12/04/2015

9.934.(12ab2015.8.55') neste dia...12abril...vou rELEVAR: UM+27.avÔ, Séneca, Galileu,Mário Pedro, Dia do Cosmonauta, Francisco Nicholson, Coldplay, Josephine Baker, Panic at the Disco e as 3 pitadinhas matinais da poesia de JOAQUIM PESSOA:

***
2017
UM+27.avÔ
Cultivar +1 aMIzade
regando-a
aconchegando-a
acarinhando-a
incentivando-a
porque nos traz tantooooooo
e atÉ traz novIDADES surpresas do que somos
***
2016
27.avô
Há muito que não acontecia:
Necessitei de dormitar 33'
após o toque do despertaDOR
às 7.7.7"
*
O verbalizar de hj:
SER diVERso
apontar vivABRILiberdade
objectivar
priorizar
soRRir + e +
caminhar com genica
reduzir a gulodice
*
Limpei uma zona da secretária e sobra:
1 papel solto
pequenino
amarrotado
de muitos dias:
ver filme da vida de Enrico Caruso.
(Este influenciou Pavaroti e Carreras)
***
2017...memórias deste dia:
19.30'
O Clube de Natação de Alcobaça informa que a palestra: "O papel da natação no desenvolvimento das crianças e jovens" irá decorrer no auditório da caixa do Crédito Agrícola de Alcobaça, às 19:30 do dia 12 de Abril de 2017
COMUNICAÇÃO ABERTA A TODOS OS INTERESSADOS.
Se desejar mais informações sobre a localização poderá consultar o link abaixo:
http://www.creditoagricola.pt/CAI/Institucional/Caixas/OfficeDetail?z=5020&s=1

Foto de Clube de Natação de Alcobaça.
https://www.facebook.com/natacaoalcobaca/photos/a.1703957789837959.1073741828.1702937466606658/1945680082332394/?type=3&theater
***
2016...memórias deste dia:
a serra dos candeeiros by Graça Silva

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1080817505295058&set=rpd.100001004569506&type=3&theater
*
Lagoa de Pataias by Adelino Pataias

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10154103393984819&set=a.10150262398389819.346034.835759818&type=3&theater
**
s.MARtinho
by Fernanda Matias

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1584191821909195&set=gm.10154202637758969&type=3&theater

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1584477188547325&set=pcb.10154204000123969&type=3&theater
*
by João Patrício

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=600689310082857&set=oa.10154204358383969&type=3&theater
*
morreu Francisco Nicholson
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2016/04/809112abril20161818-francisco-nicholson.html
*
lançamento do livro da Gina Pereira
no ECBenedita
Foto de Amigos das Letras.
https://www.facebook.com/amigosdasletrasalcobaca/photos/a.651355664915011.1073741830.646937888690122/1162574500459789/?type=3&theater
*
Constança Rodrigues PRATA...vice-campeã nacional...sub-14...da Benedita...d' ALCOBAÇA que vos abRRaça
Foto de Jose Cavadas.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=962898423759604&set=a.962898370426276.1073742167.100001183663559&type=3&theater
*
A UEuropeia acha que os instrumentos musicais são luxo...PCP está na luta!!!
http://www.pcp.pt/reducao-do-iva-dos-instrumentos-musicais
*
vereador CDU presta contas da reunião de câmara d' ontem, 11ab2016...o meu registo pessoal ainda precisa de revisão de texto..Sugestões e críticas pelo mail: rogeriommr@gmail.com
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2016/04/54455abril2016711-11rc2016publica11abri.html
*
AO Teatro...sábado...16h...no cénico da Cela, d' ALCOBAÇA que vos abRRaça...até aos 12 anos é grátis...
https://www.facebook.com/events/1047040362035310/
*
urge aniMAR a malta...Zeca
https://www.youtube.com/watch?v=60WJsozMmRs&list=RD60WJsozMmRs&nohtml5=False#t=16
*
O Rondó da Carpideira..a música de Giacometti...imperdível!!! 1 quarteto magnífico d' ALCOBAÇA que vos abRRaça: Daniel Bernardes, Gonçalo Tarquínio, Mário Marques e Rita Pimenta,
https://www.facebook.com/municipioalcobaca/videos/1011827538899807/
***
2014...memórias deste dia:
ontem,11abril, houve reunião pública de câmara...Votámos contra as Contas 2013, porque não tivemos tempo de as analisar com atenção e porque houve documentos que só chegaram na hora da votação. Gravíssimo. PS.CDS abstiveram-se...sugestões e críticas via rogeriommr@gmail.com
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/03/773328mar20141814-r1820132017-reuniao.html
*
paREDES
by Alda Vaz

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1050930178253908&set=pcb.1050931071587152&type=3&theater
by Adelino Pataias
Foto de Adelino Pataias.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10152346251554819&set=a.10150262398389819.346034.835759818&type=3&theater
*
o mar estava bravíssimoooooooooo...BB bela baía de SMPorto...d'ALCOBAÇA que vos abRRaça
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/04/782312abril20142020-bb-bela-baia-de-sao.html
*
estive a mergulhar na poesia de Nuno Júdice...
(...) agora que
os dias que correm mais depressa, e as palavras
ficam presas numa refração de instantes,
quando a tua voz me chama de dentro de
mim - e me faz responder-te uma coisa simples,
como dizer que a tua ausência me dói.

http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/04/782112abril20141852-nuno-judice.html
***
2011...memórias deste dia:
fez-me lembrar as viagens com as minhas queridas filhas...
Alanis Morissette 
https://www.youtube.com/watch?v=OOgpT5rEKIU&list=RDOOgpT5rEKIU#t=0
***
Dia Internacional dos Voos Espaciais Tripulados
1961...Yuri Gagarin torna-se o 1.º homem no espaço...cosmonauta soviético)... morreu num caça a jacto...Foi o 1.º homem a entrar em órbita à volta da terra...
http://www.abrilabril.pt/internacional/iuri-gagarin-o-homem-no-espaco?from=onesignal
*
https://www.facebook.com/teleSUR/photos/a.10150565130246179.376197.186321186178/10151939924981179/?type=3&theater
***
65aC
morreu Séneca
há 2082 anos!!! rELEVO 2 frases: "É preciso dizer a verdade apenas a quem está disposto a ouvi-la."
"Quando se navega sem destino, nenhum vento é favorável."
http://www.uniralcobaca.blogspot.pt/2014/04/781812abril2014931-hj-e-dia-de.html
***
1533
Galileu foi condenado pela inquisição por heresia..
hj é dia de reler o poema sobre Galileu do grande ANTÓNIO GEDEÃO...Galileu há 484 anos foi condenado pela inquisição por heresia...agHora tb alguns acham que defendemos heresias...Faz parte do processo histórico!!! "Poema para Galileo
Estou olhando o teu retrato, meu velho pisano,
aquele teu retrato que toda a gente conhece,
em que a tua bela cabeça desabrocha e floresce
sobre um modesto cabeção de pano.
Aquele retrato da Galeria dos Ofícios da tua velha Florença.
(Não, não, Galileo! Eu não disse Santo Ofício.
Disse Galeria dos Ofícios.)
Aquele retrato da Galeria dos Ofícios da requintada Florença.
Lembras-te? A Ponte Vecchio, a Loggia, a Piazza della Signoria…
Eu sei… eu sei…
As margens doces do Arno às horas pardas da melancolia.
Ai que saudade, Galileo Galilei!
Olha. Sabes? Lá em Florença
está guardado um dedo da tua mão direita num relicário.
Palavra de honra que está!
As voltas que o mundo dá!
Se calhar até há gente que pensa
que entraste no calendário.
Eu queria agradecer-te, Galileo,
a inteligência das coisas que me deste.
Eu,
e quantos milhões de homens como eu
a quem tu esclareceste,
ia jurar- que disparate, Galileo!
- e jurava a pés juntos e apostava a cabeça
sem a menor hesitação-
que os corpos caem tanto mais depressa
quanto mais pesados são.
Pois não é evidente, Galileo?
Quem acredita que um penedo caia
com a mesma rapidez que um botão de camisa ou que um seixo da praia?
Esta era a inteligência que Deus nos deu.
Estava agora a lembrar-me, Galileo,
daquela cena em que tu estavas sentado num escabelo
e tinhas à tua frente
um friso de homens doutos, hirtos, de toga e de capelo
a olharem-te severamente.
Estavam todos a ralhar contigo,
que parecia impossível que um homem da tua idade
e da tua condição,
se tivesse tornado num perigo
para a Humanidade
e para a Civilização.
Tu, embaraçado e comprometido, em silêncio mordiscavas os lábios,
e percorrias, cheio de piedade,
os rostos impenetráveis daquela fila de sábios.
Teus olhos habituados à observação dos satélites e das estrelas,
desceram lá das suas alturas
e poisaram, como aves aturdidas- parece-me que estou a vê-las -,
nas faces grávidas daquelas reverendíssimas criaturas.
E tu foste dizendo a tudo que sim, que sim senhor, que era tudo tal qual
conforme suas eminências desejavam,
e dirias que o Sol era quadrado e a Lua pentagonal
e que os astros bailavam e entoavam
à meia-noite louvores à harmonia universal.
E juraste que nunca mais repetirias
nem a ti mesmo, na própria intimidade do teu pensamento, livre e calma,
aquelas abomináveis heresias
que ensinavas e descrevias
para eterna perdição da tua alma.
Ai Galileo!
Mal sabem os teus doutos juízes, grandes senhores deste pequeno mundo
que assim mesmo, empertigados nos seus cadeirões de braços,
andavam a correr e a rolar pelos espaços
à razão de trinta quilómetros por segundo.
Tu é que sabias, Galileo Galilei.
Por isso eram teus olhos misericordiosos,
por isso era teu coração cheio de piedade,
piedade pelos homens que não precisam de sofrer, homens ditosos
a quem Deus dispensou de buscar a verdade.
Por isso estoicamente, mansamente,
resististe a todas as torturas,
a todas as angústias, a todos os contratempos,
enquanto eles, do alto incessível das suas alturas,
foram caindo,
caindo,
caindo,
caindo,
caindo sempre,
e sempre,
ininterruptamente,
na razão directa do quadrado dos tempos."
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2014/04/77582abril2014838-antonio-gedeao.html
***
1975
morreu Josephine Baker
https://www.youtube.com/watch?v=ZydsH-ZvUyk&index=8&list=PL95C21CBAC06DA310
***
1978
Guy Berryman baixista dos Coldplay
https://www.youtube.com/watch?v=yKNxeF4KMsY&list=RDyKNxeF4KMsY
***
1987
Brendon Urie vocalista dos Panic at the Disco
https://www.youtube.com/watch?v=Sqwjgf1P0oU&list=RDSqwjgf1P0oU#t=14
***
2015
morreu Mário Pedro...do Bárrio, d' ALCOBAÇA que vos abRRaça...1 vivaaaaa à sua vida...Deu aulas de inglês no CCCela...
http://uniralcobaca.blogspot.pt/2015/04/995017ab201577-mario-pedro.html
***
 e as pitadinhas matinais da poesia de JOAQUIM PESSOA:
2014
comecei com poesia especial...continuar o dia 12.04.2014 (2x0+2x1+2x4) com pitadinhas de Joaquim Pessoa tb faz mbem à saúde do BOM VIVER!
(...) As últimas lembranças, no entanto, as mais claras, são de ter sido amendoeira, águia, aranha, bicho-da-seda e beija-flor. Por me ter recusado não fui víbora. E por não ter feitio, camaleão.
Foto de Em Spellbound.
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=620226388032321&set=a.437080193013609.99115.100001348957610&type=3&theater
Dia 307.

Voltei a nascer. Hoje. De mim mesmo. Eu, que fui pássaro e fui réptil. E já fui tojo e andorinha. Durante oito séculos, oliveira. E fui irmão de todas as cegonhas. Também fui rato, minhoca, cão, raposa e tartaruga. E já fui figueira. E cedro. E fui um jovem loureiro. Por mais de cem anos, uma acácia. Por pouco tempo um barbo, brilhante e ruivo. E fui também a mais estouvada das medusas. E mirtilo. E musgo. E macieira. E gostei de ser um lobo. E um solitário castanheiro. Fui mais tarde, mirto, melro, molusco, gaivota, gato, lírio, giesta, medronheiro. No início fui alga. A seguir, albatroz. Depois escaravelho, pintassilgo, lebre e hortelã. Cheguei a acordar roseira. Mas igualmente plátano, boca-de-lobo, aloendreiro. E algumas vezes cardo e outras vezes trigo. Menos vezes, uma tília. Gostaria de ter sido laranjeira, mas nunca aconteceu. Mas já fui cerejeira por uns tempos. E abelha. Acreditem, fui abelha. E fui também perdiz, e pombo, e fui batráquio. Não gostei, por aí além, de ser um sapo. E também não gostei de ser um cacto. Mas adorei ter sido uma libélula. De quando fui louva-a-deus, pouco me lembro. E recordo vagamente os tempos de coelho e de cabra e de cavalo. E de cana e de carpa, de cigarra e cotovia. Jacinto, também fui. E fui morcego. E fui melro. E fui poejo. Fui até, vejam bem, uma buganvília. As últimas lembranças, no entanto, as mais claras, são de ter sido amendoeira, águia, aranha, bicho-da-seda e beija-flor. Por me ter recusado não fui víbora. E por não ter feitio, camaleão.

In ANO COMUM
LITEXA EDITORA

*
Foto de A Tonalidade das Palavras.
https://www.facebook.com/ATonalidadeDasPalavras/photos/a.490626794386738.1073741880.373770402739045/716978511751564/?type=1&theater
HAVIA FLAMINGOS NO CANAL (excerto)

Quando regressei, não tinhas ainda chegado.
Lembrei-me das tuas palavras, dos teus dentes,
dos olhos afirmativos como flores de amendoeira.
Vou retirando poemas de mim como quem canta
para embalar o próprio sangue. Hoje, tenho
milhares de anos e um coração resgatado
pela cinza. Sinto as coisas moribundas
a recuperar dentro da voz. Com elas construo
as certezas que me ajudam a percorrer o caminho para ti,
e sigo ao teu encontro com o espírito sereno
do flamingo. E com fome de ti no interior
do meu corpo que já não é jovem nem
insaciável mas, também, não é
mesquinho nem cobarde.


De O POETA ENAMORADO (Os Poemas de Amor)
Prefácio de Guilherme Antunes. A publicar
em Março por Editora Edições Esgotadas

*
Foto de sonhar a realidade.
https://www.facebook.com/349094905211303/photos/a.349115855209208.1073741828.349094905211303/767179336736189/?type=1&theater
Tudo dura o tempo que puder durar. E nada neste mundo se deve apenas aos sentidos. A vida interpreta-se como um texto. Estar vivo é estar a caminho de alguma coisa, de algum tempo, de algum lugar. Que coisa, que tempo, que lugar? Em cada coração que bate, bate um outro coração, mas cada estrada que se abre divide ainda mais a floresta. Saber morrer é fazer da vida uma planície de onde possas observar a montanha, e onde possas confirmar que cada primavera é um tesouro tão precioso que, mesmo que o percas, voltarás a encontrá-lo. Depois, quando um dia subires a montanha, quando já não puderes chegar mais alto, não terás coragem para descer porque aquilo que te falta encontrar não estará aos teus pés. Nesse instante, saberás que não há eternidade nas coisas que podemos tocar.
do livro "Ano Comum"

*
PARARAM OS MOTORES DA LIBÉLULA
*
Pararam os motores da libélula,
brilhou mais a sede da amêndoa, sorriu
a boca brava do espinheiro. Pelos regatos
da seiva foi-se construindo o lenho,
agora trave, esquartejada ternura.
A primavera dança sobre o lago que circunda a casa
lá longe no país que eu um dia terei.
Uma mulher amada até às lágrimas, dirá
aos filhos que roubei à minha carne: "Hoje
chegará o vosso pai. Vem de um país
sem pássaros nem estrelas. Vamos
retirar o tecto a esta casa".
E eu dormirei para sempre
com os olhos abertos.
*
in
O POETA ENAMORADO (Os Poemas de Amor)
Prefácio de Guilherme Antunes. A editar brevemente
por Editora Edições Esgotadas.