15/02/2015

9.582.(15fev2015.8.18') Neste dia...15fevereiro...vou rELEVAR: 336.avÔ,Avante, Galileu, Irena Sendler,Almeida Santos, Nat King Cole, Richard Feynman, Luísa Dacosta e a poesia de Joaquim Pessoa:

***
2017
336.avÔ
hj tb é dia de nAMORarr
mesmo à distância
            é pensar nela
é escreVIVER para ela
ai encontrar as flores + bELAS
ai os muRRinhos meigos bem direccionados
ai as palavras sentidas sussuRRadas nos ouvidos
ai o abRRacinho esfERA
ai o petisco gostoso
ai o saber acabar, n1 ápice, com as dúvidas
***
2016...face traz-me memórias deste dia:
15fev2016...paREDES DA VITÓRIA...d' ALCOBAÇA que vos abRRaça...video...
by Adelino Pataias
https://www.facebook.com/adelino.pataias/posts/10153927174244819
*
Foto de Joao Paulo Raimundo.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1021221224568048&set=a.269575573065954.64559.100000405416918&type=3&theater
*
 +1 bravíssimaaaaaaa promoAÇÃO d' ALCOBAÇA que vos abRRaça...no Visit Alcobaça
do Bruno Januário..." Hoje vamos levá-lo até ao canal da levadinha ...
O Canal da levadinha é o canal que abastece o Mosteiro de Alcobaça passando por baixo do mesmo e encontra-se visível na cozinha do Mosteiro onde os monges o usavam para capturar peixe e para lavar as loiças.
O local da foto é junto ao bairro do Lameirão, onde além do canal pode apreciar a ponte medieval e as cascatas da levadinha.
Para lá chegar é muito simples, basta uma paragem neste bairro simpático da cidade e ir a e pelo passeio há beira do canal até chegar a este ponto.
Vai poder ver ainda algumas hortas e campos de cultivo ao longo do percurso em plena cidade.
Venha visitar-nos e seja Bem-vindo a Alcobaca."

 Foto de Visit Alcobaca.
 https://www.facebook.com/visitalcobaca/photos/a.828468537249214.1073741829.828169270612474/941038229325577/?type=3&theater
*
nasCER.serra by Graça Silva

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1040856535957822&set=a.211013438942140.52240.100001004569506&type=3&theater
*
CCCela d' ALCOBAÇA que vos abRR aça assinala o dia internacional da MULHER...e faz excursão anual...só mulheres!!!
https://www.facebook.com/centrocenico.dacela/photos/a.921947514521049.1073741826.921947461187721/955899147792552/?type=3&theater
*
HCTurquel, d' ALCOBAÇA que vos abRRaça, em +1 VITÓRIA especial, à david e golias...
https://www.facebook.com/sara.susano/posts/10207885984084190
*
15fev2016...s.MARtinho by Fernanda Matias
Foto de Fernanda Matias.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1549345445393833&set=pcb.10154026957978969&type=3&theater
*
14fev2016...s.MARtinho by Fernanda Matias
Foto de Fernanda Matias.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1549090938752617&set=pcb.10154025586893969&type=3&theater
*
ontem houve 1 bela apresentação das equipas...votos de 1 boa época no ped'ALCOBAÇA que vos abRRaça...e que, para além do apoio financeiro da câmara, garantido, o SEstado, João Meneses, com avó em Alcobaça, para além das belas palavras, transfira algum apoio tb!!!
Foto de Alcobaça Clube Ciclismo.
https://www.facebook.com/alcobacaclube.ciclismo/photos/pcb.1005745312798052/1005739359465314/?type=3&theater
***
2015...face traz-me memórias deste dia:
morreu Luísa Dacosta
 1 viva à sua obra: "Atravessa os campos da noite
e vem.
A minha pele
ainda cálida de sol
te será margem.
Nas fontes, vivas,
do meu corpo
saciarás a tua sede.
Os ramos dos meus braços
serão sombra rumorejante
ao teu sono, exausto.
Atravessa os campos da noite
e vem."
in «Cem Poemas Portugueses no Feminino»,
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2015/02/959716fev2015711-luisa-dacosta.html
*
hj há corsos, bailes, foliões e folionas, por td o concelho d' ALCOBAÇA que vos abRRaça
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2015/01/939814jan2015811-carnavalcobaca-2015.html
***
2014...face traz-me memórias deste dia:
Eugénio Rosa informa ..."Cada trabalhador que se aposentou a partir do início de 2007 poderá facilmente calcular a 
redução da sua pensão causada por mais esta ilegalidade cometida pela CGA, pois os 
cálculos são muito fáceis."
http://www.eugeniorosa.com/Sites/eugeniorosa.com/Documentos/2014/8-2014-erro-cga.pdf
***
2012...face traz-me memórias deste dia:
‎"Passei toda a noite,
sem dormir,
vendo,
sem espaço,
a figura dela,
E vendo-a sempre de maneiras diferentes do que a encontro a ela.
Faço pensamentos com a recordação do que ela é quando me fala,
E em cada pensamento ela varia de acordo com a sua semelhança.
Amar é pensar.
E eu quase que me esqueço de sentir
só de pensar nela.
Não sei bem o que quero, mesmo dela, e eu não penso senão nela.
Tenho uma grande distração animada.
Quando desejo encontrá-la
Quase que prefiro não a encontrar,
Para não ter que a deixar depois.
Não sei bem o que quero,
nem quero saber o que quero.
Quero só
 Pensar nela.
Não peço nada a ninguém,
nem a ela,
senão pensar.
(Via Maria Sobral V)
*
hj x AQUI a mergulhar nos tempos da revolução d' Abril...
hj termino o rELEVAR deste LP do Pink Floyd de 74.75...com:
https://www.youtube.com/watch?v=UqCEPytSFqU
*
quando puderem...É imperdível. a beleza da microNATUREZA...nos detalhes pode estar o + belo. 
https://www.youtube.com/watch?v=myfYRPOiySA
*
a começar x mim...andar + devagar...
https://www.youtube.com/watch?v=lQ4FSJtFUlM
*
para quem não viu...estamos na linha certa...
https://www.youtube.com/watch?v=5n8UoIjMChc
O PCP reafirma que a solução para a crise passa por uma política assente em instrumentos de apoio à economia real, uma política de cedência de crédito, não especulativa, mas de apoio verdadeiro particularmente aos sectores produtivos, só possível colocando nas mãos do Estado, o controlo público dos sectores estratégicos da economia.
Um controlo público que contrarie a lógica da busca do lucro máximo ao serviço dos banqueiros e dos accionistas dos bancos e seja colocada ao serviço do desenvolvimento do país.
*
os agiotas não olham a meios para encherem a pança...
Mikis teodorakis
http://blogln.ning.com/profiles/blogs/o-alerta-de-mikis-theodorakis-se-os-povos-da-europa-n-o-se?xg_source=facebookshare
*
hj tb é dia de nAMORarr
para viver 1 grande amor
Vinicius Moraes
https://www.youtube.com/watch?v=lJGA38IPXY8
*
urge ter memória...Cavaco e passos.portas dizem somos diferentes dos gregos...Nós queremos a Europa dos Povos e não dos agiotas de tds as matizes!
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2012/02/548115fev2012828-e-preciso-ter.html
*
tb gostava que Presidente Cavaco respondesse à carta aberta de José Pardal!!!

http://uniralcobaca.blogspot.pt/2012/02/548014fev2012941-tambem-gostava-que.html
*
os negócios das armas, do petróleo em conluio com os agiotas financeiros sobrepõem-se à paz...até quando?
https://ionline.sapo.pt/mundo/michel-chossudovsky-estamos-num-cenario-terceira-guerra-mundial-todos-vao-perder
*
Foto de Quem lê Sophia de Mello Breyner Andresen.
https://www.facebook.com/quem.le.sophia.de.mello.breyner.andresen/photos/a.114014221967684.7650.112890882080018/325632894139148/?type=3&theater
SOPHIA DE MELLO BREYNER ANDRESEN, in OBRA POÉTICA, (Caminho, 2010)

TERROR DE TE AMAR

Terror de te amar num sítio tão frágil como o mundo 

Mal de te amar neste lugar de imperfeição 
Onde tudo nos quebra e emudece 
Onde tudo nos mente e nos separa. 

Que nenhuma estrela queime o teu perfil 
Que nenhum deus se lembre do teu nome 
Que nem o vento passe onde tu passas. 

Para ti eu criarei um dia puro 
Livre como o vento e repetido 
Como o florir das ondas ordenadas. 
The lovers, por Marc Chagall
*(LT)

*
para mim és 1 fenómeno da naTUreza...bons sonhos...
https://www.youtube.com/watch?v=UI6xtB_Kdxw
*
para lembrar o nosso tamanho na NATUREZA
https://www.youtube.com/watch?v=6aRneuEkzJI
*
pequenos.grandes contos...
https://www.facebook.com/microcontos/photos/a.273432576045396.66205.133691206686201/291800647541922/?type=3
***
2011...face traz-me memórias deste dia:
bom dia paizão!
Não me canso de te dizer que te adoro!!!!!!!!
Sérgio Godinho - é terça-feira
***
Hj é Dia Internacional da Criança com Cancro
hj e tds os dias são de luta pelo SNSaúde que trate de tds as doenças e maleitas!!!Naturalmente, as crianças, os idosos...
https://lifestyle.sapo.pt/familia/especiais/dia-internacional-da-crianca-com-cancro
*
https://www.facebook.com/acreditar/photos/a.281074058163.147103.174994348163/10152210655328164/?type=3&theater
***
1988
morreu Richard Feynman
1 vivaaaaaaaaa à sua obra
Se você acha que entendeu alguma coisa sobre mecânica quântica, então é porque você não entendeu nada.








































http://uniralcobaca.blogspot.pt/2016/05/5661-12maio20161331richard-feynman.html
***
1965
morreu Nat King Cole
1 vivaaaaaaaaa ao seu legado
https://www.youtube.com/watch?v=GfAb0gNPy6s&list=RDGfAb0gNPy6s#t=2
***
1931
Avante
o semanáRIO do PCP
Temos acesso fácil via net ao + velhinho (e + novo) jornal de Portugal...Se quiseres recebê-lo em papel, podes contactar-me via rogeriommr@gmail.com
É outra informAÇÃO...basta clicar...mas é preciso QUERER chegar à política alternativa!!!
está fácil de ler:
www.avante.pt
***
1926
Almeida Santos
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2016/01/525019jan2016833-almeida-santos.html
***
1910
nasceu a heroína Irena Sendler, ajudou a salvar milhares de vidas no gueto nazi de Varsóvia
“A razão pela qual resgatei as crianças tem origem no meu lar, na minha infância. Fui educada na crença de que uma pessoa necessitada deve ser ajudada com o coração, sem importar a sua religião ou nacionalidade”.
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2017/02/420815fev201777-irena-sendler.html
***
1564
 Galileu
  "Não se pode ensinar coisa alguma a alguém; pode-se apenas auxiliá-la a descobrir por si mesmo.
*
Nunca encontrei uma pessoa tão ignorante que não pudesse ter aprendido algo com a sua ignorância.
*
Duas verdades nunca se podem contradizer.
*
A maior sabedoria que existe é a de conhecer-se alguém a si próprio.
*
Mede o que é mensurável e torna mensurável o que não o é.
*
Todas as verdades são fáceis de perceber depois de terem sido descobertas; o problemas é descobri-las."

http://uniralcobaca.blogspot.pt/2015/01/93517jan2015722-galileu-galilei.html
***
 e a poesia de Joaquim Pessoa:
2012
 Foto de Joaquim Pessoa.
 https://www.facebook.com/206436689399930/photos/a.206441622732770.58423.206436689399930/331990133511251/?type=3&theater
 6.

Fazer amor é sempre tão complexo
e tão simples também que às vezes pasmo
dos traumas que alguns têm com o sexo
e dos que não tiveram um orgasmo.

Não sabem o que perdem uns e outros
e o que fazem, enfim, é perder tempo.
Acordam vivos, vivem quase mortos
como troncos sem seiva e sem rebentos.

Ajuda-os, Senhor, nessa agonia,
ajuda-os a pôr a escrita em dia,
que a ponta não lhes ceda nem se mude.

Já que falo contigo, meu Senhor,
ajuda-me hoje à noite no amor
que ontem não fiz mais porque não pude.

Sonetos Eróticos & Irónicos & Satíricos & De Amor & Desamor & De Bem & De Maldizer Do Poeta «Litexa, 2008, p. 33

2014
faz mbem começar o dia lendo a poesia de Joaquim Pessoa
Amar-te...
Amar-te, é escrever-te.
Amar-te é deixar que me toques até ser teu,
até que te deites no meu corpo e adormeças
inteira dentro de mim.
Peço-te. Não pises as violetas que trago no olhar.
Cheiram a ti. São para ti.
Um "bouquet" de palavras que floriram
neste tempo de amor.

 Foto de Quem lê Sophia de Mello Breyner Andresen.
 https://www.facebook.com/quem.le.sophia.de.mello.breyner.andresen/photos/a.114014221967684.7650.112890882080018/639347169434384/?type=3&theater
  in OS OLHOS DE ISA [edição especial, Litexa Editora (1983)]

NOS OLHOS DE ISA A CHUVA GRITA E A NOITE

Nos olhos de Isa a chuva grita e a noite
Acende fogueiras.

Os meus olhos param. Nos olhos de Isa.

Oh, nos olhos de Isa espreguiça-se a madrugada
E o vento acorda para ajudar os pássaros a voar
E as árvores a acenar-lhes uma bandeira de folhas, uma tristeza verde.

Nos olhos de Isa.

Nos olhos de Isa a manhã explode num inferno de estrelas,
Num clarão de silêncio, em estilhaços de rosas, pétalas de sombra.


Nos olhos de Isa os poetas vagueiam num bosque de mel
Onde as abelhas constroem a tarde
Desesperadamente.
Nos olhos de Isa ninguém repara na minha solidão.
Pintura: "Morning Blues"
(LT)

*
O Amor é...
O amor é o início. O amor é o meio. O amor é o fim. O amor faz-te pensar, faz-te sofrer, faz-te agarrar o tempo, faz-te esquecer o tempo. O amor obriga-te a escolher, a separar, a rejeitar. O amor castiga-te. O amor compensa-te. O amor é um prémio e um castigo. O amor fere-te, o amor salva-te, o amor é um farol e um naufrágio. O amor é alegria. O amor é tristeza. É ciúme, orgasmo, êxtase. O nós, o outro, a ciência da vida.
O amor é um pássaro. Uma armadilha. Uma fraqueza e uma força.
O amor é uma inquietação, uma esperança, uma certeza, uma dúvida. O amor dá-te asas, o amor derruba-te, o amor assusta-te, o amor promete-te, o amor vinga-te, o amor faz-te feliz.
O amor é um caos, o amor é uma ordem. O amor é um mágico. E um palhaço. E uma criança. O amor é um prisioneiro. E um guarda.
Uma sentença. O amor é um guerrilheiro. O amor comanda-te. O amor ordena-te. O amor rouba-te. O amor mata-te.
O amor lembra-te. O amor esquece-te. O amor respira-te. O amor sufoca-te. O amor é um sucesso. E um fracasso. Uma obsessão. Uma doença. O rasto de um cometa. Um buraco negro. Uma estrela. Um dia azul. Um dia de paz.
O amor é um pobre. Um pedinte. O amor é um rico. Um hipócrita, um santo. Um herói e um débil. O amor é um nome. É um corpo. Uma luz. Uma cruz. Uma dor. Uma cor. É a pele de um sorriso.
 in 'Ano Comum'.
**

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=922687807764857&set=a.601296999903941.1073741825.100000709380494&type=1&theater
Amei Demais

Madruguei demais. Fumei demais. Foram demais 
todas as coisas que na vida eu emprenhei. 
Vejo-as agora grávidas. Redondas. Coisas tais, 
como as tais coisas nas quais nunca pensei. 

Demais foram as sombras. Mais e mais. 
Cada vez mais ardentes as sombras que tirei 
do imenso mar de sol, sem praia ou cais, 
de onde parti sem saber por que embarquei. 

Amei demais. Sempre demais. E o que dei 
está espalhado pelos sítios onde vais 
e pelos anos longos, longos, que passei 

à procura de ti. De mim. De ninguém mais. 
E os milhares de versos que rasguei 
antes de ti, eram perfeitos. Mas banais. 

 in 'Ano Comum'
Christian Schloe

**


https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10206177721667046&set=gm.890324527676325&type=1&theater
ESCOLHI-TE

A noite entreabrirá a porta para que possa ver-te dormir como um
pássaro sem penas. E nunca mais nenhuma recordação apagará
da minha memória o teu corpo mais-que-perfeito, num tempo que
está longe da perfeição.
Desfeitas pelo sono, não poderei ver as tuas pupilas que guardam
imagens rápidas e memoráveis das chamas que vão consumindo
cada um dos nossos dias perturbados, mastigados, repugnantes,
velhos e inúteis. Em jeito de declaração de muito amor, direi ape-
nas que não merecemos isto.
Escolhi-te, irmã de mim, irmã do sol, retirei-te de uma cela do tem-
po para encher de liberdade as tuas mãos, e de flores o teu futuro
branco, e de corais e calafrios a água aprisionada no teu corpo.
Se é fácil reconhecer quanto devo à tua coragem, é muito difícil
dizer por que te amo.

DE O POETA ENAMORADO (Os Poemas de Amor)