09/10/2014

8.865.(9out2014.7.7') Neste dia...10outubro...vou rELEVAR: 208.avÔ, Jim Diamond,Verdi, Orson Wells,Una Healy, Edith Piaf, Canal do Panamá,DM da saúde mental...e a pitadinha matinal de Joaquim Pessoa

***
2016
208.avÔ
 urge imAGInAÇÃO
                    NO PODER e
                                         na vida de cada 1...
***
2016
começa o books.movies.2016
https://www.facebook.com/booksandmovies.alcobaca/
de 10 a 16ouTUbro2016
https://www.facebook.com/booksandmovies.alcobaca/photos/a.1450891731812140.1073741829.1442773782623935/1822352454666064/?type=3&theater
***
2015...face traz-me memórias deste dia:
arco-íris no final do dia 10ouTUbro2015...1 bELO caminho solar...a quietude das águas...s.MARtinho do porto...d' ALCOBAÇA que vos aBRRaça...+1 esTUpendaaaaaaaaaaa caminhada no final do dia...
fotos da Paula Bluemchen

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1178873802128542&set=pcb.10153758641518969&type=3&theater

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1178873775461878&set=pcb.10153758641518969&type=3&theater
*
9ouTUbro2015...s.MARtinho do porto...d'ALCOBAÇA que vos abRRaça...+1 bELA caminhada ao final do dia...+ a sul...
**
1 esplêndidaaaaaaaaaa ÁGUIA sobre 1 azul claro...minha vizinha...das Golfeiras-Bárrio - d'ALCOBAÇA que vos abRRaça
Bútio comum (Buteo buteo)
Foto do Fernando Sousa José

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1631899080401961&set=a.1384687658456439.1073741827.100007456536985&type=3&theater
*
10ouTUbro2015...tARDE...paREDES DA VITÓRIA...d' ALCOBAÇA que vos abRRaça...bELA fotogravAÇÃO...as gaivotas estão anafadas com tanto petisco gostoso...as NUvens vencem a nossa estrELA e misturam-se com o oceano...prepara-se a luta contra as marés vivíssimas...as águas misturam-se...
foto do Agnelo Ferreira

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=887516227968510&set=a.701949119858556.1073741884.100001304240583&type=3&theater
*
1 blogue extraordinário...postAGEm sobre Cós...Houve, muito bem, compras da área envolvente por parte da câmara...falta 1 política de turismo em ALCOBAÇA que vos abRRaça
*
Alcobaça saudável
http://www.regiaodecister.pt/pt/noticias/regiao-de-cister-quer-promover-uma-alcobacasaudavel
*
21h
https://www.facebook.com/SFVestiaria/photos/a.958240727554783.1073741860.336002853111910/958240224221500/?type=3&theater
*
grande ministro CDS d' economia...saiu desta empresa em 2013 para ir para ministro...
https://www.facebook.com/JuntaaTuaaNossaVoz/photos/a.468913473183970.1073741828.468902759851708/925258270882819/?type=3
*
em 2011...para os direitinhas que agora andam nervosos...URGE TER MEMÓRIA!!! "Pela boca morre o peixe"
*
https://www.facebook.com/rogerio.raimundo/posts/10206842914622862
muito candidato presidencial com interessantes experiências de vida...mas bater o Edgar Silva é difícil...este Homem esteve noutro ARCO..."QUEM ACOLHE O GRITO DOS POBRES!
O actual sistema de injustiça precisa de uma viragem radical à altura das circunstâncias
Quem, nesta República, tem em conta os direitos fundamentais dos mais desfavorecidos? Quem escuta o clamor dos excluídos deste mundo? Quem responde por milhões de pessoas indefesas face aos “interesses do mercado divinizado, transformado em regra absoluta” (Francisco, “Evangelii gaudium” 24/11/2013)? Quem responde por tanta gente sacrificada pela desenfreada especulação financeira? Quem acolhe o grito das vítimas dos poderes económicos e dos seus interesses predominantes que arrasam tanta vida e as fonte da vida? Quem garante a protecção dos mais fracos? Quem assume responsabilidades pelos mais pobres, para com aqueles que anseiam por libertação? Quem se compromete com a justa causa daqueles que estão a ser sufocados pelo domínio absoluto da finança?
Existem hábitos de injustiça, práticas de exploração e de rapina, benefícios que só a alguns poucos aproveitam, formas de dominação em função do lucro, que são a raiz profunda da desordem.
O actual poder económico ou político não considera mudanças de fundo, concentra-se sobretudo em mascarar sintomas. Procura não chegar às raízes da situação actual e, quando muito, presta-se a isolar ou a enfrentar apenas alguns dos sintomas.
Urge encetar caminhos novos. O actual sistema de injustiça precisa de uma viragem radical à altura das circunstâncias. O domínio despótico da finança, e a sua perversa ordem requer a tomada de decisões drásticas para inverter a desordem estabelecida.
injustiça não é invencível!"

http://uniralcobaca.blogspot.pt/2015/10/90949outubro201588-presidenciais-2016.html
***
2014...face traz-me memórias deste dia:
visitem...a minha querida filha Irina e a Inês fazem bELAS ilustrAÇÕES...A 15NOV...DAS 16ÀS18 HÁ FESTA...

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10204952081866296&set=gm.1509710549285992&type=3&theater
*
a praia de Água de Madeiros foi falada na última reunião de câmara (7out2014)...as fotos da derrocada aqui...
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/10/88709out20142345-derrocada-na-agua-de.html
*
temos que soRRir...o humor é 1 bela arma...

https://www.facebook.com/oinimigopublico/photos/a.102398026781.101768.99134956781/10152290065591782/?type=3&theater
*
PCP e a alternativa na política fiscal
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/10/887110out201477-impostosfiscalidadecomo.html
*
erradicar pobreza não é só no dia 17out...é tds dias...paz.pão.habitação...há que saudar o soRRiso amigo...ECBenedita que assinala 50 anos de COOPERAtiva...
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2013/10/708414out20131725-17outecbeneditasorris.html
*
acabei de ver um espectáculo inesquecível com 1 tRIO de IRANIANOS...hj é o 2º dia do MARIONETAS NA CIDADE
em ALCOBAÇA que vos abRRaça
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/10/88476out2014717-11out2130prometeu-la.html
*
Manuel Pinto fotografou a praia do norte da Nazaré, o farol e a pedra do guilhim
*
2.º dia do MARIONETAS NA CIDADE
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/10/88476out2014717-11out2130prometeu-la.html
***
2013...face traz-me memórias deste dia:
1a pitadinha de sophia faz mbem à saúde...entreTANTOOOOO...vou à procura de "...Para que eu bebesse imagens decompostas à luz dum pôr de sol enlouquecido"
https://www.facebook.com/282054545145829/photos/a.282056735145610.78181.282054545145829/681554628529150/?type=3&theater
Quem poderá saber que estranha bruma
Brotou caladamente em minha volta
Pra que eu perdesse as horas uma a uma
sem um gesto, sem um grito, sem revolta.

Quem poderá saber que estranhos laços
que sabor de morte lento e amargo
sugaram todo o sangue dos meus braços -
o sangue que era sede do mar largo

Quem poderá saber em que respostas
Se quebrou o subir do meu pedido
Para que eu bebesse imagens decompostas
à luz dum pôr de sol enlouquecido 

*
não podemos ignorar os "amigos" que o PS.PSD.CDS trouxeram para cá para nos espoliar!!! e além disso na real a grande maioria vai para os tadinhos dos banqueiros...

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=521588534600441&set=gm.512057492212407&type=3&theater
*
estou n1 bELO AMAnheCER com a nossa estrELA a explodir na Serra dos Candeeiros
e ontem nas Paredes da Vitória o oCASO foi asSIM...d'Alcobaça que vos abRRaça
foto do Adelino Pataias

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10151923727119819&set=a.10150262398389819.346034.835759818&type=3&theater
***
2011...face traz-me memórias
deste dia:
Estava a apeTECER-me Yeats, desde sábado à noite, ao rever o filme #as Pontes de Madison Country...eis que:...surpresa

Gisela Mendonça
Fossem meus os tecidos bordados dos céus,
Ornamentados com luz dourada e prateada,
Os azuis e negros e pálidos tecidos
Da noite, da luz e da meia-luz,
Os estenderia sob os teus pés.
Mas eu, sendo pobre, tenho apenas os meus sonhos.
Eu estendi meus sonhos sob os teus pés
Caminha suavemente, pois caminhas sobre meus sonhos.
-William Butler Yeats-
Ao som de uma suave, delicada harpa... a ler Yeats no horizonte. Uma tarde feliz***
https://www.youtube.com/watch?v=PD_E2eLDKSE
*
hj x AQUI o cantor chileno assassinado pelso fascistas de Pinochet em 1973: Victor Jara!!!
https://www.youtube.com/watch?v=zq2Xy15UOmM
hj x AQUI deixo-vos várias do Victor Jara...1 vida dedicada ao Povo Chileno!!!
*
O nosso deputado a "espancar" o Ministro da Economia.
**
Tenham a coragem de seguir o vosso coração e a vossa intuição
(via Eliseu P)
*
Eu penso que se fizeres algo que acaba por resultar muito bem, então deves ir logo começar a fazer outra coisa maravilhosa, e não ficares na primeira durante demasiado tempo. Tenta adivinhar o que poderia vir a seguir.
(via Céu S)
*
Não me interessa vir a ser o homem mais rico no cemitério... Ir à noite para a cama dizendo a mim próprio que fiz algo de maravilhoso... é isso que me interessa.
(via vários)
**
Amélia V lembra que hj é dia do anivº...há quase 200 anos...
https://www.youtube.com/watch?v=TX0qN6QEvGg
***
 Dia Europeu Contra a Pena de Morte...O que fazer a quem mata com tanta exploração para entregar aos agiotas?
***
Dia Mundial da Saúde Mental
http://www.uniralcobaca.blogspot.pt/2014/10/88679out2014747-dia-mundial-da-saude.html
***
2015...morreu JIM DIAMOND...
1 vivaaaaaaaa às belas canções que ele nos deixou
https://www.youtube.com/watch?v=2x8PLjvmiIw&list=PL8qDtknRC0wOlHnsEVfezO19JfpfZRdoQ
***
1985
morreu Orson Wells...1 vivaaaaaaaaaaa ao seu legado
"Nós nascemos sozinhos, vivemos sozinhos e morremos sozinhos. Somente através do amor e das amizades é que podemos criar a ilusão, durante um momento, de que não estamos sozinhos."
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2016/10/635710utubro201677-orson-welles.html
***
1981
Una Healy dos THE SATURDAYS
https://www.youtube.com/watch?v=-6YLi0GNBTk&list=RD-6YLi0GNBTk#t=4
***
1963...
morreu Edith Piaf...1 vivaaaaaaaaaaa às suas canções
https://www.youtube.com/watch?v=iEMggo5o0FM&index=2&list=RDlu3eSNi__4w
***
1913
inaugurado o Canal Panamá
https://www.youtube.com/watch?v=uj4jpZKeBto
***
1813
Giuseppe Verdi
 https://www.youtube.com/watch?v=wX93BytFfkk
https://www.youtube.com/watch?v=P6sz5b2w9Zc
***
...e as pitadinhas matinais de Joaquim Pessoa:
estou hj nos sonetos eróticos&... do Joaquim Pessoa

Joaquim Pessoa
Um espanto a tua boca entreaberta,
aveludada, doce, suplicante.
A minha língua sorve-a à descoberta.
Entreabres as pernas nesse instante

e outra boca se abre incendiada
onde perco os meus dedos a tremer.
Desço a boca até morder a luz molhada
por entre os teus gemidos de prazer

e beijo a tua alma no teu corpo
que se excita mais cada segundo
a cada movimento, a cada sorvo.

E o desejo entre nós é tão profundo
que penetrando em ti parece pouco
o tempo todo que já tem o mundo.
in SONETOS ERÓTICOS & IRÓNICOS
& SARCÁSTICOS & SATÍRICOS & DE AMOR
& DESAMOR & DE BEM & DE MALDIZER
DO POETA JOAQUIM PESSOA
Litexa Editora, 2008
*
hj x AQUI rELEVO +1x Joaquim Pessoa

Joaquim Pessoa
Canto com toda a minha pele.
A pele dos meus joelhos, dos meus ombros,
a pele das espáduas, das pernas, das perguntas,
a pele do coração. Canto
com a pele insubmissa que ostenta a cicatriz da água,
que se fere na luz quando repele
os limites do corpo. Canto com a pele
que envolve a minha pele, território e mapa
de profundos oiros enterrados.

Eu amo e canto aquele país do sol
onde a tua pele e a minha se confundem.
in À MESA DO AMOR, Ed. Esp. ilustr. por
Isabel Mendes Ferreira, Litexa Editora, 1994
*
+1bELO poema do ANO COMUM...

Joaquim Pessoa
O poema pode ser um fósforo. E pode ser um gato. Pode
até ser uma pedra no meio da lentidão. E pode não ser
mais que um enxame de sílabas ou o céu de onde caem 
os milénios. O poema é o trabalho de sedução das péta-
las, a dor inclinada das colinas, o contrário de todos os
princípios. O poema antecipa a solidez, explode de cons-
ternação, fere, cava, morde, cintila.
Quem ama o poema promete regressar à madrugada, aos
seus poços secretos, ao útero do livro. O poema é ele mes-
mo o medo do abismo, a faena arriscada do toureiro, a al-
ma do toiro e o sangue que à respiração é possível reter.
O poema é braço, é ombro. é sexo. E é o que não é. 
O poema é assim. Um assim que não é bem. Um também,
um talvez, um pode ser que seja.
O poema é um dique, uma barragem, uma igreja. E aque-
le instinto de voar. E aquele instante de voar. Poema e tem-
pestade. E é tudo o que mexe, e o que hesita, e o que é
inútil. O poema tem o musgo dos séculos e antecipa o bri-
lho de um futuro profundo. 
Poema é o que irrompe, o que tremula, o que origina. E tu-
do o que amplifica. O que pode ser imenso. O que foi in-
ventado a partir de uma estrela, de uma verdade, de uma
vértebra. E o que é fluído. E flauta. E o que é montanha por
dentro de um sorriso. O poema é nave, é cave, é cão. E é
pão. E é chave. E solidão.
E o pulsar da liberdade.
(in ANO COMUM, Litexa Editora, 2011, Introdução de
Robert Simon; Posfácio de Teresa Sá-Couto) 
*
(postei em 2013)
pitadinhas de Joaquim Pessoa no AMAnheCER
Dia 361.
Estava precisamente a dizer-te
que o meu coração tem um sorriso ao qual não
me oponho porque esse sorriso tem a forma de
um barco que desliza sobre qualquer "mar
de lágrimas." Fico satisfeito por teres perdoado
as minhas palavras. Cada uma delas quer ser melhor
que a outra. Sabes?, isto de ser poeta não é de facto
coisa que se recomende, e um verbo é como o vento.
Se alteras o tempo verbal, mudas a direcção do
vento, quero eu dizer, a direcção do pensamento. O que
canto não é o que cantei, e também decerto não será
o que cantarei um dia. Por isso, estava a dizer-te
que o meu coração sorri. E não sorri apenas.
Adora andar por aí, a assobiar o
futuro. Fazendo justiça
a quem me lê.
*
in ANO COMUM
(2.ª Ed. a lançar no próximo dia 15/10 na Livraria
LeYa/Bucholz apresentada por Teresa Sá Couto.
Introdução de Robert Simon)

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=207428736101929&set=gm.604396052935842&type=3&theater
"... apenas esse pássaro de mim faz ninho,

tão livre e concentrado como se fizesse amor."
*

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=703800006341625&set=gm.815904598451652&type=1&theater
Dia 43
Tenho sessenta anos. Sessenta? Não. Cerca de trezentos milhões. 
Sou apenas a parte visível de toda a vida humana, de um percurso maravilhoso de tantas madrugadas, tantas vidas, tanto sacrifício, tanta felicidade, tantos erros e tantas descobertas fantásticas, tanta luta contra e a favor dos deuses, contra e a favor da natureza.
A minha voz move-se ainda em biliões de bocas, o meu peito carrega angústias, alegrias, conhecimento e desconhecimentos, e razões que apesar de tão fundas ainda continuam a doer. 
Em mim, quantos nomes, quantos encontros de amor? Em mim, quantas árvores, quantas estrelas, quantas aldeias? 
Reconheço cada um dos dias que passaram, quando tudo morre num mundo que há tanto tempo continua vivo, e continuam vivas as cidades e os livros, os objetos e as divindades que o homem concebeu. 
E agora disponho de regresso. 
Sou um homem só, e um homem múltiplo que hoje continua a escrever, mas que ainda agora caçou animais, fabricou flechas, fez magia, modelou vasos, e se interrogou sobre a nudez que existe entre as ervas e os astros. 
Tudo está morto em mim, tudo está vivo em mim, e tudo em mim perdura entre a inquietude do que sou e a memória que persegue a paixão que testemunhei nas antigas juventudes. 
E não sei que idade tenho. 
Talvez sessenta anos. 
Talvez o tempo do amor. Ou o tempo que falta para salvar o amor.
in Ano Comum
Litexa Editora
imagem da web

**
O NOSSO SIGNO É ESCURO (excerto)
*
Estes dias que vivemos nasceram já doentes, com um orgulho
destinado às luzes do fracasso, quando o amor está golpeado,
e a alegria é uma metáfora apenas, um dia cinza, outro dia pe-
dra, outro dia nada.
O meu coração ainda traz a marca dos teus lábios, e essa é a
melhor de todas as memórias, entre estrelas apagadas e vidas
sem futuro, a juventude traída e vazia, as manhãs em ruínas.
No sopé destes dias, os lobos devoram os que não podem pros-
seguir, aqueles cujos corpos nus e extenuados se confundem
com as cores silenciosas e lívidas dos milhões de esperanças
caídas em desgraça.
Não há surpresa. O nosso signo é escuro e a nossa existência,
de ocasião. Cada filho nasce já com uma dor violenta que ainda
não conhece mas que há-de irromper, mais terrível ainda, quan-
do o amor não conseguir entrar nos corações sobrelotados por
tantos sonhos mortos de uma vida estéril.
Inédito do livro em preparação
OS DIAS NÃO ANDAM SATISFEITOS.
**

https://www.facebook.com/ATonalidadeDasPalavras/photos/a.490626794386738.1073741880.373770402739045/645330212249728/?type=1&theater
Dia 196. (excerto)

Pego na tua mão e beijo-a. Pego na tua mão e danço. Pego na tua mão e apresso o movimento da terra à volta de nós dois. Pegar na tua mão é viver de novo a vida de uma forma inteira.
Hoje, só o meu coração sabe dançar.

Escuta esta música que a noite sorri.

Sente como, através dela, se excitam já os tímbalos, se apaixonam as cordas, como exulta o oboé. É uma música magnífica que se alimenta da luz, incandescendo as emoções. Pensamentos, desejos,
nervos, tudo gritando por dentro.

Não sinto o teu corpo, não sinto o meu corpo, tudo é transparência, tudo é fantasia, e assim são as palavras. Movo-me contigo respirando o segredo nocturno dos desertos.

Não tenho ideias, nem casa, nem sei adormecer.

Inspiro-te. Respiro-te. O cansaço é doce, estupendo, para sempre.
À nossa volta tudo arde no fogo verde desta pimavera, e a inquietação é um fruto excitante por colher.

Não pares. Continua a dançar comigo. Como se fizéssemos amor.

*
in ANO COMUM, 2.ª ed.
Editora Edições Esgotadas.