25/09/2014

8.777.(25set2014.7.7') Neste dia...25setembro...vou rELEVAR: 193.avÔ, Dia Mundial do Mar, Mário de Carvalho, William Faulkner, Dmitri Shostakovitch,Valter Hugo Mãe, Pedro Chagas Freitas,Edward Said e as 3 pitadinhas matinais de Joaquim Pessoa

2016
193.avÔ
estava a pensar
como é bELO
o despir-te
e depois
o nAVEgar
inspirado
por cada 1 dos poros da tua pele
ai cada porMAIOR
onde me perco
e crio

o vestir-te
de gestos TERnos
que não sabia possíveis
e mil e 1 abRReijinhos

ai o farol de prazer
e aquela baía
rosada
que abRRaça
em MARavILHA
o meu sentir
teso
que dura
dura
duro
até se derreTER
em delíquio
de muitos infinitos
*
dás-me 1 satisfAÇÃO
fazes-me teen-ager
como eu gosto
de brincar contigo
a cantAR- TE
besame mucho
e é tão poucooooooo
ou que beijo
tão pequenininho
ou quando dizes que gostas muito de mim
e eu te respondo:
eu não
é só 1 niquinhoooooooo
mas é quase 2 infinitos
**
(com a foto do Telmo Bento escreVIVI:)
 
 https://www.facebook.com/photo.php?fbid=282570688421484&set=a.103878909623997.8247.100000056662184&type=3&theater
Inundação de gaivotas
A natureza é espantosa!
Vivaaaaaaaaaa
Bravoooooooooooo
Quem já tinha visto
1 ribeira
 inundada
de gaivotas
a mergulhar no mar
 raramente tão calmo
n1 ziguezaguear
MARavILHA
 com NUvens
a deRReterem
o majestoso sol
 n1 belo
 final do dia???????????
**
TERTÚLIA à TABERNA
15h
na taberna do Museu do Vinho
Terra Mágica das Letras
1. deus do vinho
2.Armindo Loureiro
***
2015..face traz memórias
deste dia:
 neste dia (e td o fds) Jornadas Europeias do Património em ALCOBAÇA que vos abRRaça...hj inaugurAÇÃO sobre a central da ex- Alimentícia e exposição de fotos do João Costa sobre a central da ex- Fiação
 http://uniralcobaca.blogspot.pt/2011/09/496622set201116h41-exposicao-sobre.html
*
 Papa Francisco: 4. “SE A POLÍTICA DEVE ESTAR VERDADEIRAMENTE AO SERVIÇO DA PESSOA HUMANA, NÃO PODE SER ESCRAVA DA ECONOMIA E DAS FINANÇAS”
2. “POR QUE MOTIVO SE VENDEM ARMAS LETAIS ÀQUELES QUE TÊM EM MENTE INFLIGIR SOFRIMENTOS INEXPRIMÍVEIS A INDIVÍDUOS E SOCIEDADE?”
3. “TUDO O QUE QUISEREM QUE OS OUTROS FAÇAM POR VÓS, FAZEI-O PELOS OUTROS”
1. “NÓS, PERTENCENTES A ESTE CONTINENTE, NÃO NOS ASSUSTAMOS COM OS ESTRANGEIROS, PORQUE MUITOS DE NÓS HÁ MUITO TEMPO FOMOS ESTRANGEIROS”
5. “PEÇO UM ESFORÇO CORAJOSO E RESPONSÁVEL PARA REDIRECIONAR OS NOSSOS PASSOS E EVITAR OS EFEITOS MAIS GRAVES DA DETERIORAÇÃO AMBIENTAL”
*
 passos e portas prometeram que iam acabar com os boys e as girls...fizeram pior que PSócrates...Há alternativa ao centrão d' interesses!!!
https://www.facebook.com/canalmoritzptnet/photos/a.200318570040618.50644.194137590658716/947974255275042/?type=3&theater
*
 vivaaaaaa Portugal...1 dúzia de medalhas...poucos rELEVAM estes feitos dos atletas da DEFICIÊNCIA INTELECTUAL
***
2014..face traz memórias
deste dia:
 urge corAGIR, digo eu, agHora...11.11.11" é 1 bELO segundo para inTERvalar com ARISTóTELES...há 2400 anos...e como tantooooooo e tão actual..."Só fazemos melhor aquilo que repetidamente insistimos em melhorar. A busca da excelência não deve ser um objectivo, e sim um hábito."
 http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/04/77481abril20141331-aristoteles.html
*
 ALCOBAÇA que vos abRRaça é linda...mas tem tantooooooo para desenvolver...Esta foto demonstra parte das propriedades do estado ao DESLEIXO, bem no centro da cidade...
 http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/09/878225set2014123456-nao-sao-so-os-2.html
*
vivaaaaaaaaaa Portugal...José Macedo, Luís Silva e Armando Costa almejaram... bronze...mundial de boccia...
*
 hj.18h.em ALCOBAÇA que vos abRRaça...Histórias que a Cerâmica Conta...
 http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/09/873419set20141640-25set18h-historias.html
*
d' outono pleno de VERÃO




amanheCER na cidade d'Alcobaça e serra dos candeeiros by Bruno Januário
*
18h
Histórias que a Cerâmica Conta
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/09/873419set20141640-25set18h-historias.html
***
2013..face traz memórias
deste dia:

Hj a CDU d' Alcobaça que vos abRRaça vai oferecer poemas...
Porque os outros se mascaram mas tu não
Porque os outros usam a virtude
Para comprar o que não tem perdão.
Porque os outros têm medo mas tu não.
Porque os outros são os túmulos caiados
Onde germina calada a podridão.
Porque os outros se calam mas tu não.

Porque os outros se compram e se vendem
E os seus gestos dão sempre dividendo.
Porque os outros são hábeis mas tu não.
Porque os outros vão à sombra dos abrigos
E tu vais de mãos dadas com os perigos.
Porque os outros calculam mas tu não.

Sophia de Mello Breyner
*
 Montes...é uma freguesia d'Alcobaça que vos abRRaça...Temos algumas questões para levar para as reuniões que iremos fazer com autarcas e montenses...Queremos ORÇAMENTO PARTICIPATIVO...
 http://uniralcobaca.blogspot.pt/2013/09/703424set20132332-dia-24-set.html
*
 Alpedriz é uma freguesia d'Alcobaça que vos abRRaça...Síntese das questões que levamos para dialogar abertamente com os autarcas e habitantes...Queremos abrir.unir.construir ORÇAMENTO PARTICIPATIVO...
 http://uniralcobaca.blogspot.pt/2013/09/703524set20132344-24set.html
*
 Coz é uma freguesia d' Alcobaça que vos abRRaça...resumo de questões para dialogarmos com os autarcas de Coz e população no Orçamento Participativo que queremos construir...
 http://uniralcobaca.blogspot.pt/2013/09/703624set20132355-24set-coztematicas-do.html
*
 a ribeira das Paredes hesita em ir para a esquerda e mergulhar no belo Atlântico, bravo de ideias e energia...ou vai para direita para águas paradas, sem profundidade...d' Alcobaça que vos abRRaça
(foto de Adelino Pataias)
 
 https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10151894402299819&set=a.10150262398389819.346034.835759818&type=3&theater
*
 BB bela baía de S.Martinho do Porto d'Alcobaça que vos abRRaça...aquiiiiiiiiiiiiii com mar dourado...1 bELA fotogravAÇÃO de Maria da Graça Barroso
(4mar2013)
 
 https://www.facebook.com/maisbelabaiadomundo/photos/a.441300972612491.1073741827.430878956988026/528271400582114/?type=3&theater
*

Filomena Guerra para Rogério Manuel Madeira Raimundo
:)

Vídeo Clip par
***
2011...face traz memórias
deste dia:
 hj x AQUI Marisa Monte -diariamente, seguem-se + belas canções (se não desligares): ainda lembro...pelo tempo que durar...gentileza...infinito particular...+1x...preciso me enccontrar...o xote das meninas...
 https://www.youtube.com/watch?v=sfJCImOHFcU&list=RDsfJCImOHFcU
*
 hj x AQUI:borboletas no natal só no brasil...
 https://www.youtube.com/watch?v=18QawoPIQ1o
 **
 a artista Margarida Gil que viveu muitos anos na Rua do castelo fez esta Inês, mas que no verso tem o Pedro....Recomendo a visita à "Estética da Paixão"!!!
 
 https://www.facebook.com/photo.php?fbid=2454736333172&set=a.1953697087504.2118179.1394994988&type=3&theater
 Exposição «Estética da Paixão, A paixão amorosa sugerida por 30 artistas ceramistas», no âmbito das Comemorações Inesianas, Galeria de Exposições Temporárias do Mosteiro de Alcobaça. Setembro de 2011, Jornadas Europeias de Património.
 
 https://www.facebook.com/photo.php?fbid=2454684371873&set=a.1953697087504.2118179.1394994988&type=3&theater
* *
 tá na hora d' Álvaro Campos
 
 https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1977698367765&set=a.1419245686797.2058706.1402296058&type=3&theater
*
hj x AQUI os 7 recados do

*

hj e sempre x AQUI C. Drummond de Andrade
***Dia Mundial do surdo
 https://www.youtube.com/watch?v=xoy096hZxTM
***
Dia Mundial do Mar
 Urge que ALCOBAÇA que vos abRRaça, em conjunto com a Nazaré, pensem e actuem com as IMENSAS OPORTUNIDADES do Atlântico
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/09/876023set2014818-dia-mundial-do-mar.html
***
1897
William Faulkner
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/07/83526jul20141133-william-faulkner.html
***
1905
Dmitri Shostakovitch
10'
https://www.youtube.com/watch?v=PKNlxvqK3E4
***
jazz
https://www.youtube.com/watch?v=CDSeqqEN9Rg
*
1h...
https://www.youtube.com/watch?v=Ki6HXhtB7ug
***
1944
Mário de Carvalho
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/09/877825set2014717-mario-de-carvalho.html
***
1971
Valter Hugo Mãe
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/04/7785442014144-valter-hugo-mae.html
***
1979
Pedro Chagas Freitas
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/04/784214abril20141355-pedro-chagas-freitas.html
***
2003
morreu Edward Said
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2015/09/908824sete201577-edward-w-said.html
***
e as 3 pitadinhas matinais de Joaquim Pessoa
para começar bem o dia:

(2011)

hj e sempre x joAQUIm pesSOA
Joaquim Pessoa
É tarde para a geografia. É tarde para o sol que acabou de se
ir embora. É tarde para nós os que ficámos. É tarde também
para o dia de hoje. Uno-me à respiração para alimentar o san-
gue, uno-me ao sangue para alimentar a esperança.
O teu sorriso é uma caligrafia muito certa, muito linda, muito.
Há uma microbiografia para a felicidade que sorris, um con-
junto de nadas, um conjunto de tudos e mais um conjunto de
possibilidades, essas coisas férteis, grávidas, que ainda não
pariram.
Ameaça-me a doçura das tuas mãos, tenho de impedir as pa-
lavras de cantar, de fazer explodir a sintaxe da luz, esta crua
intimidade que é um vento de fogo, e é o fogo, e é o vento. E
a seda do olhar. A sede de te olhar.

(Do livro a publicar em outubro, ANO COMUM)

*

pitadinhas, ao nascer do dia, do mestre poeta Joaquim Pessoa
Dia 81. (excerto)
Liberta-me com um beijo. Uma doçura como só têm os pás-
saros e as amoras. Uma felicidade que, mesmo ao contrário,
torne semelhantes os nossos corações e a nossa liberdade.
Acorda-me agora tu, neste momento preciso em que preciso
de dignidade e de coragem para pensar-me, deixando que as
coisas profundas e redondas, os frutos e os peixes, possam
reconhecer as minhas mãos que, sendo importantes, são o
que mais afastado está de mim.
Nestes momentos de sol em que me pedes para sorrir, penso
que nada, afinal, é demasiado importante a não ser o sonho
de cada um de nós. Até o mar, o mar denso, trágico e profun-
do, passeia pelas praias como nós andamos, descalços, pelo
chão da nossa casa.

*
in ANO COMUM
(2.ª Ed. a editar brevemente por "Edições Esgotadas")
Dia 88
Se pudesse, fazia-te uma casa de vidro.
Se pudesse, fazia-te uma casa de lã.
Se pudesse, fazia-te uma casa de beijos.
Se pudesse, fazia-te uma casa de versos.
Se pudesse, fazia-te.

Joaquim Pessoa in Ano Comum
Ama-se a Palavra
*
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=740522992649533&set=gm.808126625896116&type=1&theater
Poema 8

Na cintura e nas têmporas montei as armadilhas 
para os mansos animais que há nos teus dedos.
Buscarão a cascata que aviva a minha sede 
e, surpreendidos, um a um, com a lentidão do pólen,
serão pele, carne, olhar do caçador.
Tomarei o teu corpo. Estremecerás dentro de mim, 
como seiva de uma árvore que se bebe. 
Desse momento, restará o brilho dos meus braços 
sorrindo
e a folhagem matinal da tua boca
soltará outra lágrima de saliva.
in À MESA DO AMOR edição especial
Litexa Editora 1994

Fotografia: Couple hug
publicada no Pinterest por Flavia Signori

**

http://arcanosgravidos.blogspot.com.br/2014/09/poema-primeiro-joaquim-pessoa.html

POEMA PRIMEIRO

Gosto-te. E desta certeza
se abre a manhã como uma imensa
rosa de desejo indestrutível. O futuro
é o próximo minuto, para além
da infatigável religião dos meus versos,
em cuja luz me acendo, feliz e nu.
O meu sorriso conhece a bondade
dos animais, o poder frágil das corolas,
e repete o nome feminino dos arcanjos de
peitos redondos, perfumados
pelas giestas dos caminhos
do céu.
Gosto-te. Amarrado
pelos meus braços de beduíno do sol,
pobre senhor dos desertos,
profeta da distância que há dentro das palavras,
onde se alongam sombras
e o sofrimento se estende até à orla
da mais inquieta serenidade.
Gosto-te. E tenho sido
feliz, por nunca ter seguido os trilhos
que me quiseram destinar. Aqui
e ali me pergunto, despudoradamente. E sei
que não sei mentir. É por isso,
que recolho na face a luz imprescindível
ao orgulho dos peixes
e dos frutos.
Gosto-te. Na-na-na, na-ô...
Na-na-na, na-ô... na-nô...
Canta o espírito do caminho,
canta para mim e canta para ti, eleva
o coração das grandes árvores, coração
de seiva e de coragem,
sangue fresco e verde, apaixonado
e doce,
de tanto contemplar o perfil das tardes.
Gosto-te. Mas "longe"
é uma palavra húmida, grávida,
onde os sinos da erva tocam
para convocar as sílabas. E,
ao procurar-te, tremo apenas
de ternura
para que nem mesmo a inteligente brisa
da manhã
possa dar por mim.

Mais discreto que isto
é impossível.
......................
* Poema constante de Guardar o Fogo; Editora Edições Esgotadas [http://www.edicoesesgotadas.com/].
**
Dia 113. (excerto)
O país do amor não tem horizontes, nem sequer tem horas, o país
do amor não possui caminhos. Está-se lá, apenas. Vive-se lá, onde
todas as perdas são possíveis para ganhar alguma coisa da qual
precisamos, e sem precisar de gostar dela. As águas do amor são
mais humildes que transparentes, e a elementar serpente que as
atravessa e que arrulha como uma pomba, é na realidade uma pom-
ba se tu não quiseres que seja uma serpente.
Eu não te invento nas canções, não te beijo com a saudade que vi-
ve na memória das ruínas, nem espero por ti com a queixa escon-
dida no peito frio das muralhas.
Onde estou, espero por ti e amo-te. Olho para ti, e o meu olhar bei-
ja-te. Canto, e é a ti que canto. O destino costuma sorrir-me com
assombro, agora com um recado: aquele que mais ama é sempre
mais feliz.
Entretanto, sinto que o meu corpo, que tem a idade do mundo, co-
memora também a alegria da descoberta do fogo. E isso diz-me
que, provavelmente, já te amo desde o tempo em que as estrelas
ainda não repetiam o teu nome.
*
in GUARDAR O FOGO, 2.ª ed.
Editora Edições Esgotadas, 2013.