11/04/2015

9.932.(11ab2015.10.33') Jacques Prévert

Nasceu a 4fev1900
e morreu a 11 ab1977
***
Nunca é tarde para não fazer nada

***
Há momentos na vida, em que se deveria calar e deixar que o silêncio falasse ao coração, pois há emoções que as palavras não sabem traduzir.

***
Via Citador
"Pai nosso que estais nos céus
Neles permanecei
E nós ficaremos sobre a terra
Que às vezes é tão bela."

Paroles
*
Não se deve deixar os intelectuais brincar com os fósforos.
***
Via JERO e Lusa
É preciso tentar ser feliz, nem que seja apenas para dar o exemplo"

Em 1925, participou do movimento surrealista, juntamente com seu grupo, formado por Marcel Duhamel, Raymond Queneau e Yves Tanguy. Mas Prévert, com seu espírito independente, não conseguiu permanecer por muito tempo no grupo.
Escreveu grandes filmes fr
anceses realizados entre 1935-1945, todos eles considerados obras-primas do realismo poético francês: Drôle de Drame, Le Quai des Brumes, Hotel du Nord, Le Jour se Lève, Les Enfants du Paradis de Marcel Carné.
Também, escreveu peças de teatro.
Seus poemas foram transformados em música por Joseph Kosma (Les Feuilles Mortes).

*
Prévert revolucionou o discurso tradicional, através do jogo de palavras. Sua poesia é constantemente construída com jogos de linguagem (calembur, neologismos, lapsus propositais, invenções…) com os quais o poeta consegue efeitos cômicos inesperados (um humor por vezes negro), duplos significados e imagens insólitas.
Seus poemas também são ricos em jogos sonoros, combinações que brincam com a audição (aliterações, rimas e ritmos variados) que podem parecer fáceis, mas que são habilmente utilizadas por Prévert.
Traços de surrealismo ajudam a compor o seu estilo: inventários, listas de objetos, metáforas e personificações.