15/12/2016

3.216. (15dez2016.7.7') Gustave Eiffel

Nasceu a 15dez1832
e morreu a 27dez1923
***
1832 – Nascia Gustave Eiffel | Cais da Memória
Cais da Memória1600 × 902Pesquisar por imagens
Na fase final da sua vida dedicou se á Meteorologia e á Aerodinâmica, publicando importantes estudos nestes domínios. Gustave Eiffel morreu a 27 de Dezembro ...
Resultado de imagem para Gustave eiffel morreu a
https://www.google.pt/search?q=Gustave+eiffel+morreu+a&espv=2&biw=1600&bih=794&tbm=isch&imgil=jotUF19D3s5aEM%253A%253BdzRGaY2-qlUXtM%253Bhttps%25253A%25252F%25252Focaisdamemoria.com%25252F2015%25252F12%25252F15%25252F1832-nascia-gustave-eiffel%25252F&source=iu&pf=m&fir=jotUF19D3s5aEM%253A%252CdzRGaY2-qlUXtM%252C_&usg=__ZBMrm2RrsT3Z-T_4z2_3gLDLABk%3D&dpr=1&ved=0ahUKEwiamJSwgvbQAhVEWxoKHc50AP8QyjcITw&ei=OnRSWJqTLMS2ac7pgfgP#imgrc=jotUF19D3s5aEM%3A
***
Biografia resumida
http://paginas.fe.up.pt/~azr/pontes/eiffel.htm
A sua relação com os combóios inicia-se com os primeiros trabalhos que ao fim de pouco tempo o conduzem a um emprego na Companhia dos Caminhos de Ferro do Oeste aonde tem a oportunidade de projectar a sua primeira ponte em Saint-Germain.
*
Gustave Eiffel, IngŽnieur franais (1832 Ñ1923)photo de Nadar. ©MP/Leemage AA094888 dbdocumenti 234 320 300 2766 3780 Scala di grigio
http://gustaveeiffel.pt/wordpress/historia/

GUSTAVE EIFFEL (1832-1923)


Gustave Eiffel, IngŽnieur franais (1832 Ñ1923)photo de Nadar. ©MP/Leemage AA094888 dbdocumenti 234 320 300 2766 3780 Scala di grigio Gustave Eiffel nasceu no dia 15 de dezembro de 1832, em Dijon (França), no seio de uma família abastada.
Em 1843, Eiffel entrou para o Collège Sainte Barbe, tendo frequentado, a partir de 1852, a Escola Central de Artes e Ofícios de Paris, onde obteve resultados brilhantes, adquirindo o diploma de engenheiro químico ao fim de três anos. Trabalhou durante alguns meses numa fábrica de pólvora e numa companhia de caminhos-de-ferro.
A partir de 1856, tornou-se no braço direito de Charles Nepveu, um construtor de máquinas a vapor e de material para caminhos-de-ferro. Graças ao progresso da metalurgia, a construção metálica teve nesta época um grande impacto. Eiffel fez o seu primeiro grande trabalho, a ponte ferroviária de Bordéus, com apenas 26 anos, obra que o tornou reconhecido.
.
..
.
 ponte_maria_pia_porto_1900Gustave Eiffel trabalhou para várias companhias de caminhos-de-ferro, não só em França, bem como no mundo inteiro. Associado a Théophile Seyrig, construiu o Viaduto da linha Commentry-Gannat e a partir de 1872 começaram a surgir propostas do estrangeiro. São exemplos a Estação de Caminho de Ferro de Peste (Hungria, 1877) e a audaciosa Ponte D. Maria Pia sobre o Douro, no Porto (Portugal, 1875-77), o que lhe conferiu estatuto internacional.
Para além destas importantes obras que asseguraram grandemente a publicidade da empresa, Eiffel realizou a estrutura metálica de muitos edifícios, a Sinagoga da “Rue des Tournelles” em Paris, fábricas de gás, a loja “Le Bon Marche”, a sede do “Crédit Lyonnais” em Paris, a estrutura interna da Estátua da Liberdade de Bartholdi.
.
estatua liberdadeO auge da sua carreira de construtor foi a torre de 300 metros de altura à qual foi atribuída o seu nome. Este monumento foi realizado para celebrar o centenário da Revolução Francesa na Exposição Universal de 1889. Após dois anos de trabalho intenso, a Torre Eiffel foi finalmente inaugurada a 31 de março de 1889, com muito sucesso, e aberta ao público a 15 de maio desse ano.
No entanto, para assegurar a imortalidade da sua obra, deu-lhe uma utilização científica: a telegrafia sem fio e as experiências do Gerenal Ferrié em 1902.
A torre foi posta à disposição do Ministro da Guerra em 1903. Em 1934, a Torre Eiffel serviu de antena à 1.ª emissão de televisão. Já reformado Gustave Eiffel dedicou-se à construção de um atlas meteorológico e sobretudo a experiências na área da aerodinâmica.
Gustave Eiffel faleceu a 28 de dezembro de 1923, em Paris, deixando-nos uma extensa e importante obra.
.
Principais obras realizadas em Portugal:
1875 – Ponte D. Maria, sobre o rio Douro, no Porto
1877 – Ponte dupla (rodoviária e ferroviária) de Viana do Castelo; Ponte sobre o rio Tâmega.
1880 – Pontes na linha férrea da Beira Alta.
1885 – Estação de caminhos-de-ferro de Lisboa a Sintra; 15 pontes na linha de Lisboa a Sintra.

.
*
Fotografia de Gustave Eiffel
https://www.pariscityvision.com/pt/paris/lugares-marcantes-de-paris/torre-eiffel/gustave-eiffel

Sua primeira grande obra: a ponte de Bordeaux

A Ponte de Bordeaux a noite
Alexandre Gustave Eiffel nasceu em 15 de dezembro de 1832 em Dijon e morreu em 27 de dezembro de 1923. Ele entra na Escola Central de Paris para estudar Química e ao ser diplomado se interessa pela Metalúrgica, tendo, em seguida, a oportunidade de trabalhar neste setor graças às relações e aos contatos de sua mãe. Termina sendo empregado por Charles Nepveu, um engenheiro construtor de máquinas a vapor que também fabricava material para as linhas de ferro. Um ano mais tarde, em 1857, Gustave Eiffel torna-se chefe do gabinete de estudos e projetos da Pauwels e Cia. Seu primeiro grande projeto será a construção da Ponte de Bordeaux (mais de 500 metros), aos 25 anos de idade apenas.
A partir de então, ele se encarregará do projeto de várias outras pontes da região Sudoeste. Gustave Eiffel termina se instalando em fins de 1866 a oeste de Paris. Em 1867 ele cria sua própria empresa e começa a realizar diversas construções que vão aumentar sua reputação na França e em todo o mundo. Ele aperfeiçoa suas inovações técnicas, especialmente durante a montagem das chamadas consolas, ou cantiléveres.
Statue de la liberté vista de baixo
Durante as décadas de 1870 e 1880, a empresa Eiffel encontra-se em seu apogeu e é solicitada mundo afora. As obras de construção são cada vez mais complexas e realizadas com brio (podemos citar, particularmente, a Estátua da Liberdade, em Nova Iorque, cuja estrutura que sustenta o peso da escultura de Bartholdi, foi toda elaborada por Gustave Eiffel). Associada aos trabalhos de Gustave Eiffel, encontramos, obviamente, a realização do que se tornou o símbolo da França: a Torre Eiffel.
túnel de vento aerodinâmico de Gustave Eiffel

Apesar das vigorosas críticas, o sucesso acontecerá imediatamente e a torre subsistirá, embora, inicialmente, ela estivesse prevista para ser destruída 20 anos após sua elaboração. Gustave Eiffel era um homem apaixonado pela ciência e também amava fazer experiências, particularmente em meteorologia e aeronáutica. Famoso principalmente como engenheiro, seu espírito científico é menos conhecido, ainda que esteja presente no seu trabalho de engenharia. Em 1909, por exemplo, ele construiu um túnel de vento aerodinâmico no Campo de Marte, que foi deslocado em 1911 para o 16º bairro onde seria construído um laboratório de pesquisa mais importante.
*
https://www.algosobre.com.br/biografias/gustave-eiffel.html
***
Público
29out2013

A ponte de Viana do Castelo e as estórias de Gustave Eiffel

https://www.publico.pt/2013/10/29/local/noticia/a-ponte-de-viana-do-castelo-e-as-estorias-de-gustave-eiffel-1610631
Em Barcelinhos, muito junto àquele, habitava Maria Adelaide Lopes. Na paz de sacristias e rezas. E jejuns! Gordinha e roliça, como convinha às minhotas. Brincos, longos colares de oiro, ao jeito das paragens. Eiffel seduziu-a com artes de engenharia que dominava como ninguém. Públicas virtudes, defeitos privados.
As obras da ponte continuaram. Chegou a inauguração em fins do séc. XIX. Gustave Eiffel, engenheiro sabedor e de confiança, acautelando as vidas que por séculos ali passariam, projectou testar a resistência e segurança da ponte, à semelhança da D. Maria Pia. Toneladas de peso de uma à outra margem.

Não há homem grande sem mulher ainda maior, diz o povo. Maria Adelaide impôs o seu critério ao projecto idealizado por Effeil. Testou a segurança da ponte. A pé e só, atravessou a dita, de um lado ao outro do Lima, do outro ao primeiro. A ponte resistiu. Maria Adelaide concluiu ufana: “Se a ponte pôde comigo, aguentou, poderá com o comboio.” Gustave Eiffel conformou-se. Desistiu da tonelagem.
***
DN
16.maio2009
120 anos da torre que foi feita
para ser desmontada
http://www.dn.pt/globo/europa/interior/120-anos-da-torre-feita-para-ser-desmontada-1234444.html
***
Alexandre Gustave Eiffel
https://www.youtube.com/watch?v=d2PrSjGC7oc
***
Eiffel e a exposição de 1851
https://www.youtube.com/watch?v=3T1IuxbahEo
***
Torre Eiffel - Paris
Parte 9 do filme "Paris, eu te amo", com legenda em português.
https://www.youtube.com/watch?v=VDL91ytIaU4
***
REPÓRTER ENE na noite do Porto com Eiffel 
https://www.youtube.com/watch?v=XVgcURyegSs