28/04/2015

9.968.(27ab2015.18.6') Neste dia...28abril...vou rELEVAR: UM+43.avÔ, DM do soRRiso, Dia Nacional de Prevenção e Segurança no Trabalho , Maria piedade Gomes, Ricardo Araújo Pereira, Salazar,Hitler, Mussolini, Francis Bacon, José Malhoa e a poesia de Joaquim Pessoa:

***
2017
UM+43.avÔ
liberdade é a inteligência aplicada às (tantas) necessidades
*
vivABRILiberdade é a felicidade que queremos para todos
estAMOs entre o dia da LIberDAde e o dia do trabalhaDOR
é a sEMANA das colectiVIdades da CDU
em ALCOBAÇA que vos abRRaça
***
2016
43.AVô
ACORDEI
acorDAR
aCORdar
*
agIR
        em fulminAÇÃO
tem outra força
*
urge romper com roTInas
*
é SIMples
               SER eu
                           conTIgo
                                        conNOSco
*
ir encontrAR-TE
                           coMIgo
***
2015
Estive a espalhar 
qu' estupendos soRRisos
porque em abril 
soRRisos mil
e 1 soRRiso é a melhor atitude que 1 homem (ou 1 mulher)
podem imprimir à vida...
Estava a ouvir
o que a maioria não ouve
quando de supetão
me apeTECEu
ouvir esta:

https://www.youtube.com/watch?v=4zLfCnGVeL4&index=3&list=RDpey29CLID3I
***
2017...memórias deste dia:
Foto de Agnelo Ferreira.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1279314085455387&set=a.105429252843882.11254.100001304240583&type=3&theater
*
15h.Capítulo.Mosteiro
Foto de Mosteiro de Alcobaça.
https://www.facebook.com/mosteirodealcobaca.monumentonacional/photos/pcb.618116498388226/618116185054924/?type=3&theater
Foto de Mosteiro de Alcobaça.
***
2016..memórias deste dia:
s.MARtinho do Porto
by Fernanda Matias

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1592457291082648&set=gm.10154241153713969&type=3&theater
*
PAREdes da VITÓRIA by Adelino Pataias

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10154140251924819&set=pcb.10154140256684819&type=3&theater
***
2015...memórias deste dia:
 Foi há 1 ano! Tó Duarte Tó Duarte Bela Bras Maria Elisa Ribeiro Sónia Isabel Duarte Rogério Manuel Madeira Raimundo Ana Paula Cordeiro Élio Coimbra
 Foto de Tó Balas.
 https://www.facebook.com/photo.php?fbid=406488626115913&set=p.406488626115913&type=3&theater
*
inTERvalo...15.51.15"...Carlos do Carmo e ARY DOS SANTOS: "Era a tarde mais longa de todas as tardes que me acontecia
Eu esperava por ti, tu não vinhas, tardavas e eu entardecia
Era tarde, tão tarde, que a boca, tardando-lhe o beijo, mordia
Quando à boca da noite surgiste na tarde tal rosa tardia

Quando nós nos olhámos tardámos no beijo que a boca pedia
E na tarde ficámos unidos ardendo na luz que morria
Em nós dois nessa tarde em que tanto tardaste o sol amanhecia
Era tarde de mais para haver outra noite, para haver outro dia

Meu amor, meu amor
Minha estrela da tarde
Que o luar te amanheça e o meu corpo te guarde
Meu amor, meu amor
Eu não tenho a certeza
Se tu és a alegria ou se és a tristeza
Meu amor, meu amor
Eu não tenho a certeza

Foi a noite mais bela de todas as noites que me adormeceram
Dos nocturnos silêncios que à noite de aromas e beijos se encheram
Foi a noite em que os nossos dois corpos cansados não adormeceram
E da estrada mais linda da noite uma festa de fogo fizeram

Foram noites e noites que numa só noite nos aconteceram
Era o dia da noite de todas as noites que nos precederam
Era a noite mais clara daqueles que à noite amando se deram
E entre os braços da noite de tanto se amarem, vivendo morreram

Eu não sei, meu amor, se o que digo é ternura, se é riso, se é pranto
É por ti que adormeço e acordo e acordado recordo no canto
Essa tarde em que tarde surgiste dum triste e profundo recanto
Essa noite em que cedo nasceste despida de mágoa e de espanto

Meu amor, nunca é tarde nem cedo para quem se quer tanto."
 https://www.youtube.com/watch?v=dMAHYGa7dvs&list=RDdMAHYGa7dvs
*
neste dia...hj...morreu a cAMARada Maria Piedade Gomes...Reunimos várias vezes com ela em ALCOBAÇA, que abRRaça a família, com sentidos pêsames...Joaquim Gomes, marido dela, foi eleito deputado por Leiria...
Morreu militante comunista Maria da Piedade Gomes, mulher de Joaquim Gomes
Diário de Notícias:
(...)
O PCP anunciou hoje a morte da militante Maria da Piedade Gomes, que foi casada com o dirigente comunista Joaquim Gomes e que, em 1964, foi alvo de uma campanha de solidariedade exigindo a sua libertação de Caxias.
Em comunicado, o secretariado do comité central do PCP refere que Maria da Piedade Gomes, que morreu aos 95 anos, "foi uma dedicada e corajosa militante comunista que desde muito jovem se entregou à luta em defesa dos interesses dos trabalhadores e do povo português, contra a ditadura fascista, pela liberdade, o socialismo e comunismo".
Natural de Picassinos, concelho da Marinha Grande, com apenas 15 anos, viveu de perto a insurreição de 18 de janeiro de 1934, casando poucos anos depois com Joaquim Gomes (já falecido).
Maria da Piedade Gomes aderiu ao PCP com 21 anos e foi funcionária do partido desde 1952, "altura em que iniciou a vida clandestina, assim como o seu companheiro".
"Em 1958, a casa clandestina em que se encontravam, no Porto, foi assaltada pela PIDE e ambos foram presos. Maria da Piedade Gomes foi julgada em março de 1961 e, sofrendo dois anos de condenação, acabou por passar seis anos na prisão fascista de Caxias, devido à aplicação sucessiva de 'medidas de segurança'", recorda o PCP.
Nesse período, lutou "contra as péssimas condições a que estavam sujeitas as presas políticas, o que a levou a ser alvo de frequentes castigos, incluindo o isolamento", acrescenta.
Segundo o PCP, "viveu momentos graves no plano da sua saúde, ao ponto da sua vida correr perigo, o que motivou, em 1964, uma campanha nacional e internacional de solidariedade exigindo a sua libertação, que se concretizou através de um 'habeas corpus'".
Maria da Piedade Gomes foi libertada em setembro de 1964, mas voltou à clandestinidade quinze dias depois, até ao 25 de Abril de 1974.
O PCP sublinha que a vida de Maria da Piedade Gomes "constitui uma referência e um exemplo de mulher comunista que dedicou a vida à causa revolucionária do seu partido de sempre".

https://www.facebook.com/JuntaaTuaaNossaVoz/photos/a.468913473183970.1073741828.468902759851708/838134926261821/?type=3&theater
*
 uniVERso MARavILHA: "1 destaque solar... um período de seis horas (21ab 2015)... muito do que caiu voltou ao sol. As imagens foram feitas em uma linha de extrema luz ultravioleta....Na sua maior altura, a pluma alargada foi muitas vezes do tamanho da terra, permitindo muitos astrónomos observarem este evento com seus telescópios solares.
 https://www.facebook.com/NASAGoddard/videos/10153776538150898/
***
2014...memórias deste dia:
 12-12-12" é 1 bELO momento para ver a ilha do Leão...paREDES da VITÓRIA...d'ALCOBAÇA que vos abRRaça
Foto de José António Miranda
 Foto de Armanda Santos.
 https://www.facebook.com/photo.php?fbid=766512243381967&set=a.145143702185494.21928.100000695956194&type=3&theater
*
 1.1.1" é 1 bELO instante para vos saudar com: d'ALCOBAÇA que vos abRRaça...e hj é dia de Caetano Veloso:
 https://www.youtube.com/watch?v=R4peVpYyzXc&list=PLBos-rktJPWHWSXTgDPXD5H2zxtxOv7xf
*
 18.18.18" é 1 bELO instante para partILHArr o cAMARada josÉ saraMAGO:
"A única revolução realmente digna de tal nome seria a revolução da paz, aquela que transformaria o homem treinado para a guerra em homem educado para a paz porque pela paz haveria sido educado. Essa, sim, seria a grande revolução mental, e portanto cultural, da Humanidade. Esse seria, finalmente, o tão falado homem novo."
 http://uniralcobaca.blogspot.pt/2012/11/609016nov201288-hoje-e-dia-de-jose.html
*
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1444986309077535&set=a.1429938170582349.1073741863.100006985384876&type=3&theater
***
2013...memórias deste dia:
JPaulo fez partILHA na minha página:
 Foto de Paulo Alexandre Deus.
 https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10200911440486167&set=a.4083278558209.2168053.1169943334&type=3
***
2011...memórias deste dia:
 Susana D recomendou Karunesh...fui mergulhando e partilho este com aquel'abRRaço para tds, especialmente, para as novas amizades...The day begins (estava vedado em 2017) fui à proCURA:
https://www.youtube.com/watch?v=GKYIC2MPjO0&list=RDGKYIC2MPjO0
*
 Sandra knock knock rELEVOU e eu agi, simplesmente, partILHAndo
 https://www.youtube.com/watch?v=rYEDA3JcQqw
*
o novo amg face Rui P sugere bob...acho bem partILHAr..boa jornada pra tds e aquel'abRRaço
 https://www.youtube.com/watch?v=pHlSE9j5FGY&list=RDpHlSE9j5FGY
*
 sigo a sugestão da superfã do elvis: Carmen J...
 https://www.youtube.com/watch?v=OhUDyBwJhto
***
2010...memórias deste dia:
 estamos à porta... A luta continua...O PS.PSD preparam-se para premiar os especuladores!!!
 http://www.pcp.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=35722&Itemid=195
***
Dia Mundial do SoRRiso
urge multiplicar os esTUpendoooooooooos soRRisos em ALCOBAÇA que vos abRRaça...
Este dia internacional do sorriso foi criado em 1963 por Harvey Ball, um artista de Worcester, Massachussets. Ball é o criador da imagem do smiley, reconhecida internacionalmente.kiss emoticon e euGÉNIO Andrade:"Creio que foi o sorriso,
o sorriso foi quem abriu a porta.
Era um sorriso com muita luz
lá dentro, apetecia
entrar nele, tirar a roupa, ficar
nu dentro daquele sorriso.
Correr, navegar, morrer naquele sorriso.
in O outro nome da terra

 https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10203050253091845&set=a.1029365188983.3914.1670949754&type=1&theater
***
 hj é (amanhã tb) dia mundial da Prevenção e Segurança no Trabalho!!! "Estima-se que anualmente morrem cerca de dois milhões de homens e mulheres devido a acidentes de trabalho e a doenças profissionais. Em todo o mundo ocorrem por ano cerca de 270 milhões de acidentes de trabalho e são registadas mais de 160 milhões de doenças profissionais.
A OIT nunca aceitou a ideia de que os acidentes e as doenças são "ossos do ofício". (...)
 http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/04/791228abril201477-hj-e-dia.html
***
Dia Nacional de Prevenção e Segurança no Trabalho
hj (amanhã tb) é dia de prevenir... e de lutar por melhores condições de trabalho...e bem sei que os que não têm trabalho anseiam por o ter...a luta é a mesma: A QUALIDADE DE VIDA EXIGE TRABALHO COM DIREITOS!!!
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10152825549517308&set=a.378900752307.157089.534882307&type=3&theater
***
1889...
nasceu o ditador.fascista António Salazar
 e CURIOSAMENTE...
*
1945...quando o nazismo era derrotado em todas as frentes, no buncker, casaram-se Adolf Hitler e Eva Braun... 
*
 1945
Benito Mussolini...jornalista e político italiano, fundador do fascismo, é morto pelos "partigiani"
***
1974
Ricardo Araújo Pereira..."O senhor disse-me: "Uma coisa é fazer humor com as ondas do mar, outra coisa é com a religião." Eu fico contente por ficar autorizado a fazer humor com as ondas do mar, adorava ver um programa humorístico sobre esse tema. Mas tenho a certeza de que mesmo com um programa de humor sobre as ondas do mar vou receber cartas indignadas de pescadores, surfistas, praticantes de caça submarina, leões-marinhos... quem sabe. Sempre que a coisa chega ao nosso quintal, há sempre alguém que não gosta."
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2015/04/997028ab20152112-ricardo-araujo-pereira.html
***
1992
morreu o pintor Francis Bacon (no séc. XVI há o escritor...)
1 vivaaaaaaaaa à sua obra
https://www.youtube.com/watch?v=kV6T2MO_KTQ
***
1855
José Malhoa
https://www.youtube.com/watch?v=RmMGQaeZW2w
****
e a poesia de Joaquim Pessoa:
2014

Joaquim Pessoa no iniciar do 28d'abriLIBERDADE
FALSO POEMA ASSÍRIO COM MENOS DE 3000 ANOS
Dou-te a chave do meu quarto
por tuas mãos no meu corpo.
Dou-te a arca dos meus medos
em troca do teu sorriso.
Dou-te a minha rosa turca
pelo teu olhar calado.
Dou-te o meu cordeiro branco
pelos teus cabelos negros.
Dou-te o meu linho macio
se me deres teus abraços.
Dou-te o mel dos meus cortiços
para ter a tua boca.
Dou-te a lã dos meus rebanhos
pela nudez do teu peito.
Dou-te a cria mais bonita
por tuas nádegas quentes.
Dou-te o melhor dos meus vinhos
só para ter tuas ancas.
Dou-te o meu galo de briga
em troca das tuas coxas.
Dou-te a vida dos meus cães
mas exijo o teu silêncio.
in MAS., Litexa, 1987

*

Poema LXVI

Adeus, monotonia!
A Deus, monotonia é coisa que lhe falta.
Todos os dias fazemos algo que o irrita ou o comove.
Somos assim, incapazes de seguir à risca os mandamentos.
Aquelas dez tábuas não nos entram na cabeça,
somos os mais desonestos prevaricadores do planeta,
e ninguém, nem sequer nós, sabe do que somos capazes
de fazer a seguir. Não conseguimos ser tão previsíveis
como o salmão ou a enguia. Metade das pessoas
está louca, a outra metade não sabe o que se passa,
a dificuldade está em encontrar alguém que nos leve a sério.
Se puderes pagar, já podes ir à Lua. E talvez sentir
a presença de um anjo que está contigo nas melhores horas,
mas nunca saberás os favores que lhe deves.
Há sempre a proteger-te um Anjo da Guarda. E outro
da Covilhã. E outro, parece-me, de Seixo de Manhoses.
Mas este da Lua é especial. É o anjo amigo
que acende o luar para que na Terra possas,
também de noite, encontrar o caminho. Se na vida
tens de perder alguma coisa, não percas hoje
o que podes perder só amanhã.

Estar vivo é já uma oportunidade de vencer,
mas deves impor a ti mesmo um estilo
independente e imaginativo que dê mais vida
à vida que Deus te deu. E encara de frente a ideia
de que não fizeste o bastante, sem te culpar
por tudo permanecer na mesma.
Jonathan Swift disse que os camponeses da Irlanda
deviam dar os filhos a comer aos ricos mas, hoje,
o que é que os ricos fazem aos filhos dos pobres?
Se não houvesse pobres nem ricos
não se comiam os filhos de ninguém, embora
fosse tudo mais monótono e, provavelmente,
até Deus passaria pelas brasas.

Olha, ainda sou do tempo em que
ninguém tinha um computador, quando era
impensável denunciar um vizinho, e quando ninguém
conhecia a palavra inflação. Hoje, o computador
também serve de instrumento de denúncia e
a tal palavrinha que ninguém conhecia é íntima de todos
e já nos faz companhia do princípio ao fim do mês.
O que sempre valeu, em qualquer tempo, foi
haver um objectivo. Qualquer coisa
fora da fantasia e dentro da realidade
que te faz ter tempo quando não tens tempo,
que te faz deixar rasto quando não te moves,
que te faz permanecer quando te foste embora.

Quando éramos jovens,
por fraternidade, todos queríamos
ser livres e iguais,
agora querem-nos iguais pelas piores razões,
nivelam pelo chão as nossas ambições e daqui a pouco
estamos a repetir, com o Fernando, "eu não sou nada,
nunca serei nada, só posso querer ser nada",
quando a sustentabilidade do estado justifica até processos
disciplinares à nossa esperança de vida. Levanta
a ti mesmo esta questão: onde é que eu
já fiz o sexo mais louco: no elevador,
no automóvel, na cozinha, ou
em sonhos, quando já não há muito mais
para sonhar?

Cabrão de tempo este, em que se não te vendes
não vais lá, em que toda a gente finge que não é assim,
mas esse é o sistema dos vasos comunicantes
da corrupção e da miséria, do "chega para todos", quando,
afinal, chega e sobra sempre para os mesmos.
Talvez eu esteja velho neste "admirável mundo novo",
talvez este futuro ali mesmo ao virar da esquina não me sirva,
talvez eu não sirva ao virar da esquina para este futuro.
Pedem-te, pedem-me, que nos continuemos a sacrificar
por tudo o que ao longo da vida nos prometeram para amanhã.
E se já não acreditas nos amanhãs que cantam, não acredites
também na cantiga que amanhã te darão
o que te é devido.

Morreu o Cesariny. E lá repetiram o lugar comum
guardado para a morte dos poetas: "Portugal ficou mais pobre".
Mais pobre? Por quê, se o Mário nos deixou a obra inteira?
Então a poesia não é para comer? Agora que ele vai
reencontrar a Natália, haverá mais reboliço no céu
e, de novo, adeus, monotonia!, mais uma dor
de cabeça para Deus, esse ser que está triste
porque não tem um passado, e amargurado
porque já conhece o futuro.

in O POUCO É PARA ONTEM, Litexa, 2008
imagem do filme Asas do Desejo

 
 https://www.facebook.com/photo.php?fbid=670057056362794&set=gm.726319907410122&type=3&theater
*
Foto de The Dancing Words.
https://www.facebook.com/559343457434706/photos/a.559507790751606.1073741828.559343457434706/887305254638523/?type=1&theater
“Um livro é como um ninho. Faz-se
entrelaçando palavras, raminhos
de fala, pedacinhos de canto e de 
sabedoria. Com destreza
e o êxtase
da luz.

O poeta habita o livro. A casa
de versos. Nela come e sofre
com as palavras. Mas também se comove
e se diverte. Com elas saúda
as mãos, os olhos, a vida
do leitor.”
Imagem - Autor desconhecido

***

https://www.facebook.com/sonhararealidade2013/photos/a.349115855209208.1073741828.349094905211303/932732776847510/?type=3&theater
Escrevo. Escrevo e
não sei fazer mais nada. Escrevo
e faço amor.
As palavras conhecem-me,
têm agora a cor melada dos meus olhos,
profundo âmbar que dormiu com as estrelas.

Há um mediterrâneo em mim
que espera pelo teu corpo, pela luz sombria
do teu sexo, e pelo teu próprio nome.
O desejo de ti é uma morte viva.
"O Poeta Enamorado" (Os Poemas de Amor)
Arte - Carrie Vielle
*

https://www.facebook.com/ATonalidadeDasPalavras/photos/a.490626794386738.1073741880.373770402739045/545375828911834/?type=1&theater
POEMA 22

Construí uma casa no mar.
Com portal para o vento e um terraço onde
escuto o grito do albatroz ou recolho
o pólen das estrelas.
Plantei nas ondas uma árvore. São peixes
as pequeníssimas folhas desta árvore
que sinto crescer como um amigo.
Todos os móveis da casa são de água. Densa,
vermelha, filha de um vulcão,
ou leve, clara, irmã do linho.
Os tapetes têm a cor de antigos versos
que elogiam o mar.
Canções, odes, barcarolas. De um tempo
em que o sol emprenhava as corças
numa cama de folhas
e onde agora é deserto.
Nesta casa de água, escrevo.
E, para o teu poema, lanço a minha rede.
Nela vêm, doirados, ofegantes, vivos,
os cardumes de sílabas.