28/02/2015

9.658.(28fev2015.7.7') Neste dia...28fevereiro...vou rELEVAR: 349.avÔ, António Maduro, Rui Reininho, Teresa Cristina, Henry James, Montaigne, SOLUÇõES e outros eventos e a poesia de Joaquim Pessoa:

***
2017
349.avÔ
as flores, OS SOrrISOS, os delíquios
e tantas outras coisas de borla
são bELOS porVIRES
**
dia de carnaval
ocorre 47 antes do domingo de Páscoa
Começou  na Grécia em meados dos anos 600 a 520 a.C. Os gregos realizavam seus cultos em agradecimento aos deuses pela fertilidade do solo e pela produção.
 Igreja Católica, em 590 d.C., adoptou-o para  antes da Quaresma.
 Na Idade Média era um período de festas regidas pelo ano lunar no cristianismo . 
A sociedade vitoriana do séc. XX, promoveu desfiles de foliões e fantasias... Paris foi durante muitos anos a criadora da festa carnavalesca para o mundo.
A sua data é calculada em função dos equinócios...
O Domingo de Páscoa ocorre no primeiro domingo após a primeira lua cheia que se verificar a partir do equinócio da primavera (no nosso hemisfério norte).
***
2016...o face traz-me memórias deste dia:

11.1.11"...urge TOCAR EM FRENTE..."Ando devagar
Porque já tive pressa
E levo esse sorriso
Porque já chorei demais

Hoje me sinto mais forte
Mais feliz, quem sabe
Só levo a certeza
De que muito pouco sei
Ou nada sei

Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs

É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir

Penso que cumprir a vida
Seja simplesmente
Compreender a marcha
E ir tocando em frente

Como um velho boiadeiro
Levando a boiada
Eu vou tocando os dias
Pela longa estrada, eu vou
Estrada eu sou

Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs

É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir

Todo mundo ama um dia
Todo mundo chora
Um dia a gente chega
E no outro vai embora

Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
E ser feliz

Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs

É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir

Ando devagar
Porque já tive pressa
E levo esse sorriso
Porque já chorei demais

Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
E ser feliz"

 https://www.youtube.com/watch?v=lgY8ykUBY5k&list=RDlgY8ykUBY5k#t=10
*
 .s.MARtinho do porto d' ALCOBAÇA que vos abRRaça
by Fernanda Matias
 
 https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1556460954682282&set=gm.10154057786843969&type=3&theater
*
 Alcobaça que vos abRRaça com + respostas de lar para idosos...Pelos vistos foi inaugurado o Lar de Aljubarrota...Não recebi convite como vereador, provavelmente houve lapso...Mas aprovei os 100 mil euros de apoio...E só faço votos de que tenha bons sucessos!!!
*
 1 bravíssimooooooooooo para 1 treinador português Marco Silva, depois de muitas vitórias seguidas, antes do campeonato acabar: campeão da Grécia em futebol de 11!!!
*
 primeiro videoclip do José Vasco..."New World Society" composto e interpretado por ele em co-autoria com Gonçalo Tarquínio (responsável pela gravação, edição e montagem). ambos d' ALCOBAÇA que vos abRRaça
 https://www.youtube.com/watch?v=sLw8ReqLCJs
*
 Vereador da CDU presta contas da reunião de 26fev2016...Uma reunião em que surgem CDS e PS coligados...E pela 1.ª vez, em reivindicação da CDU, se começa a discutir atempadamente os relatórios de gestão e contas de 2015
 http://uniralcobaca.blogspot.pt/2016/02/512724fev201677-6rc2016sexta16h30extrao.html
*
 1 Águia-de-asa-redonda (Buteo)...minha vizinha...do Bárrio...d' Alcobaça que vos abRRaça
 https://www.facebook.com/fernandosousa.jose/posts/1673442736247595
*
 serra dos candeeiros (e Rilke!!!)...d' ALCOBAÇA que vos abRRaça
by Graça Silva
 "A solidão é como uma chuva.
Ergue-se do mar ao encontro das noites;
de planícies distantes e remotas
sobe ao céu, que sempre a guarda.
E do céu tomba sobre a cidade.

Cai como chuva nas horas ambíguas,
quando todas as vielas se voltam para a manhã
e quando os corpos, que nada encontraram,
desiludidos e tristes se separam;
e quando aqueles que se odeiam
têm de dormir juntos na mesma cama:

então, a solidão vai com os rios..."
 
 https://www.facebook.com/graca.lopes.silva/posts/1048467795196696
*
 +1 extraordináRIA fotogravAÇÃO de Ni Francisco de s.MARtinho d' ALCOBAÇA que vos abRRaça
 https://www.facebook.com/583717235109773/photos/a.605730379575125.1073741835.583717235109773/610007285814101/?type=3&theater
*
entretanto Joao Paulo Raimundo propôs uma Moção sobre este DIMulher na Assembleia Municipal de Alcobaça a 26fev2016 e foi aprovada por unanimidade: "MOÇÃO
Dia Internacional da Mulher – 8 de Março
Um dia incontornável no caminho de uma sociedade justa,
livre de desigualdades e discriminações

O Dia Internacional da Mulher está historicamente ligado à luta das mulheres trabalhadoras pela sua emancipação política, económica e social.
Ao longo de mais de um século, desde a aprovação durante a 2.ª Conferência Internacional de Mulheres (Copenhaga) em 1910 de um Dia Internacional da Mulher, são inúmeros os exemplos em que este dia se eleva como manifestação e luta pelas mais justas aspirações das mulheres de todo o mundo, um dia de acção das mulheres pelos seus direitos próprios, contra todas as formas de discriminação.
Os objectivos que estiveram na origem da instituição do Dia Internacional da Mulher mantêm-se actuais: a sociedade em que vivemos é marcada pelo triunfo de desigualdades, pela gigantesca desproporção entre os poucos detentores da riqueza e os muitos milhões de homens, mulheres e crianças que não têm nada. Milhões de mulheres no mundo não têm garantida a sua sobrevivência e dos seus familiares. São as primeiras vítimas dos conflitos armados.
O 8 de Março assume-se pelo facto de transportar para o tempo presente um património histórico de luta das mulheres pela sua emancipação, com reivindicações específicas, que constitui um factor de enriquecimento de uma luta comum a homens e mulheres pela transformação social.
O Poder Local tem tido um papel importante na promoção dos direitos das mulheres, da valorização da sua participação como parte integrante da história das regiões.
Em Portugal, está a ser feito um caminho de recuperação de direitos de grande significado para as mulheres: o aumento do salário mínimo nacional, a reposição dos quatro feriados suspensos, o direito das mulheres à interrupção voluntária da gravidez sem pressões nem condicionamentos, a eliminação das penhoras e hipotecas da habitação em execuções fiscais.
É um caminho de avanços que importa consolidar.
A Assembleia Municipal de Alcobaça, reunida a 26 de Fevereiro de 2016, apela às mulheres para que, com a sua determinação, coragem e confiança no futuro, comemorem o Dia Internacional da Mulher, honrando todas e todos os que lutam por uma sociedade justa, livre de desigualdades e de discriminações."

Alcobaça, 26 de Fevereiro de 2016
*
 hj...17h...ARMAZÉM DAS ARTES...em ALCOBAÇA que vos abRraça...aberto para ORQUESTRA DE SAXOFONES...que boa notícia...para multiplicar!!!
 https://www.facebook.com/events/1562023044089659/
*
 curar as lesões da espinal-medula...1 bravíssimooooooooo para a equipa da Simone Ribeiro, que ainda pode recolher + atletas...dos Pisões...d' ALCOBAÇA que vos abRRaça
 https://www.facebook.com/CoisasDePataias/photos/a.583018551728866.1073741829.414874041876652/1116179365079446/?type=3&theater
*
 HJ ATÉ às 19h MERCADITO PALMO E MEIO...em Alcobaça que vos aBRRaça
 https://www.facebook.com/events/1095189350505441/
*
 a foto esTUpendaaaaaaaa do Eduardo Barrento D' ALCOBAÇA que vos abRRaça está no National Geographic de março2016..."A National Geographic associou-se à VII edição do Cinclus Fest Festival de Imagem de Natureza de Vouzela, que organizou pela primeira vez um concurso nacional de fotografia. Ao longo de cinco dias, revelamos os autores das imagens dos cinco vencedores, cada um em sua categoria.
O Primeiro Prémio (igualmente vencedor da categoria Fauna) foi atribuído a Eduardo Barrento, que captou esta esplêndida imagem de um peneireiro-vulgar em pleno voo após uma investida bem sucedida."
 Foto de National Geographic Portugal.
 https://www.facebook.com/ngportugal/photos/a.415228095194425.108514.415221001861801/1118476441536250/?type=3&theater
*
 o planear com tds que a CDU defende, há tanto ano, tem aqui 1 exemplo do que devemos fazer para tds as futuras obras em ALCOBAÇA que vos abRRaça...
 https://www.facebook.com/porminarqeng/videos/1208680865826397/
*
 o jardim do amor já tem umas flores, uns bancos especiais...os cofres já estão com alguma ferrugem...este espaço i, nunca informa...agora na versão deste grande fotógrafo d' ALCOBAÇA que vos abRRaça tem, num dos lados, 1 rio achocolatado (baça)...
 Foto de Sérgio Mendes.
 https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1088747494480708&set=a.146228448732622.19513.100000364047964&type=3&theater
***
2015...o face traz-me memórias deste dia:
21.30
Jigsaw
no CTA
*
15h
Ana Mateus na Tertúlia
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2015/02/959816fev2015733-28fev201515h-ana.html
*
 extraordinárias ASSOCIAÇÕES DE PAIS (e mães!!!)...hj...20h...o exemplo do Areeiro...d'ALCOBAÇA que vos abRRaça
Associação de pais do Areeiro
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2015/02/964022fev201510h-28fev201520hcom-ementa.html
*
 hj +1x vamos apurar soluções...há muito que as apresentamos...urge que + e + queiram ouvi-las, lê-las... vamos ao debate e vamos construir a política necessária para portug'ALCOBAÇA que vos abRRaça
 http://uniralcobaca.blogspot.pt/2015/02/956311fev2015822-28fev2015-pcp-no.html
*
 ontem...outro bELO entardeCER...nazarÉ...que ALCOBAÇA está sempre a abRRaçar!!!
by Alda Vaz
 https://www.facebook.com/alda.vaz.1/posts/1022740214406238
*
 hj...Humanizar cuidados à pessoa dependente e seus familiares.Bárrio d'ALCOBAÇA que vos abRRaça...em Jornadas pela Saúde...urge HUMANIZAR + e +
 http://uniralcobaca.blogspot.pt/2015/02/956411fev2015844-28fev2015humanizar.html
*
 morreu Fernando Alvim...25 anos com Carlos Paredes!!!...1 vivaaaaaaaaaaa a esta dupla magnífica!!!
 https://www.publico.pt/2015/02/27/culturaipsilon/noticia/morreu-o-musico-fernando-alvim-1687528
***
 2014...o face traz-me memórias deste dia:
 O rio Alcoa tem uma beira-rio para potenciar da nascente à foz...O açude é 1 dos pontos onde o "GUARDA-RIO"...onde nós tds devíamos poder fruir...em x do matagal, imAGIne...
 http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/02/758628fev201488-acudea-saida-dalcobaca.html
*
 temos magníficos trabalhadores do cristal em ALCOBAÇA que vos abRRaça...Apreciem esta página da ATLANTIS e esta evolução para uma bela peça SOLIDÁRIA de cristal...+1a marca de ALCOBAÇA!!!
 http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/02/759128fev20141740-trabalhos-solidarios.html
*
 carnav'ALCOBAÇA tem de tudo...Tem desfiles nocturnos na Benedita e em São Martinho do Porto...e a novidade nocturna deste ano: em Alfeizerão - no CEIA: desfile de mascarados a cavalo...
 http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/02/758928fev20141230-1-marco-21hnovidade.html
*
 Várias propriedades municipais que são uma vergonha...Anos e anos sem qualquer rendimento, ao abandono...Esta é pouco conhecida...É à beira-rio ALCOA, na Vestiaria...Ex-creche da Fiação e Tecidos...
 http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/02/758728fev2014818-mais-uma-propriedade.html
*
 Nesta manhã, em Pataias, d'ALCOBAÇA que vos abRRaça desfilaram crianças, jovens e idosos...Muita gente a assistir!!!
*
 é bom ter em conta que o Carnaval não é só na cidade d'Alcobaça que vos abRRaça...ao mesmo tempo há desfiles noutras freguesias que, naturalmente, não se deslocam à cidade, pela distância e pq não cabiam na tenda...Nos anos passados não houve apoio da câmara a estes desfiles nas freguesias (que não é correcto!!!)...Algumas imagens do desfile da Benedita...Há pouco...
*
 carnav'ALCOBAÇA tem de tudo...Tem desfiles nocturnos na Benedita e em São Martinho do Porto...e a novidade nocturna deste ano: em Alfeizerão - no CEIA: desfile de mascarados a cavalo...
*
 CDU presta contas da última reunião de câmara 24fev2014...Críticas e sugestões via: vanda.f.marques@gmail.com
 http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/02/757021fev20141243-r1420132017-1430aqui.html
***
2012...o face traz-me memórias deste dia:
 tb gosto da Natasha...tanta gente cantou este tema...
 https://www.youtube.com/watch?v=qL3nZW0mdt8
*
 agora é o Peter BlaKeley...
 https://www.youtube.com/watch?v=R4sifu8IL9Y
*
 O Alcoa nasce muito perto do mar...O projeto beira-rio Alcoa pode ser 1 MARavILHA....Entretanto João André Serralheiro abre-vos o apetite...Nazaré.Alcobaça que vos abRRaça
*
 fresquinho...do beneditense JJ Bártolo Marques Serralheiro...nos limites d'alcobaça que vos abRRaça
*
 MARavILHA s.martinho do Porto não consta nas 70...7fotos do João José Serralheiro...A "Hora Dourada" é 1 espanto
*
 hj x AQUI estou neste tema...agora com J. Osborne...
 https://www.youtube.com/watch?v=0bgB3NBoSpI
*
 +1 micro conto
 https://www.facebook.com/microcontos/photos/a.273432576045396.66205.133691206686201/303049003083753/?type=3
*
 x AQUI...josÉ saraMAGO:
 "Nem as derrotas nem as vitórias são definitivas. Isso dá uma esperança aos derrotados, e deveria dar uma lição de humildade aos vitoriosos.
 https://www.facebook.com/234845926606634/photos/a.234859933271900.55198.234845926606634/240571012700792/?type=3
*
 e vamos SER...
Neruda:
 E desde então, sou porque tu és
E desde então és
sou e somos...
E por amor
Serei... Serás...Seremos...

 https://www.facebook.com/298376103511623/photos/a.298379223511311.94292.298376103511623/400058230010076/?type=3&theater
*
 amanhã jornada europeia de luta...Nós queremos uma europa dos povos contra os agiotas de tds as amtizes que manipulam tds os governos...
*
Carmen Jácome:
 Já agora, deixe-me partilhar consigo a minha interpretação preferida desta musica ....


 https://www.youtube.com/watch?v=EA70sGH1QLM
*
 há cada dia europeu...esta europa na teoria e depois na prática tds os dias a contraditar!!!
Igualdade salarial 22fev
 http://www.cgtp.pt/cgtp-in/2472
*
 Convém saber o que o PCP vai informando..."Chama-se ainda à atenção para os recentes e inquietantes passos dados no processo de integração capitalista na União Europeia com a aprovação do Mecanismo de Estabilidade Europeu e do pacto orçamental e fiscal, que o governo PSD/CDS submissamente subscreveu e que constitui um gravíssimo passo na imposição e institucionalização das políticas contidas nos programas da União Europeia e do FMI. "
 http://www.pcp.pt/sobre-reuni%C3%A3o-do-comit%C3%A9-central-do-pcp-6
***
2011...o face traz-me memórias deste dia:
 parei nas fotos d' alcobaça, do alcobacense Fernando Passos...aquel' abRRaço para tds e 1 bravo para o fotógrafo
 Foto de Nando Passos.
 https://www.facebook.com/photo.php?fbid=184893494879549&set=a.100927253276174.2007.100000766993625&type=3&theater
***
1968
Teresa Cristina
https://www.youtube.com/watch?v=nEC2ZmbyHw0&list=PLTaRWr5sdDvkzZP4evx5l5Q3iFyFHTqiu&index=2
***
1955
Rui Reininho
https://www.youtube.com/watch?v=teKOeDNLoUY&list=RDteKOeDNLoUY
***
1959
António Maduro... 1 grande historiador d' ALCOBAÇA que vos abRRaça... sobre o Museu do Vinho: (1 excerto) ..."Também sabemos que neste país a resolução de problemas de índole cultural é um autêntico quebra-cabeças. Mas a cidade de Alcobaça não pode voltar costas ao seu único museu.É certo que o modelo expositivo é arcaico e que o edificado necessita não só de obras de consolidação, como de musealização do espaço, que as peças, aparelhos e máquinas precisam ser criteriosamente inventariadas, estudadas e nalguns casos restauradas, que as exposições em torno deste produto devem ser contextualizadas, conhecer suporte histórico e conceptualização. Mas este espólio faz inveja a muitos museus nacionais e internacionais dedicados à temática do vinho e não pode simplesmente engrossar a lista de mais um bem cultural a abater.O Museu do Vinho é uma mais-valia e não um estorvo. Este museu pode contar a história do fabrico do vinho desde que os monges cistercienses mandaram chantar as primeiras vinhas e produzir vinhos que ficaram no imaginário e no palato dos viajantes que se acolheram na hospedaria monástica. O Museu pode e deve ter uma vertente pedagógica e didáctica, uma dimensão de pesquisa e investigação e até animar um projecto de produção de vinhos históricos, como o que ocorre em Ourém (em que gente mais afoita reclama a produção de vinhos cistercienses). De portas fechadas à população ou no marasmo antigo é que não é justo perpetuarmos a sua história de vida."
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2015/01/93324jan201513h-antonio-veyrier-maduro.html
***
1916
 morreu Henry James
1 vivaaaaaaaaa à sua obra
"As ideias são, na realidade, força.
*
Vive tanto quanto possas, é um erro proceder de outra maneira.
*
A arte faz a vida, o interesse, a importância; não conheço nenhum substituto que tenha a força e a beleza deste processo.
*
É preciso muitíssima história para forjar uma pequena tradição.
*
Não prestes atenção ao que alguém te diga sobre outro. Acostuma-te a julgar cada um por ti mesmo."
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2017/02/687728fev201777-henry-james.html***
1914
 hj é dia de Charlot...aparece pela 1.ª x em Betwween Showers
 Sir Charles Spencer "Charlie" Chaplin:  "Cada segundo é tempo para mudar tudo para sempre."
  "Bom mesmo é ir a luta com determinação, abraçar a vida com paixão, perder com classe e vencer com ousadia, pois o triunfo pertence a quem se atreve… A vida é muita para ser insignificante."
 http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/04/77602abril2014858-charles-chaplin.html
 https://www.youtube.com/watch?v=lTY6dZ_IAew
***
1533
 Michel Montaigne
 "Nada fixa alguma coisa tão intensamente na memória
como o desejo de esquecê-la."
 "É uma perfeição absoluta, dir-se-ia divina, sabermos desfrutar lealmente do nosso ser"
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2015/09/316513sete20151111-michel-de-montaigne.html
***
a poesia de Joaquim Pessoa:
2012

POEMA LXII

`Bora lá!  Despe-te dos teus afectos, dos teus medos
e torna-te um guerreiro, um combatente das desarmonias
com as quais o teu corpo e o teu espírito se revoltam.
A fada do dentinho já não anda por aí, será
por isso que sentes um vazio? Estás ansioso por recomeçar?
Até amanhã, então. Recomeçarás, na realidade,
a partir da realidade. Nada de rituais. Nada de magia.
                                                                          Nada de transcendências. 
Acreditar em ti já é um bom princípio. Se
não houver estrelas, não poderá haver guerra das estrelas.
Tudo é uma questão de probabilidades. E possibilidades.
Como o Vesúvio, que voltará a explodir nos próximos cem anos.
Mas são os pequenos detalhes que te permitem
interpretar melhor o mapa da vida.
Bons e maus, cínicos e generosos, egoístas e solidários,
rodeiam-te e ajudam a moldar o teu carácter,
a tua opinião, o teu comportamento. Terás de saber apenas
do que precisas, o que pretendes para ti. Tens que ter vontade
de ter vontade. `Bora lá!, aproxima-te e respira fundo
até oxigenares as tuas expectativas. E parte para
                                                                 os desertos que ainda temes, 
consciente de que o perfil das dunas se modifica a cada hora,
mais lenta mas mais seguramente do que as ondas do mar.

Qualquer que seja o caminho a seguir, deves estabelecer
                                                                                  as tuas prioridades.
És excelente a analisar as situações mas estás permanentemente
                                                                                      a adiar o plano A
e a passar ao plano B. Precisas talvez de terapia. Tens de
conhecer a natureza do crime para identificares o seu autor.
Enquanto desconheceres a tua vocação não deves comemorar.
Santos e pecadores são como os peixes: devoram e são
                                                                                                  devorados 
e todos são alimento de terceiros. A desunião do cardume
é a força do armador.

Queres renovar as tuas energias? `Bora lá!
Não há tradição que resista. Entre portas astrais procurarás
                                                                                                      os anjos
que dançam sob a luz que tu respiras. Estão sonâmbulos,
                                                                                                  acorda-os.
Trá-los para a zona das tuas emoções. O teu coração protege-te.
Cada experiência única é um contrabando. O que não é
                                                                                             possível obter
senão de uma forma transgressiva. As manhãs são
uma revolta permanente contra a noite, um bom dia às
                                                                                    nossas esperanças.
Se te atreveres a passar construirás caminho inverso às ameaças,
estarás a dar indicações ao teu futuro. Se
te surpreende a travessia, escreve a tua história,
uma aventura que não acaba pois para isso tem de haver
                                                                                           uma boa razão.
Viver é emocionante, se não acertares o ritmo. Se saíres da
                                                                                           lista de espera.
E se não souberes o que fazer, faz qualquer coisa. Faz de conta
                                                                                                    que sabes.
Não há magia nem segredos. Tem confiança em ti.
`Bora lá!, faz uma boa proposta à vida que ela aceita!
Nunca estarás pronto para ser coisa nenhuma, mas podes sempre
                                                                                     ser o que quiseres, 
nenhum projecto é impossível. E nenhum deus
te poderá dizer: Estás enganado!

Não lutes contra a mentira toda, nem no prolongamento
                                                                                   conseguirias vencer,
provavelmente nem sabes o que sentes mas não batas à porta
                                                                                                   da tristeza,
há coisas importantes, coisas fantásticas, coisas impensáveis
pelas quais não tens de pedir desculpa mas animar-te
como se tivesses bilhetes reservados para o espectáculo do século.
Não chegues cedo nem tarde. Chega, simplesmente. Vê
se estás lá, como uma surpresa, como um aniversariante que
para isso falta à própria festa. Mas faz por merecer os parabéns!
Não te sintas um problema para que não te tornes um problema.
O teu coração é um tambor que acompanha o ritmo do canto
                                                                                                        da fénix, 
o seu apelo ao regresso é a última palavra pacífica antes da ofensa.
Quando contemplas o mar raramente lhe vês o fundo,
assim são aqueles com quem divides a tua vida,
será então possível confessar a tua paixão, soltar os pedaços
                                                                                        das tuas emoções
como se fossem "conchas, pedrinhas, pedacinhos de ossos"...?

A clepsidra vai trocando a areia, vai trocando as voltas,
nunca será possível perder num sonho a moeda que achaste
                                                                                                  na realidade,
gasta-a contigo e agarra o instante que chega como a borboleta,
por pouco que dure, conserva essa beleza, recorda-a como
                                                                                  recordam os amantes
os mais rápidos e íntimos momentos de felicidade. Alegra
o teu coração, os teus nervos, os pequeníssimos cristais 
                                                                                                  da tua carne.
Quando souberes envelhecer, serás um jovem.
É esplêndido o que poderás fazer quando a manhã romper
e não lamentes nada quando acabar o dia. O mais
importante é sempre o que está para chegar. Repara
como aquela andorinha dirige orações ao vento
que a ajuda a partir e a encontrar o caminho de regresso.
Mesmo em dificuldade, faz como ela.  A vida
é um eterno retorno. `Bora lá!

in O POUCO É PARA ONTEM, Litexa, 2008
*
2014
bdiaaaaaaa com pitadinhas de Joaquim Pessoa para animar...
INEVITAVELMENTE
Aconteceu hoje encostar o
indicador direito à minha têmpora
e disparar rosas porque sou
um homem de bom gosto. In
evitavelmente desrolhei uma
cósmica água de colónia e
cobri de bênçãos a minha pele
e a minha roupa enquanto me
mostrava encantado por
me conhecer: eu mesmo como
vou?, sorri no espelho oval: vi
nele Chaplin; e atrás de Chaplin,
Nijinsky; atrás de Nijinsky,
Poe; atrás de Poe, Guevara; atrás
de Guevara, Cristo; atrás de Cristo,
Ginsberg; atrás de Ginsberg, Marx;
atrás de Marx, Aragon; o meu
confrade Pessoa; e ainda Bergman,
Allen, Ferré, Piaf, Brel; os
olhos limpos do Cesário; Daniel
Filipe; e Andrade no Porto procurando
palavras, em silêncio, no
rigor da água; o cadáver de
Garrett sobre folhas doentes; Pessanha
com a clepsidra nas mãos
rodado de viúvas; a mão
esquerda de Cutileiro; no céu,
Oliveira, aflito, contando des
esperadamente uma, duas, très
abelhas na chuva; Cesariny de
mãos dadas com a morte, matando-se;
Alegre numa caravela de fili
grana conversando com Côrte
Real na península do Labra
dor; David às voltas com
o cachimbo, preocupado
com o ritmo; Ary escrevendo
a lápis um poema sobre mulheres
a dias; e Lorca; e Machado;
e Neruda, o grande Neruda
com o Chile às costas amassando
trigo com enxofre para fazer
o pão das metáforas; Aleixandre
e seus tigres dolorosos; Alberti com
a bandeira vermelha e um
pincel de sangue, atravessando
Espanha; e, a chegarem, Scor
cese, Copolla, Brando, De
Niro. Também inevitável
mente, aconteceu abrir
a boca, examinar os
dentes, sorrir de novo e con
jugar o mais egoistamente
possível, o indicativo pre
sente do verbo sobre
viver: eu-me, tu-me, ele-me,
nós-me, vós-me, eles-me.

*
in GUARDAR O FOGO
Editora Edições Esgotadas, 2013.

 
 https://www.facebook.com/photo.php?fbid=643653219003178&set=gm.696331430408970&type=3&theater

in FLY (Págs. 77/79)
*
"O coração da raposa é quase terno.
Para o conseguir falta-lhe um átomo: a milionésima parte
do que fareja numa gota de chuva".

Abriguei-me onde mais aflorou o teu instinto; cobri-me com
a distância que me cercava, me acercava de ti, e ressalvei das
palavras esse corpo que não atingi, que nunca atingirei.
Por de mais, por demasiadas coisas, eu haveria de ferir-te, à
profundidade que nada esclarece mas tudo pressagia. Haveria
de ferir-te - é isso -, mas guardarei de ti outra ferida e outro
bálsamo. Não discutirei a morte sem, de novo, te tocar; sem
reduzir o infinito a nenhuma lágrima. Da morte pouco sei,
como pouco sei de ti; sei de mim em ti, sempre o soube (ainda
as minhas mãos se não tinham confundido com os teus olhos)
e essa foi uma razão de não saber amar-te, de não poder chegar
seguro onde a tua nudez me desabrigou e me fez tiritar diante
do meu corpo, como num espelho de água. Ouve-me agora,
quando ao falar de ti me reconheço; ouve-me ainda quando,
por não ter sabido dar, já não recuso.
Não quero justificar-me: tu não merecerias tanta culpa.
Vou onde não saberei de ti. E continuarei até onde, de nós,
repetirei o impossível.

*
in FLY
Edição Especial Ilustrada, comemorativa do 30.º aniversário
da sua publicação. Ilustrações de João Concha e Texto Introdutório
de Teresa Sá Couto. Editora Edições Esgotadas, 2013.

*
Foto de A Tonalidade das Palavras.
https://www.facebook.com/ATonalidadeDasPalavras/photos/a.490626794386738.1073741880.373770402739045/423263901123028/?type=1&theater
A Tua Boca

A tua boca. A tua boca.
Oh, também a tua boca.
Um túnel para a minha noite.
Um poço para a minha sede.

Os fios dormentes de água
que a tua língua solta num grito cor-de-rosa
e a minha língua sorve e canta
e os meus dentes mordem derramando a seiva
da tua primavera sem palavras
o poema inquieto e livre que a tua boca oferece
à minha boca.

As loucas bebedeiras de ternura
por essa viagem até ao sangue.
Os beijos como fogueiras.
As línguas como rosas.

Oh, a tua boca para a minha boca.

**
Foto de A Tonalidade das Palavras.
https://www.facebook.com/ATonalidadeDasPalavras/photos/a.490626794386738.1073741880.373770402739045/540347176081366/?type=1&theater
É Provável que Ainda a Ame
É provável, sim, é provável que ainda a ame, que ame nela o que antes soube amar, a cabeleira escura, o ventre inquietante, o peito guardando a alegria de um coração solar. Os meus olhos profundos sempre a contemplaram visivelmente perturbados, até mesmo perdidos, quando ela caminhava abrindo rasgões no ar que se fechavam depois à sua passagem para cingir-lhe os braços, os seios e as ancas. A sua boca tremeu na minha com a sede da música e o seu contacto era o do musgo e o da cinza, e dessas cerejas maduras pelo lume de maio. Não sei se estou a endeusá-la ou se ela é uma deusa. Não sei mesmo se conseguirei dizer dela quanto gostaria. Ela está tão perto do meu corpo que a minha pele se acende, e tão longe dos meus olhos que só poderei lembrá-la. Fizémos muito amor e sempre muitas vezes, sem que entre nós esvoaçasse uma minima sombra. Quando ficávamos tristes, é que o espanto crescia até ao minuto primeiro da tristeza. É uma mulher maravilhosa, o seu nome que importa?, tão frágil como um menino inocente, assim desamparada, correndo para a loucura como antes correu para os meus braços. Nenhuma paixão poderia doer-me mais. Nenhuma ternura poderia mimar-me tanto. O meu poema é uma casa erguida com a sua beleza, onde ela entra e de onde sai e algumas vezes se demora. Poderei dizer que o meu coração é uma sala vazia? A sua recordação ainda me perturba e disso tenho consciência. Amo-a ainda, ou não a amo já, é impossível dizer. Mas é provável, sim, é provável que ainda a ame.
*
POEMA LXII (excerto)
Santos e pecadores são como peixes: devoram e são devorados
e todos são alimento de terceiros. A desunião do cardume é a
força do armador.
in O POUCO É PARA ONTEM.