio.
Nasce então, dentro de mim, uma pena desolada, como certas mágoas da infância que ficam vagamente em nossa memoria; uma dor não temperada pelo sentido da realidade ou a intromissão de circunstâncias estranhas, uma dor dessas que fazen chorar as crianças. Melhor, então, que eu torne mais uma vez à tona, que abra bem os olhos; preciso estar certo de que acordei, acordei mesmo.

O sonho está na minha frente, ainda quentinho; eu. Embora desperto, continuo, dentro, com essa angústia do sonho; lembro, então, que não é um sonho qualquer; que, desde que vivo aqui, já o sonhei muitas vezes, com pequenas variantes de ambiente e detalhes. Agora estou bem lúcido, recordo também que ã contei o meu sonho a Alberto e que ele me confessou que esse é também o sonho dele e o sonho de muitos mais; talvez de todos. Por quê? Por que o sofrimento de cada dia se traduz, constantemente, em nossos sonhos, na cena sempre repetida da narração que os outro não escutam?"
Vocês que vivem seguros
em suas cálidas casas
vocês que, voltando à noite,
encontram comida quente e rotos amigos,
pensem bem se isto é um homem
que trabalha no meio do barro,
que não conhece paz,
que luta por um pedaço de pão,
que morre por um sim ou por um não.
Pensem bem se isto é uma mulher,
sem cabelos e sem nome,
sem mais força para lembrar,
vazios os olhos, frio o ventre,
como um sapo no inverno.
Pensem que isto aconteceu:
Eu lhes mando estas palavras.
Gravem-na em seus corações,
estando em casa, andando na rua,
ao deitar, ao levantar;
repitam-nas a seus filhos.

Ou, senão, desmorone-se a sua casa,
a doença os torne inválidos,
os seus filhos virem o rosto para não vê-los."
Primo Levi
http://www.yadvashem.org/yv/en/education/languages/portuguese/lesson_plans/primo_levi.asp#!prettyPhoto
*
Wook.pt - Se Isto é um Homem
https://www.wook.pt/livro/se-isto-e-um-homem-primo-levi/1458686
SINOPSE
Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para o Ensino Secundário como sugestão de leitura.

Na noite de 13 de Dezembro de 1943, Primo Levi, um jovem químico membro da resistência, é detido pelas forças alemãs. Tendo confessado a sua ascendência judaica, é deportado para Auschwitz em Fevereiro do ano seguinte; aí permanecerá até finais de Janeiro de 1945, quando o campo é finalmente libertado. 
Da experiência no campo nasce o escritor que neste livro relata, sem nunca ceder à tentação do melodrama e mantendo-se sempre dentro dos limites da mais rigorosa objectividade, a vida no Lager e a luta pela sobrevivência num meio em que o homem já nada conta. 
Se Isto é um Homem tornou-se rapidamente um clássico da literatura italiana e é, sem qualquer dúvida, um dos livros mais importantes da vastíssima produção literária sobre as perseguições nazis aos judeus.
***
Via Vanda Furtado Marques
Imagine-se agora um homem ao qual, juntamente com as pessoas amadas, tiram a casa, os hábitos, a roupa, enfim, tudo, literalmente tudo quanto possui: será um homem vazio, reduzido ao sofrimento e à carência, esquecido da dignidade e do bom senso, pois acontece facilmente, a quem tudo perdeu, perder-se de si próprio; reduzido a tal ponto que outros poderão sem problemas de consciência decidir da sua vida ou da sua morte para além de qualquer sentido de afinidade humana; no caso mais optimista, na base de uma mera avaliação de utilidade. Compreender-se-á então o duplo significado da expressão «campo de extermínio», e será claro o que entendemos exprimir com esta frase: jazer no fundo."
in «Se isto é um Homem»

2.322.(13jan2017.7.7') Universo Racionalista.Dialéctica.Lógica.Falácia

***
Uma página mui interessante
https://www.facebook.com/UniversoRacionalista/
***
Dialéctica
http://www.universoracionalista.org/filosofia-marxista-promessa-e-realidade/
*
A cultura marxista
http://www.universoracionalista.org/cultura-marxista-filosofia/
***
Falácias Lógicas
http://ateus.net/artigos/ceticismo/guia-de-falacias-logicas-do-stephen/
***
Via Graça Silva
Foto de Universo Racionalista.
https://www.facebook.com/UniversoRacionalista/photos/a.211862165597348.47157.207186566064908/508410202609208/?type=3&theater
Os 10 Mandamentos da Lógica:

1. Não atacarás a personalidade da pessoa, mas seu argumento. (ad hominem)

2. Não modificarás ou exagerarás o argumento de uma pessoa para torná-lo mais fácil de atacar. (falácia do espantalho)

3. Não usarás números pequenos para representar o todo. (generalização apressada)

4. Não defenderás vosso argumento por assumir automaticamente que uma de suas premissas está correta. (indução à conclusão / petição de princípio)

5. Não alegarás que só porque uma coisa ocorreu antes da outra a primeira obrigatoriamente é a causa da segunda. (post Hoc/ falsa causa)

6. Não reduzirás a argumentação a apenas duas possibilidades. (falsa dicotomia)

7. Não argumentarás que por causa de nossa ignorância certa alegação é obrigatoriamente verdadeira [ou falsa]. (ad ignorantium)

8. Não imporás o ônus da prova de teu argumento a aquele que questionas. (inversão do ônus da prova)

9. Não assumirás que "isto" se segue a "aquilo" quando não há conexão lógica. (non sequitur)

10. Não alegarás que uma premissa por ser popular está necessariamente correta (falácia da popularidade)

12/01/2017

2.842.(12jan2017.8.8') António Guterres

Nasceu a
***
Tenho na memória 1 dia
eu com 17 aninhos
na cantina do I.S. técnico
ele a saltar para cima duma mesa para mobilizar para uma luta estudantil
ele com o meu camarada que foi candidato a PRepública
***
Não esqueço o queijo Limiano
***
Não esqueço que foi ele nos colocou, com o PSD e o CDS
no euro
para ficarmos no comboio da frente
***
12jan2017
Via Jorge Messias
Avante
Foto de Guilherme Antunes.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1102570843153924&set=a.113367988740886.18583.100002030573081&type=3&theater
A MISSÃO DE ANTÓNIO GUTERRES
(por Jorge Messias) - escrito em 2005 no jornal Avante
Na verdade, se António Guterres é ou não membro do Opus Dei, como por aí se afirma, só o próprio o saberá dizer. Ele, e obviamente o papa e meia dúzia de grandes senhores deste incerto planeta que se esfarrapa e se divide profundamente entre os escravos e os nababos. Tudo em nome da ética solidária.
Guterres é uma entidade curiosa que se preocupa, simultaneamente, com os miseráveis que, sem nada terem feito para merecer tal sorte, fogem às fomes e às guerras; e com as angústias metafísicas dos multimilionários promotores dessas mesmas guerras. A provar que assim é, ficou o registo do enorme dispêndio de energias que Guterres não regateou durante o longo processo da sua nomeação como Alto-Comissário da ONU para os Refugiados. Foi ao Médio Oriente ver, com os seus próprios olhos, como eram capazes de sobreviver, os deserdados. Depois, rumou a Bilderberg para pregar a moral aos capitalistas. Mal refeito destes esforços, logo tomou o jacto com destino a Washigton a fim de assegurar a sua fidelidade a Bush, a Condoleeza Rice e ao FMI. Porque Guterres tem um pecadilho na sua límpida consciência: num momento de desinspirado arroubo condenou (é certo que ao de leve) a agressão norte-americana ao Iraque.
Apesar do transpirado esforço desenvolvido com estes e muitos outros contactos, o ex-primeiro-ministro português foi completamente apanhado de surpresa pela notícia da sua nomeação. Estava ele nessa altura em Ramallah, na Palestina, por entre os riscos da batalha e na qualidade de presidente da Internacional Socialista. Embora não se entenda bem a surpresa de Guterres. Porque de há muito - dizem, e o novo Alto-Comissário já o confirmou - Guterres alimentou o sonho de ser ele a cuidar dos refugiados mais desvalidos. Sonho que já vem de longe. Talvez, desde quando evangelizava a Quinta do Mocho, já lá vão uns anos.
Voltando à terra, não se pense que o «sonho» de Guterres é devaneio de poeta. A ONU acaba de atribuir ao também presidente da Internacional Socialista, um verdadeiro reino, com mais de 22 milhões de súbditos. É certo que se trata de uma multidão imensa de mendigos, de esfomeados andrajosos, de homens, mulheres e crianças espavoridos que fogem à guerra e à morte, em busca de um lugar para viver. Guterres sabe que assim é e a sua alma estremece. Viu, nas cidades de barracas da Palestina, que a torrente humana de excluídos não cessa de aumentar. E testemunhou depois, nas mansões paradisíacas dos seus amigos suíços e norte-americanos, que também a estes o sofrimento alheio angustia. Porém, que hão-de eles fazer? Sem petróleo barato não há capitalismo que resista. A guerra e o sofrimento são males inevitáveis. Nada deterá o império dos ricos.
O ACNUR (Alto-Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados), agora entregue a Guterres, tem um orçamento anual de cerca de 25 milhões de contos, na antiga moeda portuguesa. Nada de espantar, se considerarmos a vastidão dos problemas a enfrentar. O que é original, no caso do ACNUR, é que o financiamento deste pesado orçamento apenas depende da ONU em menos de 2% das verbas previstas. Assim, aproximadamente 98% dos gastos anuais do comissariado, depende dos contributos voluntários de governos beneméritos, de ONGS, da sociedade civil, etc. Poucos são os estados que efectivamente contribuem. O orçamento assenta, basicamente, nas quotas pagas pelos governos norte-americano e japonês, por organizações inter-governamentais, empresas e ricos patrocinadores. Ou seja: a miséria é produzida pela exploração do homem pelo homem; e o combate à miséria depende da generosidade das forças que produzem a miséria.
Tudo isto acaba por assentar, que nem uma luva, no perfil de Guterres, socialista e católico de missão. Apesar de tudo ter feito pela nomeação, Guterres recebeu-a humildemente, como resposta aos seus sonhos e às suas orações. Tal como os seus amigos de Bilderberg, também ele acredita que a sociedade terá de depender sempre de elites de iluminados e que os pobres e os excluídos são um mal inevitável cuja existência os homens bons apenas podem atenuar. Porque, afinal, a pobreza extrema também purifica a alma. E as guerras, ainda que todas elas sejam condenáveis, podem rasgar indirectamente as vias de uma nova evangelização dos povos.
Tal como António Guterres, assim pensa e age o Vaticano. Nas grandes decisões da igreja, sem dúvida que a metanoia, o movimento da alma e do coração, se deve revelar no amor aos pobres e humilhados. Mas os cardeais e os bispos não podem esquecer que são homens que deus carregou com o fardo de enormes responsabilidades. A sua obediência é ao papa, a sua grande fidelidade, à igreja. E a igreja deve crescer no mundo. Mesmo que o agente de missão não entenda bem qual o sentido da sua acção, importa que tenha a coragem de agir.
Assim deus o quer.
***
12.12.2016
Via JERO:

http://www.dn.pt/mundo/interior/as-tarefas-mais-urgentes-de-antonio-guterres-na-onu-5546679.html
Temos hoje, dia 12 de Dezembro, um português no topo do Mundo. António Guterres faz esta segunda-feira o seu juramento solene da Carta das Nações Unidas numa cerimónia perante a Assembleia Geral que decorre em Nova Iorque a partir das 10h00 locais (15h00 em Portugal).É, na prática, a tomada de posse do novo secretário-geral da ONU, já que no dia 1 de Janeiro começa a exercer funções, A Assembleia Geral da ONU reúne-se com a solenidade que estes momentos exigem, com as regras protocolares em rigor máximo, na presença dos representantes diplomáticos dos 193 países com assento na organização e ainda do Presidente da República e do primeiro-ministro de Portugal.. Guterres será o nono membro do clube mais restrito do mundo
*
Via DN

http://www.dn.pt/mundo/interior/as-tarefas-mais-urgentes-de-antonio-guterres-na-onu-5546679.html
***
set.out2016
António Guterres consegue vencer a candidata da Merkel
e é eleito S.G. da ONU
*

http://expresso.sapo.pt/internacional/2016-10-05-Guterres-muito-proximo-de-ser-eleito-lider-da-ONU-apos-vencer-sexta-eleicao
*
https://www.publico.pt/2016/09/28/mundo/noticia/merkel-tirou-candidata-bulgara-da-cartola-1745509
*
http://visao.sapo.pt/actualidade/mundo/2016-09-28-Bulgaria-troca-candidata-e-dificulta-vida-a-Guterres
***
11fev2016

GUTERRES, A SÉRVIA, 

A NATO E A ONU


http://manifesto74.blogspot.pt/2016/02/guterres-servia-nato-e-onu.html
O governo PS assumiu a candidatura de António Guterres ao cargo de secretário-geral das Nações Unidas como um projecto nacional para o qual mobilizará os seus esforços diplomáticos. Calculo que a direita fará deste tema uma boa oportunidade para sublinhar o seu “sentido de Estado” e a sua capacidade para “assegurar consensos”.

A candidatura fará as delícias dos comentadores do regime, que sublinharão o espírito humanitário do ex-Alto Comissário da ONU para os refugiados. E eu não perderei a oportunidade para lembrar 1999 e o papel desempenhado por Guterres e pelo seu governo num dos momentos-chave de descredibilização e secundarização do papel da ONU no plano da segurança internacional. Refiro-me à agressão da NATO à Jugoslávia, lembram-se?

Após 1989 a Europa conheceu uma série de processos políticos a leste que determinaram uma reconfiguração também geográfica no chamado “velho continente”. Antigos países deram origem a novos territórios independentes. Velhas alianças e amizades geraram novos focos de tensão. De entre os territórios mais afectados pelas tensões pós-89 e pós-91 a Jugoslávia foi aquele que viveu o processo mais conturbado, com uma série de guerras consecutivas em dois períodos praticamente consecutivos (1991-1995 e 1998-1999).

As guerras jugoslavas estão explicadas em detalhe na obra “Da Jugoslávia à Jugoslávia”, de Carlos Santos Pereira, cuja leitura se aconselha vivamente. Quem o fizer compreenderá aliás o papel instrumental que os conflitos 1991-1995 primeiro e a agressão da NATO aos sérvios e montenegrinos desempenharam na afirmação dos Estados Unidos da América como polícia do mundo e da NATO como se braço político-bélico preferencial numa estratégia de afirmação como potência dominante num mundo unipolar em recomposição pós-dissolução da URSS e do campo socialista saído da II Guerra Mundial. A guerra da Sérvia/Kosovo foi aliás um momento particularmente relevante neste processo já que foi o primeiro momento de intervenção directa e declarada da NATO fora do seu âmbito geográfico e em clara violação do direito internacional, sem mandato da ONU e contra os próprios estatutos da organização.

A agressão da NATO à Jugoslávia fez-se fundamentalmente com sacrifício da população civil e de infra-estruturas fundamentais do país. A ideia da NATO foi desde o primeiro momento vergar em definitivo Sérvia – parceiro histórico da Rússia nos Balcãs –, assegurando o desmembramento do que restava da antiga Jugoslávia titista e criando novos territórios fiéis à Aliança, mais tarde incorporados na sua estrutura política e militar (casos da Croácia e da Albânia, país que mais influencia o Kosovo independente, saído do conflito de 1999).

A guerra de 1999 foi e é muito dura para sérvios, montenegrinos e kosovares. A utilização de munições de urânio empobrecido por parte das forças da NATO determinou o aumento exponencial dos casos de cancro na região. A guerra ainda não terminou num território profundamente marcado pelo sofrimento imposto pelas bombas e pelas suas consequências duradouras. Estima-se que em 1999 tenham sido despejadas sobre território sérvio 15.000 toneladas de urânio empobrecido.

Ora, Guterres – o agora candidato ao cargo de secretário-geral da ONU – esteve para a guerra de 1999 como Barroso esteve para a segunda invasão norte-americana do Iraque. Juntou a sua voz à dos governos de maioria “social-democrata” que dominavam então a Europa. Esteve ao lado de uma agressão ilegal e injustificada a um país soberano que provocou uma imensa crise humanitária e o desmembramento do território jugoslavo. Ajudou a enterrar de vez a primazia da ONU como garante da paz e da segurança internacional, abrindo a porta ao chamado “novo conceito estratégico da NATO”, que alarga indefinidamente o perímetro geográfico e os pretextos políticos para a intervenção da “Aliança”. E posto isto não será despropositado colocar a questão: que condições tem Guterres para reerguer a ONU e relançar por exemplo a ideia dos chamados “Acordos de Helsínquia” destinados à criação de um sistema de segurança colectivo que priorize a paz e submeta os chamados “interesses estratégicos” das nações militarmente mais poderosas? Que legitimidade tem Guterres para promover no seio da ONU o processo de democratização da Organização que desde há muito se exige?

Apoiar Guterres com base na simples circunstância da sua nacionalidade é um disparate que o longo mandato de Durão Barroso na Comissão Europeia bem ilustrou. A questão não é de nacionalidade, de género ou etnia. É de convicções, credibilidade e compromisso com a Paz.***

2.718.(12jan2017.7.7') Proposta que se crie o Museu Municipal da Educação

11jan2017
A CDU vai propor
na próxima reunião de câmara
que se crie o MUSEU MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO
*
JUSTIFICA-SE 1 MUSEU com o que foi exposto!
(EXPOSIÇÃO aberta aquando do BOOKS.MOVIES.OUT2016
e que tão poucos adultos a visitaram!!!)
***
A reportagem do Agnelo Ferreira
sobre o encerramento desta exposição
Foto de Agnelo Ferreira.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1180044195382377&set=pcb.1180045272048936&type=3&theater
*
Foto de Agnelo Ferreira.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1180044585382338&set=pcb.1180045272048936&type=3&theater
*
Foto de Agnelo Ferreira.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1180044258715704&set=pcb.1180045272048936&type=3&theater
*
Foto de Agnelo Ferreira.
*
Foto de Agnelo Ferreira.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1180044685382328&set=pcb.1180045272048936&type=3&theater
*
Foto de Agnelo Ferreira.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1180044785382318&set=pcb.1180045272048936&type=3&theater
*
Foto de Agnelo Ferreira.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1180044778715652&set=pcb.1180045272048936&type=3&theater
*
Foto de Agnelo Ferreira.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1180044698715660&set=pcb.1180045272048936&type=3&theater
*
Foto de Agnelo Ferreira.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1180044288715701&set=pcb.1180045272048936&type=3&theater
*
Foto de Agnelo Ferreira.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1180044818715648&set=pcb.1180045272048936&type=3&theater
*
Foto de Agnelo Ferreira.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1180044455382351&set=pcb.1180045272048936&type=3&theater
*
Foto de Agnelo Ferreira.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1180044355382361&set=pcb.1180045272048936&type=3&theater
***
out2016
UMA BELA EXPOSIÇÃO que justifica pensar num
MUSEU MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO
books.movies 2016
via:
http://www.tintafresca.net/News/newsdetail.aspx?news=57ec0af7-b37b-4fe8-be18-8a3cc09cfef9&edition=192
“Tempo(s) de Escola” vai ser inaugurada na Galeria de Exposições Temporárias.
Exposição no Mosteiro sublinha papel pioneiro e vanguardista de Alcobaça no ensino nacional
Alcobaça e em particular o Mosteiro de Santa Maria desempenharam um papel fulcral na criação do sistema de ensino nacional. A ocorrência da primeira aula pública em Portugal no Mosteiro de Alcobaça, a dia 11 de janeiro de 1269, evidencia o pioneirismo de Alcobaça no âmbito da educação e serve de mote para a exposição "Tempo(s) de Escola", a inaugurar no dia 10 de outubro, na Galeria de Exposições Temporárias. O devir alcobacense marcou o ensino público logo na sua génese, a partir da segunda metade do século XIII, quando no âmbito da escola monástica, se registou por iniciativa de Frei Estêvão Martins, uma autêntica reforma no ensino ao estabelecer a abertura das lições a pessoas estranhas à Ordem. É concretizada assim, a 11 de Janeiro de 1269, a primeira aula pública do Reino de Portugal.
*
“Tempo(s) de Escola” vai ser inaugurada na Galeria de Exposições Temporárias.
    Exposição no Mosteiro sublinha papel pioneiro e vanguardista de Alcobaça no ensino nacional
       
    Alcobaça recebeu a primeira aula pública
        em Portugal em 11 de janeiro de 1269
    Alcobaça e em particular o Mosteiro de Santa Maria desempenharam um papel fulcral na criação do sistema de ensino nacional. A ocorrência da primeira aula pública em Portugal no Mosteiro de Alcobaça, a dia 11 de janeiro de 1269, evidencia o pioneirismo de Alcobaça no âmbito da educação e serve de mote para a exposição "Tempo(s) de Escola", a inaugurar no dia 10 de outubro, na Galeria de Exposições Temporárias.

       A exposição parte de um registo cronológico no espaço e no tempo, em que o Mosteiro de Santa Maria e Alcobaça assumem um papel de relevo no contexto histórico da educação nacional. O percurso desta autêntica aventura do conhecimento é desenvolvido ao longo de núcleos temáticos dedicados aos momentos, matérias e personalidades chave do ensino nacional e local, secular e religioso.

       O percurso no espaço e no tempo da instrução pública portuguesa funde-se intimamente com o registo histórico de Alcobaça. É um registo proliferado de pioneirismo e vanguardismo onde a escola e o ensino não são exceção.

       Devir alcobacense esse que marcou o ensino público logo na sua génese, a partir da segunda metade do século XIII, quando no âmbito da escola monástica, se registou por iniciativa de Frei Estêvão Martins, uma autêntica reforma no ensino ao estabelecer a abertura das lições a pessoas estranhas à Ordem. É concretizada assim, a 11 de Janeiro de 1269, a primeira aula pública do Reino de Portugal.

       Na mesma senda de vanguarda, se refere o contributo de Alcobaça para o progresso do ensino moderno. Desde o seu envolvimento na revolução pedagógica operada no seio da instrução primária (na difusão do Método João de Deus e na eclosão dos seus primeiros Jardins-escolas) até ao episódio curto mas emancipador da primeira escola agrária feminina (modelar do figurino das escolas técnicas que lhe sucederam) ou, mais recentemente, na constituição da primeira cooperativa de ensino em Portugal (Externato da Benedita).

       A presente exposição "Tempo(s) de Escola", parte desta premissa cronológica no espaço e no tempo, em que o Mosteiro de Santa Maria e Alcobaça assumem um papel de relevo no contexto histórico da educação nacional. O percurso desta autêntica aventura do conhecimento é desenvolvido ao longo de núcleos temáticos dedicados aos momentos, matérias e personalidades chave do ensino nacional e local, secular e religioso. A sua extensa expressão documental e museográfica dá corpo a uma evocação da escola no seu sentido mais vivencial, onde aprender era (e será sempre) um ato de emancipação humana.

       Fonte: GRPP|CMA
    09-10-2016
    **
    11JAN2016
    Opinião para o CONFLUÊNCIAS
    Dia Municipal da Educação deve ser bem comemorado
    (1.ªaula…11jan1269)
    “Alcobaça abraça a Educação”
    A CDU propõe comemorar este dia, de novo, envolvendo toda a comunidade educativa, sobre este importante vector estratégico para o concelho, nomeadamente:
    - Ligar 6 (dia dos reis), 7 (rainha morta),11 (d.m.educação) e 18 (morte D. Pedro I) de janeiro de cada ano. Reis. Pedro e Inês. Grupos de teatro e escolas de música. Lúdico. Conferências. Investigação histórica;
    - Revisão da Carta Educativa (promessa de rever no ano lectivo passado não foi cumprida); Planear com todos os Centros Escolares de Alfeizerão, Cela, Pataias e Turquel;
    - Acções concretas que combatam a perda de alunos, para os concelhos vizinhos;
    - Concretização das promessas PSD de ensino superior;
    - Activação das Alcobacíadas no desporto escolar;
    - Tratamento igual de todos os alunos do 1º ciclo; Todos têm de ter boas bibliotecas, computadores, salas de expressão; Criar uma (bibli+ludo)teca itinerante que abasteça todas as freguesias de livros e jogos;
    - Natureza, História (não esquecer a fundação de Portugal) e Património local no currículo dos diferentes níveis de ensino;
    - Apoio a projectos inovadores com belos prémios, também, aos melhores alunos;
    - Apoios a quem mais precisa (alunos e famílias);
    - Fixação dos jovens através de cursos profissionais que respondam às necessidades das nossas empresas e instituições…
    Queremos acções concretas inseridas neste lema: “Alcobaça abraça a Educação!” 

    Rogério Raimundo
    Vereador da CDU


    *
    COMUNICADO DE IMPRENSA
    COMUNICADO DA CDU
    Dia Municipal da Educação
    “Alcobaça abraça a Educação”
    À comunicação Social
    Aos Alcobacenses


    A CDU entende que deve haver um importante debate, envolvendo toda a comunidade e parceiros educativos, sobre este importante vector estratégico para o concelho, nomeadamente desenvolvendo vários pontos essenciais:
    - Revisão da Carta Educativa (promessa de rever no ano lectivo passado não cumprida); Lançamento da construção dos Centros Escolares de Alfeizerão, Cela, Pataias e Turquel;
    - Sobre os problemas que conhecemos há dezenas de anos, sem resposta, como seja acções concretas que combatam a perda de alunos de Pataias (e todo o norte) para os concelhos vizinhos, bem como da zona sul de Alfeizerão e São Martinho do Porto, para as Caldas da Rainha;
    - Concretização das promessas PSD de ensino superior ou a solução da Fundação Colégio NSConceição;
    - Activação das Alcobacíadas e as modalidades de desporto escolar que poderão ser promovidas para quase todos;
    - Tratamento igual de todos os alunos do 1º ciclo. Não podemos permitir a discriminação de uns terem boas bibliotecas, computadores, salas de expressão e outros nada. A nossa sugestão de haver uma (bibli+ludo)teca itinerante que abasteça todas as freguesias de livros e jogos;
    - Natureza, História e Património local no currículo dos diferentes níveis de ensino;
    - A proposta CDU de ligar 6 (dia dos reis), 7 (rainha morta),11(dm da educação) e 18 (morte de D. PedroI) de janeiro de cada ano. Reis. Pedro e Inês. Ligar a comunidade educativa aos grupos de teatro e escolas de música. Lúdico. Conferências. Investigação histórica;
    - Apoio a projectos inovadores. Fomentar de ideias e projectos com belos prémios;
    - Apoio aos melhores alunos;
    - Refeições a quem mais precisa alunos e famílias;
    - Fixação dos jovens através de cursos profissionais que respondam às necessidades das nossas empresas.instituições. do Conselho Municipal de Educação;

    Hoje, 11 janeiro, é Dia Municipal de Educação. Em 2015 foi positivo o recomeçar das comemorações. Mas este ano repete-se o formato das associações de estudantes a fazerem o trabalho todo. A CDU considera que é muito pouco. O município tem de ter ideias claras sobre o que quer, naturalmente, envolvendo professores, pais, alunos, não docentes, instituições, associações empresariais, Universidade de Coimbra, IPL…
    Queremos acções concretas inseridas neste lema: “Alcobaça abraça a Educação!” 

    Pel’ A COORDENADORA CONCELHIA DA CDU
    ALCOBAÇA, 11 de janeiro de 2016
    Clementina Henriques

    João Paulo Raimundo

    ***
    Defendi a criação deste DIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO
    neste dia...
    11jan1269
    1.ª aula pública, em Portugal, foi neste dia...
    no Mosteiro d' Alcobaça
    que nos abRRaça
    *
    Acho que foi tentado que este dia fosse DIA NACIONAL DA EDUCAÇÃO
    PORQUE NÃO FOI ACEITE PELO GOVERNO DE ENTÃO?

    11/01/2017

    5.638.(11jan2017.13.31') Requerer informação sobre Obra Particular no Casal Pereiro - Évora

    ***
    13jan2017
    requeri ver processo
    ***
    12jan
    Está licenciada
    "Cumpre-me informar que o edifício em construção, destinado a habitação, tem alvará de licença, referente ao processo de obras nº 121/2015, em nome de Christiaan August G. Milian."

    Fiscalização de Obras particulares.
    Cumprimentos
    ***
    11jan2017
    Vou requerer informação sobre
    esta obra particular
    no Casal Pereiro
    no final da rua alcatroada
     à direita, quando descemos
    Foto de Rogério Manuel Madeira Raimundo.
    https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10210545151336466&set=a.1081356805590.12781.1576428905&type=3&theater

    5.253.(11jan2017.9.9?) Róódinhas Btt Team

    ***
    Foto de Róódinhas Btt Team.
    https://www.facebook.com/roodinhas.btt.team/?hc_ref=NEWSFEED
    *
    8jan2017

    https://www.facebook.com/roodinhas.btt.team/posts/1780129592237281
    GRANDE
    - Grande Equipa.
    - Grande Foto.
    - Grande Concentração.
    - Grande Alegria.
    - Grande (s) voltas.
    - Grande Convivio.
    - Grande Familia.
    .
    - Foi assim a 8 janeiro na Concentração Róódinhas, Equipa para 2017.
    - Conseguimos uma foto com 85 Róódinhas, onde por motivos vários alguns não puderam estar presentes o que atingiria a centena de Róódinhas.
    .
    - Cerca das 9h tiramos a nossa habitual foto de grupo, seguindo-se a foto individual.
    - Seguimos para o terreno, com a realização de um pequeno filme na passagem de um trilho.
    - (Des)Organizaram-se os vários grupos para efectuarem ums volta matinal que terminou na sede seguida de banhos.
    - Almoço iniciou dentro do previsto, com sopa de peixe e canja, seguido de grelhados mistos e Leitão á discrição, terminando com muitas sobremesas de fruta e doces que o dia era para os abusos gastronomicos.
    - Foi sem dúvida mais um dia marcante na história desta equipa que continua a trabalhar em prol dos seus objectivos e que tão bons resultados tem obtido a nível Regional e Nacional, para além de cimentar o espírito familiar que a caracteriza.
    - 1ª Linha: Ricardo Costa, Rui Sousa, Fábio André, Tiago Alves, Leonardo Marcelino, Daniel Louro, Mário Frazão, Tomás Frazão, Pedro Madeira, Hélder Matias, Emanuel Rodrigues, Miguel Tavares, Miguel Mateus, João Luis Cunha, Diogo Brás, Henrique Cordeiro, João Melo, Nelson Quitério, Leandro Gomes e Inácio Serralheiro.
    - 2ª Linha: Leonardo Costa, Gil Azoia, Estela Silva, Beatriz Guedes, Henrique Correia, David Henriques, Miguel Correia, Paulo Santos, Gil Gonçalves, Carlos Pintassilgo, Eduardo Agostinho, João Matias, João Filipr, Luis Belo, Pedro Almeida, Pedro Vitorino, Marc Gandra, Osvaldo Sousa, André Moreno, Tiago Silva, Armando Machado, Daniel Sousa e Paulo S. Luis Santos.
    - 3ª Linha: Dinis Costa, Tiago Santos, Lucas Bogalho, Tiago Colaço, Lucas Constantino, Martin Constantino, Diogo Beirante, Luis Cardoso, Silvia Lourenço, Rafaela Agostinho, Flora Ferreira, Gonçalo Lourenço, Simão Castelhano, Leandro Carvalho, Jorge Fialho, Eduardo Mateus, Francisco Silva, Rui Xavier, Diogo Cunha, Nuno Costa, Jorge Silva e Vando Silva.
    - 4ª Linha: M. Conceição Mateus, Anabela Rebelo, Teresa Silva, Jacinta Ferreira, Martina Ferreira, David Frazão, Acácio Castelhano, Paulo Ferreira, Celso Henriques, Luis Mateus, Eduardo Sousa, Marco Sousa, Pedro Graça, Pedro Marques, Paulo Sousa, Ivo Pereira, Nuno Rogério, João Gama e Marcelo Almeida.
    - Faltam na foto: Patrícia Ricardo, Inês Figueiredo, Pedro Pinheiro, Paulo Filipe Sousa, João Catarino, Pedro Agnelo, Cesário Filipe, Diogo Mota, João Santos, Henrique Agostinho, Tiago Morgado, Amílcar Morgado, Paulo Belo, Fernando Albuquerque, Filipe Afonso e João Vigário.
    .
    - Agradecimento especial ao Gil Azoia e Nuno Rogério pela oferta dos Leitões, também aos atletas pelas sobremesas trazidas, assim como da disponibilidade na elaboração e confecção do almoço, da Conceição Mateus e a todas quantas voluntariamente se prontificaram a ajudar, não esquecendo o Luis Tavares um já habitue, na manobra dos grelhados e a todos quantos tornaram possível mais um Grande dia de Convívio desta equipa.
    Brevemente será divulgado um video com resumo do evento.
    ***
    1.º treino do ano
    https://www.facebook.com/roodinhas.btt.team/posts/1780129592237281

    4.628.(11jan2017.8.8') Luís Sepúlveda

    Nasceu a 4out1949 (Ovalle)
    ***

    http://grandefabrica.blogspot.pt/2007/11/lus-seplveda_13.html
    é mundialmente conhecido como escritor, apesar de ser também, jornalista, activista político e realizador de cinema. Membro da Juventude Comunista a partir de 1964, licenciou-se em Santiago do Chile em encenação teatral.
    Em 1969 ganha uma bolsa de estudo de cinco anos, na Universidade Lomonosov de Moscovo. No entanto só ficaria cinco meses na capital soviética, pois foi expulso da Universidade por “atentado à moral proletária”, causado, segundo a versão oficial, por Luís Sepúlveda manter contactos com alguns dissidentes soviéticos.
    De regresso ao Chile é expulso da Juventude Comunista, adere ao Partido Socialista Chileno e torna-se membro da guarda pessoal do presidente Salvador Allende. No golpe militar do dia 11 de Setembro de 1973, que levou ao poder o ditador general Augusto Pinochet, Luís Sepúlveda encontrava-se no Palácio de La Moneda a fazer guarda ao Presidente Allende.
    Depois do golpe de Estado, foi preso por dois anos e meio, mas a pressão da secção alemã da Amnistia Internacional conseguiu que Luís Sepúlveda deixasse a prisão de Temuco e fosse colocado em prisão domiciliária. Conseguiu escapar da prisão domiciliária e durante um ano viveu no Chile clandestinamente. Com a ajuda de um amigo formou um grupo de teatro que se converteu no primeiro foco de resistência cultural, à propaganda fascista do General Pinochet.
    A polícia secreta conseguiu descobrir o paradeiro de Luís Sepúlveda levando-o novamente à prisão. Desta vez foi condenado a prisão perpétua, por traição e subversão. No entanto a pena foi imediatamente reduzida para 28 anos de prisão.
    Mais uma vez a secção alemã da Amnistia Internacional o ajudou e a sentença de prisão foi convertida em 8 anos de exílio. Em 1977 a ditadura chilena autoriza a partida de Luís Sepúlveda para a Suécia, para ensinar literatura espanhola.
    Na viagem para a Suécia, durante uma paragem técnica em Buenos Aires, escapou-se do avião e foi para o Uruguai. Depois de uma passagem fugaz pelo Brasil e pelo Paraguai, instalou-se em Quito, capital do Equador. Nesta cidade dirigiu o teatro da Aliança Francesa e fundou uma companhia teatral. Viveu durante sete meses no seio da comunidade dos índios Shuar, participando numa missão de estudo da UNESCO, que tinha como objectivo estudar o impacto da colonização na forma de vida deste povo.
    Em 1979 alistou-se nas fileiras sandinistas, na Brigada Internacional Simon Bolívar, que lutava contra a ditadura de Anastácio Somoza. Depois da vitória da revolução sandinista, trabalhou como repórter.
    A partir de 1982 Luís Sepúlveda instalou-se em Hamburgo na Alemanha, por causa da admiração que tinha pela literatura alemã. Nesta cidade trabalhou durante algum tempo como motorista. Entretanto a revista alemã Der Spiegel contratou-o como correspondente de guerra em Angola, de onde narrou a intervenção cubana e a derrota das tropas de elite da África do Sul. Por esta altura começa também a sua ligação activa ao Greenpeace, que duraria até 1987.
    Esta actividade na Greenpeace será pano de fundo de muitas das obras de Luís Sepúlveda nomeadamente o seu maior sucesso, "O Velho que Lia Romances de Amor" (1989), que Luís Sepúlveda dedica ao seu amigo Chico Mendes, o grande defensor da floresta amazónica.
    Em 1996, muda de país e instala-se em Gijón, Espanha, onde vive actualmente. Nesta cidade fundou o Salão do livro ibero-americano, destinado a promover o encontro de escritores, editores e livrarias latino-americanas com os seus homólogos europeus.
    Luís Sepúlveda já vendeu mais de 15 milhões de exemplares na Europa e é um dos autores hispano-americanos mais traduzidos das últimas décadas.
    À sua primeira obra narrativa, “Crónicas de Pedro Nadie” (1969) seguiu-se um longo silêncio resultante do seu empenhamento político durante o breve Governo de Salvador Allende e dos problemas com a ditadura chilena. Em 1986 publicou a colectânea de contos “Los Miedos, las Vidas, las Muertes y Outras Alucinaciones”, e a partir de então, a sua produção literária não parou de crescer.
    De entre inúmeros títulos, são de mencionar O Velho Que Lia Romances de Amor 1989), O Mundo do Fim do Mundo (1989), Encontro de Amor Num País em Guerra, (1997), Nome de Toureiro (1994), Diário de um Killer Sentimental (1999), História de uma Gaivota e do Gato que a Ensinou a Voar (1996), Patagónia Express (1996), As Rosas de Atacama (2000), O General e o Juiz (2003), Uma História Suja (2004), O Poder dos Sonhos (2006).
    Luís Sepúlveda já recebeu vários prémios, entre eles, "Prémio Gabriela Mistral de Poesia" (1976), "Prémio Rómulo Gallegos de Novela"(1978), "Primer Prémio de Novela Corta Juan Chabás" (1990), "Prix France de Culture" (1992) e "Prémio Internazionale Ennio Flaiano"(1993).
    ***
    http://www.portaldaliteratura.com/autores.php?autor=447
    ***
    Via Pensador:
    https://pensador.uol.com.br/autor/luis_sepulveda/
    *
    "Admiro os resistentes, os que fizeram do verbo “resistir” carne, suor, sangue, e demonstraram sem espaventos que é possível viver, mas viver de pé, mesmo nos piores momentos."
    *
    E o meu irmão
    sabe
    muitas coisas.
    Sabe, por exemplo,
    que um grama de pólen
    é como um grama de si mesmo,
    docemente predestinado ao lodo germinal,
    ao mistério daquilo que se erguerá vivo de ramos,
    de frutos e de filhos, com a bela certeza das transformações,
    do começo inevitável e do necessário final, porque o que é imutável
    encerra o perigo do eterno, e só os deuses têm tempo para a eternidade.
    ***
    Via Citador
    Hoje qualquer um se pode dizer de esquerda. O termo desvirtuou-se, desvalorizou-se. Chega a doer quando alguém se diz de esquerda, mas não renuncia a parte da sua comodidade. Temos de vigiar constantemente a estupidez que nos rodeia e tenta devorar-nos
    http://www.citador.pt/cact.php?op=7&author=64&firstrec=0
    ***
    Resultado de imagem para luis sepúlveda frases em português
    ***
    Via Porto Editora
    Patagonia Express
    *
    entrevista
    https://www.portoeditora.pt/autor/luis-sepulveda

    https://www.portoeditora.pt/autor/luis-sepulveda
    Da sua vasta obra (toda ela traduzida em Portugal), destacam-se os romances O Velho que Lia Romances de Amor História de uma Gaivota e do Gato que a Ensinou a Voar. Mas Mundo do Fim do MundoPatagónia ExpressEncontros de Amor num País em GuerraDiário de um Killer Sentimental ou A Sombra do que Fomos (Prémio Primavera de Romance em 2009), por exemplo, conquistaram também, em todo o mundo, a admiração de milhões de leitores. Em 2016, recebeu o Prémio Eduardo Lourenço.
    *
    História de um caracol que descobriu a importância da lentidão

    História de um caracol que descobriu a importância da lentidão

    https://www.portoeditora.pt/produtos/ficha/historia-de-um-caracol-que-descobriu-a-importancia-da-lentidao/15322519
    Plano Nacional de Leitura
    Livro recomendado para apoio a projetos relacionados com a Educação para a Cidadania nos 3º, 4º, 5º e 6º anos de escolaridade. 

    Os caracóis que vivem no prado chamado País do Dente-de-Leão, sob a frondosa planta do calicanto, estão habituados a um estilo de vida pachorrento e silencioso, escondidos do olhar ávido dos outros animais, e a chamar uns aos outros simplesmente «caracol». Um deles, no entanto, acha injusto não ter um nome e fica especialmente interessado em conhecer os motivos da lentidão. Por isso, e apesar da reprovação dos outros caracóis, embarca numa viagem que o vai levar ao encontro de uma coruja melancólica e de uma tartaruga sábia, que o guiam na compreensão do valor da memória e da verdadeira natureza da coragem, e o ajudam a orientar os seus companheiros numa aventura ousada rumo à liberdade. 
    *
    História de um cão chamado Leal
    Chega no dia 16 de maio (2016) às livrarias o novo livro infantojuvenil de Luis SepúlvedaHistória de um cão chamado Leal, que mais uma vez conta com as magníficas ilustrações de Paulo Galindro.
    Descendente de uma longa linhagem de contadores de histórias, o escritor cumpre o seu destino narrando uma comovente história que lhe foi transmitida em criança pelo tio-avô, que pertencia ao povo indígena Mapuche, Gente da Terra, do Sul do Chile. «Sempre quis contar uma história às crianças mapuches […] Agora que me aproximo da idade do meu tio-avô, Ignacio Kallfukura, conto-vos a história de um cão que cresceu com os mapuches. De um cão chamado Leal. Convido-vos, pois, a virem à Arucânia, a Wallmapu, ao país da Gente da Terra.»
    Luis Sepúlveda, que foi recentemente distinguido com o Prémio Eduardo Lourenço, estará em Portugal no mês de junho:
    • Porto: no dia 8 de junho, será protagonista do Porto de Encontro, na Casa da Música.
    • Coimbra: a 10 junho participa, juntamente com Richard Zimler, na Viagem Literária em Coimbra, no Teatro Académico Gil Vicente.
    • Lisboa: o autor vai estar presente na Feira do Livro de Lisboa nos dias 11 e 12 de junho, acompanhado por Paulo Galindro.

    SINOPSE
    Afmau, que significa «leal e fiel» na língua mapuche, a língua da Gente da Terra, é o nome ideal para um filhote de pastor-alemão que, sobrevivendo à fome e ao frio da montanha onde nasceu, assim demonstra a sua enorme lealdade à vida. Na companhia de Aukamañ, um rapazinho mapuche, Afmau aprende a conhecer o mundo que o rodeia e a respeitar a diversidade da natureza. Porém, nem todos pensam da mesma forma: um bando de estrangeiros, com costumes estranhos aos da Gente da Terra, chega à aldeia onde Afmau vive, semeando o caos e o medo.

    Condenado daí em diante a uma vida de servidão e crueldade, obedecendo a uma missão odiosa – perseguir e capturar todos os que se oponham ao bando de estrangeiros –, o destino acaba por proporcionar a Afmau uma derradeira oportunidade de redenção, numa fábula maravilhosa e naturalista onde Luis Sepúlveda reflete sobre o peso do passado e da memória, a força da amizade e da solidariedade e o respeito pela Terra e por todos quantos nela habitam.
    *

    A Porto Editora publica a 22 de outubro 2015 A venturosa história do usbeque mudo, o novo livro de Luis Sepúlveda que, com entusiasmo e nostalgia, narra muitas das peripécias clandestinas dos jovens militantes chilenos da Juventude Comunista e da Federação Juvenil Socialista.
    Neste conjunto de histórias, Sepúlveda transporta-nos para o Chile dos finais dos anos sessenta, que culminariam com a eleição de Salvador Allende, altura em que os milhares de jovens chilenos de Esquerda começaram a lutar, com escassos meios, para derrubar um regime. Com o texto que dá título ao livro, o autor cumpre a promessa de contar a emocionante aventura do seu amigo peruano que se fez passar por mudo para sair do Usbequistão e regressar a Moscovo.

    SINOPSE
    É sabido que a juventude é o tempo dos grandes ideais, das grandes lutas, mas também do pensamento positivo, das noitadas de copos com os amigos e da inquietação sentimental. Os jovens sul-americanos da década de 1970 não foram exceção. Nestas histórias romanceadas, Luis Sepúlveda relata o passado e os sonhos de uma geração, mas através da lente do amor e dos afetos, assim diluindo as tensões e trazendo a lume, intactas, as paixões avassaladoras e o entusiasmo de uma juventude militante.

    Com um misto de divertimento e nostalgia, estas páginas farão reviver «o belo sonho de sermos jovens, sem ter de pedir licença».
    ***
    Wikipédia
    https://pt.wikipedia.org/wiki/Luis_Sep%C3%BAlveda
    ***
    Tertúlia das terças
    10jan2017
    "Iniciamos os encontros do grupo de leitura Tertúlias às terças, em 2017, no dia 10 de janeiro, com uma conversa sobre o livro de Luis Sepúlveda, a História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar. 
    Como de costume às 18,30, mas num novo espaço, A Galeria Conventual. 
    Desejamos um Bom Ano com boas leituras!"
    Foto de Tertúlias às terças.
    https://www.facebook.com/179364048936647/photos/a.409631792576537.1073741828.179364048936647/561357087404006/?type=3&theater